Reportagens de Critica Investigação e Opinião
REPORTGENS, CRÍTICAS E INVESTIGAÇÕES DO CYBER-RERPORTER + SECRETO DO MUNDO Blog Nacionalista e Monárquico (UM AVISO: AQUI NÃO VAI ENTRAR O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO BLOG MONÁRQUICO E NACIONALISTA)
21
Set 16

Notícia irónica de se saber quando estamos na chamada semana da mobilidade se saber que a fabricante dos suportes temporários de títulos de transporte para os transportes de Lisboa chamados Viva Viagem/Sete Colinas não está a fabricar bilhetes suficientes para suprir a exigência da emissão de novos suportes devido ao afluxo de turistas a Lisboa que cada vez está maior apesar de estarmos a entrar na época baixa.

E o caso está feio porque vi uma guia-intérprete a açambarcar centenas destes cartões com viagens de um dia e outros tipos de títulos de viagem de curta duração no agente da Carris que está na Casa da Sorte no Rossio e ela nem se deu ao trabalho de me passar a vez porque eu estava com alguma pressa para ir para a zona do Saldanha, como vi que ela me ignorava fui ao Casa Campião comprar o meu bilhete.

Não sei como deixar esta situação acontecer e deveriam informar os turistas que os títulos são temporários e deveriam de pensar uma forma em que estes quando saíssem de Portugal devolvessem os mesmos cartões de laguma forma para que não houvesse falta dos mesmos cartões ou vissem o que se passa em alguns agentes payshop que carregam vários cartões com duas viagens e depois dizem que têm a máquina avariada (para lucrarem mais) como é caso de uma tabacaria que presta serviço de apoio a utentes da embaixada do Brasil situada no Largo do Camões e esta tabacaria fica mesmo ao lado da loja da Padaria Portuguesa situada na mesma praça lisboeta.

Com a falta de cartões vai ser difícil se andar de transportes públicos em Lisboa e por outro lado mesmo que uma pessoa tenha o cartão Lisboa Viva não carregar o cartão com uma viagem e o mínimo que o cartão permite é carregar com 3 euros via Zapping quando uma viagem usando o Zapping custa 1,25 fazendo com que os operadores fiquem a ganhar uns trocos com esta mesma opção.

Ainda não foi apresentada uma solução nem por parte do fornecedor nem pelos operadores o que me deixa pensativo se eu perder os dois Viva Viagem que tenho sempre comigo, como posso então apanhar um transporte público sem ter que gastar muito nas tarifas de bordo... e sinceramente não tenho resposta para esta pergunta a não ser comprar uns ténis de marca que aguentem caminhadas e dois maços de meias ao que se acrescenta spray para o cheiro dos ténis e um bom sabão ou gel de banho para os pés até a solução estar resolvida e depois ainda falam para virem menos carros para a cidade.

Com esta falta de suportes e restirções de carregamentos em suportes já existente vai acontecer um aumentar dos borlistas e dos carros a circular na cidade de Lisboa que são em demasia e ainda vão ser mais e aumentar o caos que é o trânsito em Lisboa e como sempre ninguém faz nada para resolver a situação e nem vem a televisão dar um prazo para a resolução do problema da falta dos bilhetes descartáveis que já se notam nas máquinas de venda automática do Metro e dos comboios em Lisboa e como esta situação se vai manter, vamos ver quando chegarem as festas do Natal ou nos próximos jogos para a Liga dos Campeões do Benfica e o Sporting como é que as pessoas vão para os estádios se não tiverem título de transporte válido e sabemos que estas enchentes desportivas são um extra precioso nas receitas cada vez maiores do turismo.

Vou esperar e pago para ver se esta situação vai ser resolvida de forma célere como se exige e vou estando atento a esta mesma situação e qual a reacção dos operadores perante mais esta falha a que temos a acrescentar a falta de condutores e de material ciruclante sobretudo no Metro de Lisboa onde já se andam a aproveitar umas peças de umas composições para as outras, as obras para o acesso original da estação do Areeiro estão paradas à séculos e ainda nem se pensou como se há-de expnadir o cais de embraque da estação Arroios que não comporta comboios com 6 carruagens prejudicando os utentes da Linha Verde que não raras vezes são obrigados a fazer um sprint para apanhar um metro porque este para mesmo no fundo da plataforma.

Como sempre deixo as minhas perguntas: Quando é que esta situação da falta de bilhetes? Porque o fornecedor deixou que se chegasse a esta situação? Como é que os operadores de transportes a vão resolver?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 13:17
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Bycycle Race - Queen, Crazy Train Ozzy Osbourne

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
14
15
16
17
18
20
22
23
25
26
27
28
29
30
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
blogs SAPO