Reportagens de Critica Investigação e Opinião
REPORTGENS, CRÍTICAS E INVESTIGAÇÕES DO CYBER-RERPORTER + SECRETO DO MUNDO Blog Nacionalista e Monárquico (UM AVISO: AQUI NÃO VAI ENTRAR O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO BLOG MONÁRQUICO E NACIONALISTA)
06
Jun 17

Mais um atentado e o chamado mundo civilizado é sempre apanhado com as calças na mão e agora foi a vez da cidade de  Manchester no Reino Unido que fez vítimas não militares ou forças das ordem, mas sim inocentes jovens e crianças que tinham ido a um concerto musical e foram barbaramente assassinados assim que saiam do concerto para irem para as suas casas.

Um bombista suicida membro do Daesh, refugiado no Reino Unido e bem indrominado pelos enviados do Anticristo e com várias ligações feitas ao longo do tempo e que nada tem a ver com os ataques de "lobos solitários" como os mais recentes como provam as várias detenções relacionadas com o mesmo atentado e que mostra a existência de uma rede bem estruturada no velho continente que praticamente foi convidada a entrar com a tolerância mostrada ao islão sobretudo nas mesquitas mais radicais e com a entrada massiva de refugiados sem haver uma devida triagem.

Ainda na sexta-feira mais uns quantos elementos desta seita que se afirma como Estado Islâmico matou mais uma vez cristãos coptas no Egipto e com estas matanças como se pode considerar uma religião de paz e que aceita as outras religiões do Livro e em vez das comunidades islâmicas se unirem em uníssono contra estas matanças, apenas mostram um silêncio ensurdecedor o que para mim é preocupante por parte das várias comunidades islâmicas e que pode ser lido por alguns sectores da comunidade internacional como cumplicidade com as atrocidades de Manchester e Minya onde boa parte das vítimas eram crianças.

Este silêncio que pode parecer cúmplice com os enviados do Anticristo nada abona a favor do Islão e vai fazer com que as pessoas que têm alguma massa cinzenta funcional a questionar se as comunidades islâmicas espalhadas pelo mundo ou boa parte delas não estará de acordo ou pelo menos submissa em relação ao Daesh e tal situação é intolerável porque nunca sabemos onde e quando os enviados do Anticristo podem atacar e não se pense que Portugal está imune porque não está e o Daesh não atacou Portugal por pura sorte da nação fundada por D. Afonso Henriques.

 Agora nem a capital da Velha Albion escapou e mais um grupo destes enviados da Besta voltou a mostrar-se e ainda por cima os reis e rainhas dos números dos serviços secretos britânicos que passam o tempo em análises de dados em vez de irem logo investigar quando se acende a luz sobre um qualquer suspeito e o erro que já tantas mortes causou ainda não foi aprendido pelas autoridades britânicas porque esta negligência por parte das autoridades brtiânicas já foi a génese de 3 atentados e vamos ver se não vão acontecer mais e se este terrorismo feito pelos enviados da Besta se espalhar pelo globo, incluindo pelos países mais pacíficos como Portugal ou a Nova Zelândia.

Tais tipos de ataques têm que ser prevenidos e não adianta fazer vigílias ao mesmo tempo que os enviados da Besta estão alerta aos nossos movimentos e quando menos esperamos eles atacam sem fazer nem feridos nem prisioneiros e sim ao matar o máximo possível de vítimas e causar o terror no maior número de pessoas e ao mesmo tempo tentam perturbar as rotinas dos locais onde atacam

.Muitos dizem que o Daesh é filho da Guerra Fria e que foi criação dos EUA, outros dizem que os EUA nada têm a ver; mas uma coisa é certa estes gajos têm que lervar um sumiço porque mais cedo ou mais tarde atacam Portugal e infleizmente isto é uma realidade cada vez mais próxima e apenas o tempo tem a resposta escondida de quando vai ser o ataque em Portugal e digo isto porque esta possibilidade é cada vez mais uma certeza para a nossa desgraça.

E como sempre ficam as minhas perguntas: Quando é que extreminam o Daesh? Quem financia o Daesh? Porque os serviços secretos não agem na prevenção das acções terroristas do mesmo Daesh e só acordam quando aconteceu a tragédia? Como há quem os apoie?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

 

publicado por tron às 14:03
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Peace Sells... But Who's Buying - Megadeth
26
Jul 16

Dois membros do Daesh, também conhecido por Estado Islámico do Levante ou ISIS, voltaram a atacar, e desta vez entraram numa igreja católica no norte de França, fizeram 3 reféns, um padre e duas freiras e degolaram o padre que tinha 86 anos de idade e o Daesh já veio revindicar a autoria deste bárbaro atentado, apenas mais um por parte de uns animais que têm medo de Israel e que estão a precisar de uma bomba nuclear nos cornos.

Arnaldo Matos, líder dos maoístas do PCTP/MRPP considera os actos terroristas como actos legítmos de guerra e indo por esta linha de pensamento posso pensar que quando a PIDE dava caça aos membros do MRPP e os torturava era um acto de defsa da pátria porque quem defende terroristas ainda mais bárbaros do que o 3º Reich é igualmente um terrorista e tem que ser punido com toda a força da lei e se tivesse num país que desse caça aos terroristas como Israel, cidadão Arnaldo Matos estaria preso para o resto da vida para não dizer que poderia acbar enforcado ou algo parecido.

A Europa dita civilizada e o resto do mundo civilizado tem que criar uma frente comum contra os animais do Daesh antes que eles nos entram pela porta a dentro e não é a construir mesquitas onde não devem ser feitas que se evita o terrorismo, aliás é não as construindo que se evita que estes monstros tenham espaço de movimento para criem mais atentados ou "actos legitmos de guerra" segundo Arnaldo Matos e se formos assim a pensar estamos a precisar que o ELP volte a activa e tome algumas medidas de acção directa para que se eliminem estes terroristas que vão aparecendo porque as autoridades policiais e judiciais passam o tempo a dormir.

Gostava de saber qual o mal que um padre octagenário faz ao mundo para ser assassinado por estes enviados da Besta e que ainda são defendidos por outra besta chamada Arnaldo Matos que é tão boa quanto estes enviados da Besta da Bíblia e se é um acto legítimo de guerra degolar um padre, bem se alguma nação lançar uma bomba nuclear em cima dos territórios do Daesh e eliminar esta canalha toda e depois as forças da ordem e as forças armadas montarem uma caçada mundial aos membros que restam desta quadrilha será um acto legítimo de guerra.

Não nos podemos esquecer que a Europa tem agora dois líderes que já disseram não terem pudores em usar armas nucleares: um já se sabia Vladmir Putin da Rússia e outro é a ainda recente Primeira Ministra do Reino Unido Theresa May que afirmou de forma clara que caso seja preciso usará o arsenal nuclear do Reino Unido caso seja necessário e que não iria sentir qualquer peso na consciência.

E com atentados como o de hoje e o de ontem em Bagdad estamos a precisar de líderes mundiais com eles no sítio a imagem de Churchil, De Gaulle, Fraklin Roosevelt ou Golda Meir porque este germe chamado terrorismo tem que ser eliminado da face da Terra seja a que custo for porque estes seres não são humanos, são vermes que têm que ser eliminados de tal forma que não reste semente para que possam renascer porque estes vermes são os enviados da Besta que vêm montados no quarto cavalo do Apocalipse, o cavalo verde, verde que é a cor do Islão.

O mundo dito civilizado tem que tomar medidas extremas para acabar com esta peste antes que esta peste nos contagie sem qualquer hipótese de cura e com eminências cinzentas como o Taliban Medina, edil de Lisboa; esta peste tem tudo que precisa para prosperar em Portugal sem que se dê por isso até ser tarde e muito provavelmente estas ratazanas contaminadas da peste do terrorismo já se encontram entre nós sem sequer sabermos até ser tarde.

Uma nota de rodapé a encerrar: um dos terroristas (eram dois e ambos foram abatidos pela polícia) tinha pulseira electrónica e fez o que fez e acabou abatido pela polícia e foi a besta que degolou o velho padre e é apenas mais um crime sem perdão possível por parte destes enviados da besta.

Como sempre as perguntas: Quando é que se elimina o Daesh? Porque o apoiam? Quem ganha em apoiar o Daesh? Quem tem tomates para acabar com eles? Porque resolveram atacar uma igreja? Do que o Mundo está a espera para resolver de forma definitiva o problema chamado Daesh? Quem os financia? Será preciso usar armas nucleares para acabar com estes terroristas? Que caminho leva o mundo?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 14:50
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Nazis - Roger Taylor
16
Jul 16

Mais uma vez a França foi alvo de atentado terrorista, ainda por cima no seu dia nacional, o 14 de Julho, e os alvos desta vez não foram cartoonistas provocadores, mas sim simples inocentes que estavam numa das ruas de Nice, sul de França, a verem os fogos de artifício que encerravam as festividades do Dia Nacional de França e já se contam entre os feridos mais de oito dezenas de mortos e mais de uma centena de feridos.

Há famílias inteiras e pessoas de todas as idades entre as vítimas e os senhores do costume, o Daesh já festeja dando a ideia que estão por detrás do atentado de Nice embora ninguém tenha reclamado a sua autoria, mas todas as suspeitas apontam para os jihadistas.

Não sei o que esta gente tem na cabeça, mas uma coisa é certa, têm que ser eliminados antes que façam mais vítimas e não se sabe onde estão, onde param e o que pensam no momento e muito menos se sabe onde vão atacar e até podemos pensar que já estão entre nós porque no mundo actual tudo é possível e se em Portugal existir gente desta deve ser despachada para fora do território nacional, para não dizer eliminada porque não fazem falta a ninguém.

Quando se fala em controlo de fronteiras ou ideias semelhantes acusam-nos de xenofobia, mas os atentados acontecem, continuam a haver massacres e todos se calam e aparecem só com as condolências em vez de reagir com força e condenar a violência deste enviados do anticristo que dão pelo nome de Daesh e nem sequer se dão ao trabalho de tentar prevenir mais atentados como estes que podem acontecer em qualquer recanto do mundo porque estes animais satânicos estão infiltrados em quase todos os recantos do mundo como fossem baratas.

Nem sei como ainda há defensores desta raça que não merece nem a água que bebem e muito menos o ar que respiram e estes defensores costumam aparecer disfarçados de pacifistas e que querem o fim da NATO, mas na realidade estão a ser coniventes com esta maralha de homicidas que continuam a estarem nas nossas vizinhanças sem sabermos quem são ou onde estão mesmo para serem apanhados antes que façam algo de nesfasto no nosso território porque nunca sabemos o dia de amanhã e para ajudar ainda houve a ameaça da consturção de uma mesquita em pleno centro de Lisboa, na Mouraria e para qual foram feitas expropriações que tretiraram várias pessoas das suas casas, mas felizmente estas expropriações foram anuladas.

As atuoridades nacionais e internacionais têm que ser pro-activas na prevenção do terrorismo e nesta terceira guerra mundial que vivemos contra o terrorismo na Síria e territórios adjacentes, todas as potências que estão contra o Daesh, reconhecidas ou não internacionalmente têm que se sentar a mesa das negociações e concertarem uma estratégia comum e deixarem de olharem para o umbigo e se perderem em lutas intestinais que apenas serevem para dar força ao mouribundo Daesh que tem vindo a perder esta terceira guerra mundial sobretudo no Iraque.

Estou cada vez mais farto de ver estes ataques que são feitos por islâmicos e depois nas redes sociais aparecem uns seres iluminados que uma pessoa é xenófoba ou racista quando aponta o dedo e toca na ferida, mas se alguém se der ao trabalho de ler o Sagrado Alcorão pode ler que os seus versículos são contraditórios porque por um lado defendem a tolerância com as outras religiões em especial as chamadas Religiões do Livro e o Zorastrismo e por outro lado, não raras vezes no mesmo capítulo defende a imposição da sua fé as outras religiões e com esta contradição como é que uma nação que apregoa a tolerância como é Portugal ou a França podem ser tolerantes com estes animais.

Só espero que Portugal não sofra este tipo de ataques e que autoridades Portuguesas tenham uma atitude pró-activa e abortem estes atentados antes que eles possam acontecer e causar vítimas porque uma coisa é certa: nunca sabemos o dia de amanhã e não sabemos se estamos numa boinha num comboio ou metro ou num ajuntamento qualquer e um terrorista qualquer faz vítimas sem ninguém esperar porque é com o efeito surpresa que os terroristas jogam e o caso de Nice este efeito surpresa foi claro porque se aproveitaram do descomprimir das autoridades com o fim do Euro 2016 para atacarem.

Ficam as minhas perguntas: Será que as autoridades portuguesas estarão a fazer o seu dever? Será que podemos nos sentir seguros na rua? Se acontecer um atentado semelhante em Portugal, teremos estômago para aguentar?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 16:38
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Peace Sells - Megadeth
13
Jun 16

Era para postar outro vídeo hoje porque neste fim de semana foram as comemorações dos 90 anos da rainha de Inglaterra, mas o massacre de hoje em Orlando, mudou tudo em termos de escolhas musicais...

 

 

escolhi algo muito mais pesado e triste, mas para nos fazer pensar

 

 

 

The Unblinking Eye (Everthing Is Broken) - Roger Taylor

 

 

Nazis - Roger Taylor

 

 

(o eterno baterista dos deuses chamados Queen)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por tron às 00:33
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Nazis; The Unbliking Eye (Everthing is Broken) - Roger Taylor
12
Jun 16

Hoje em Orlando, Florida, EUA; um elemento do chamado Estado Islâmico ou Daesh ou ISIS entrou num bar gay de Orlando e assassinou 50 pessoas causou pelo menos 53 feridos e já foi considerado pelas autoridades como o pior atentado de sempre contra a comunidade LGBT e o maior acto de terrorismo islâmico nos EUA desde do 9/11.

Pelo que se sabe o autor do atentado já estava sobre vigilância do FBI e das restantes autoridades norte-americanas, mas nada foi feito para evitar o crime, lembrando o que aconteceu em 2001 onde todos estavam identificados e nada foi feito para evitar o 9/11 levando a que se criassem centenas de teorias da conspiração algumas com algum nexo outras completamente tolas.

A família do criminoso já veio pedir desculpa pelo acto do filho, mas o massacre está feito e este massacre acontecer em plena campanha eleitoral para as presidenciais norte-americanas vai dar razão a islamofobia de Donald Trump que defende a expulsão dos muçulmanos dos Estados Unidos sobretudo se estes cometerem algum crime e além disso defende a reabertura da prisão de Guantánamo.

Este radicalismo com toda a certeza ganhou força e Trump irá com toda a certeza saber capitalizar este atentado a favor da sua candidatura dado que a candidatura de Hillary Clinton em relação aos islâmicos é muito mais tolerante do que a candidatura do magnata do imobiliário que vai começar a ganhar apoiantes até na comunidade LGBT que eram votos garantidos para os democratas, sobretudo para candidaturas mais liberais como Bernie Sanders ou Al Gore.

O Daesh tem que ser eliminado numa conjunção de nações e não como está a ser agora onde russos estão do lado de Bashar al-Assad e por outro lado a NATO junto com os rebeldes anti-Assad e outros grupos que também estão contra o Daesh e no fim o Daesh aproveita esta divisão para ir-se mantendo e ao mesmo tempo espalhando os seus tentáculos pelo mundo como prova este massacre em Orlando.

Tenho receio que hajam mais atentados semelhantes e as autoridades de Los Angeles apanharam um tipo que tinha na bagageira do carro um verdadeiro arsenal tendo sido logo detido pelas autoridades locais para interrogatório e ainda por cima confessou que estava em Los Angeles para ir a Parada do Orgulho Gay que irá decorrer amanhã em Los Angeles e as autoridades depois do massacre de Orlando e desta caçada feita em Los Angeles estão com o alerta máximo.

Sei que estamos na noite de Santo António e é feriado em Lisboa e a notícia surgiu logo no Telejornal quando se preparava a festa maior da cidade, mas seria de bom tom uma reacção a condenar o atentado e a primeira pessoa fora dos EUA a condenar o atentado foi o Papa Francisco que não teve papas na língua a condenar o atentado e a Rainha de Inglaterra também não se calou a condenar o atentado.

Gostava de ouvir a reacção do Bloco de Esquerda que consegue ter o príncipio da ubiquidade e estar do lado dos islâmicos e da comunidade LGBT ao mesmo tempo e gostava de ver o que as esganiçadas teriam a dizer sobre este terrível atentado que merece a reprovação geral do mundo dito civilizado e depois não se admirem que comecem a aparecer partidos radicais um pouco por todo o mundo.

Como sempre as minhas perguntas sem resposta: Porque fizeram isto? O que se pode fazer para prevenir? Afinal o que é o islão? Quando é que o mundo tem paz? Será que podemos andar na rua sossegados? O que é preciso fazer para acabar com este germe do terrorismo?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 22:43
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: The Unbliking Eye (everthing is Broken) - Roger Taylor
20
Dez 15

Arnlado Matos, fundador do único partido maoísta no activo em Portugal veio há alguns dias dizer que estava a favor dos atentados de Sexta-Feira 13 de Novembro por parte de terroristas islâmicos que agiram a ordens do chamado Exército Islámico ou ISIS ou Daesh porque estes estavam a lutar contra o poder imperialista do ocidente e que é a favor de tudo aquilo que o Daesh defende.

Ao ler isso fiquei meio pensativo, para não dizer meio a bater da bola, porque ninguém no seu perfeito juízo por muito esquerdistas ou direitista que fosse diria tais disparate, mas não nos podemos esquecer que pouco antes dos antentados, nas ressaca das últimas eleições gerais suspendeu por motivos políticos um dos militantes mais conhecidos e carismáticos do partido que tem a sua sede num 2º andar alugado a CML no fim da Rua da Palma em Lisboa, Gracia Pereira e na volta o scretário-geral foi no mesmo caminho, o cidadão Luis Franco.

Me perguntam os mais ignorantes que partido é e vos digo já qual é: é o PCTP/MRPP que é tão mauzinho que chegou ao ponto de fazer um bullying psicológico ao ponto de Garcia Pereira se demitir do mesmo partido que era caçado nos tempos finais do Estado Novo e que foi viveiro de muitos políticos nossos conhecidos como Ana Gomes, agora no PS; Cherne Barroso, agora no PSD; Fernando Rosas, agora no BE; entre outros.

E agora com esta triste saída, Arnaldo Matos, madeirense como Garcia Pereira e Alberto João Jardim; parece que saiu de uma longa hibernação qual a personagem principal do filme Good Bye Lenin ao afimar que todas aquelas vítmas dos atentados foram mercidas porque os terroristas é que são as vítimas do imperialismo e são lutadores contra o imperalismo ocidental e norte-americano; ao ler isso fiquei mesmo de boca aberta como há genter que defende os genocidas do Daesh como fossem heróis de uma pátria oprimida por alguma ditadura quando o próprio Daesh é uma ditadura das mais extremas ao ponto dos seus membros serem tão ruins que até o seu núcleo é constituido por membros expulsos da Al-Qaeda por serem demasiadamente radicais para os padrões da Al-Qaeda.

Não sei é como ainda há pessoas que defendem os actos do Daesh sobretudo quando envolve morte de inocentes e se o MRPP é um partido anti-clerical fanático vai apoiar um movimento de fanáticos religiosos é como tentar misturar azeite com vinagre ou então Arnaldo Matos quer estve muito tempo a hibernar na sombra de Garcia Pereira, apareceu para dar um sinal de vida, ao contrário de Camilo Mortágua, pai de uma das cabeças pensantes do Bloco de Esquerda, que se deixou das políticas e agora é um proprietário agário passando o tempo a ganhar dinheiro a cavar batatas (literlamente) e se calhar foi o que faltou a Arnaldo Matos se tornar em mais um agrário de esquerda em vez de dizer coisas que choca a humanidade, mas quem defende o maoísmo no seu sentido mais duro como queria a Camarilha dos 4 nos tempos de Deng Xiaoping quando a China Vermelha se abria para o mundo civilizado e ocidental.

Este senhor deu um sinal de vida num partido que anda assim meio aos repelões como fossem estretores de uma morte anuciada e que é sempre adiada numa espécie de distanásia política que com estas palavras vai dando sinais de vida parcos de um partido que passa o tempo calado até quando acontecem umas eleições de âmbito nacional e onde dão um ar da sua graça que nem nas eleições presidenciais vai dar sinais porque correram com o seu candidato crónico as eleições presidenciais e agora neste ar de silly season eleitoral misturado com fool's season do Natal não dão quaisquer sinais de vida dando a impressão de serem um animal moribundo a espera de uma injecção de eutanásia do veternário.

De facto o PCTP dá razão aos saudiosistas do Estado Novo quando este dava caçada aos membros deste partido que consegue ser pior em muitos pontos do que o Estado Novo e agora está a entrar numa onda de radicalismo extremo que torna os membros mais radicais do PNR em meninos do coro e que no meio da sua senilidade vai dando a conhecer a sua verdadeira face.

Como sempre as perguntinhas: O que este senhor tem na cabeça? Porque defende o Daesh? Que pessoa é Arnaldo Matos? Que partido é o PCTP?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 17:56
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Kill Fuck Die - W.A.S.P
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
blogs SAPO