Reportagens de Critica Investigação e Opinião
REPORTGENS, CRÍTICAS E INVESTIGAÇÕES DO CYBER-RERPORTER + SECRETO DO MUNDO Blog Nacionalista e Monárquico (UM AVISO: AQUI NÃO VAI ENTRAR O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO BLOG MONÁRQUICO E NACIONALISTA)
28
Fev 17

Estão cada vez mais transformando, as zonas típicas de Lisboa em em guetos apenas reservado para turistas com dinheiro no bolso e com esta transformação estão a despejar famílias que estão nestes bairros históricos há dezenas de anos para que as suas casas sejam transformadas em hostels ou apartamentos de luxo que devido aos seus preços estão condenados à partida a servirem de cenário a uma cidade oca e de fantasia qual Veneza na actualidade.

O caso da Mouraria é um paradigma nesta situação porque têm sido esvaziados prédios inteiros, famílias inteiras são deslocadas em nome do turismo e dos apartamentos de luxo que ninguém compra e estes vampiros do turismo, estes viciados nesta nova heroína chamada turismo em dose bruta, se esquecem que a Constituição exige como direito fundamental a habitação condigna, não para turistas, mas para os portugueses e nem o desgoverno da república e muito menos o Taliban Turismo Medina querem saber deste direito. Apenas pensam em tratar das hemorróidas aos turistas com a língua.

Nem sei que livros de Direito andaram a ler os políticos da nossa praça, mas de certeza que não foram os livros correctos porque o que se passa na Mouraria e outros bairros históricos de Lisboa vai contra todos os princípios legais instituídos tanto antes como depois do 25 de Abril porque se está a violar de forma clara e descarada uma das prerrogativas principais da revolução dos cravos que é a habitação condigna.

As sucessivas leis dos despejos, perdão, leis do arrendamento urbano tanto por Santana Lopes (aka. Sacana Lopes) Adolf Sócrates Pinto de Sousa e Merkel Dog Passos Coelho, colocaram os inquilinos destes mesmos bairros e não só em situações precárias o que levou os mais desafogados a meterem-se em créditos para compra de casa e os outros com o pé na rua ou acabarem por terem que ir morar para casa de familiares ou em quartos manhosos, muitos deles clandestinos, financiados por IPSSS como a SCML e outras semelhantes.

Esta situação se evitaria se os presidentes da república depois de Mário Soares tivessem sido mais activos e cumprissem com aquilo que juram quando tomam posse, estas leis dos despejos tinham sido sumariamente chumbadas pelo Tribunal Constitucional e obrigaria os sucessivos governos depois de Guterres a repensarem antes de agirem, mas como aqui o burgo das grandes ondas da Nazaré e dos pastéis de nata se consola a ver os Big Brothers e as novelas, vai votando sempre nos mesmos calhoadas mesmo sabendo que eles vão contra os seus prórpios direitos.

Esta nova heroína que viciou muitos presidentes de câmara e de junta de freguesia do estado-nação mais antigo do mundo está agora a mostrar as suas consequências mais graves depois dos elevadores da Carris (Lisboa) se terem transformado de transportes públicos em guetos segregados apenas para turistas, sobretudo o de Santa Justa e o mesmo está a acontece com os eléctricos que praticamente servem mais turistas do lisboetas.

E como já se pensa nas festas da cidade que outra chance que os agarrados no turismo têm para se injectarem com ainda mais droga, se estão a esquecer que quem faz o ponto máximo destas mesmas festas são os moradores dos bairros e os membros das colectivdades de cultura e recreio dos mesmos bairros e se os moradores originais do bairro saírem dos mesmos bairros e estes forem substituídos por turistas gourmet ou como chamam no Brasil, Turistas Nuttela, como seriam feitas as marchas; que apesar de serem uma criação do Estado Novo entraram na cultura lisboeta de forma irreversível de forma que nem a revolução dos cravos apagou e ainda conseguiu capitalizar depois de 1976 como prova de uma nação estável e pacífica.

Não estou a ver alemães ou espanhóis a cantarem odes as sardinhas assadas ou ao fado sem saberm a ponta de um chavelho de português ou mesmo do significado das letras e ouvir fado com sotaque alemão deve soar pior do que ouvir um espanhol ou um português a cantarem as músicas do malogrado austríaco Falco ou dos metaleiros Rammstein ou os músicos do cavalinho terem nomes nomes tão lusos como Pablo, Smith, Fritz ou outros parecidos.

Se os partidos com assento na assembleia da república não travam esta situação, então têm que ser punidos de forma exemplar, e a melhor punição é nas próximas eleições municipais serem corridos dos seus cargos e darem o lugar a outros que não fazem parte da assembleia da república e que no caso de Lisboa pensem na cidade e não nesta nova heroína chamada turismo que já tem uma legião de viciados que apenas prejudicam a cidade e os seus habitantes.

E ficam as minhas perguntas de sempre: Até onde este novo ópio dos poderosos vai levar Lisboa? O que é feito do direito da Constituição da República que defende a habitação condigna para o povo e não a habitação turística? O que é preciso fazer para que este vício do turismo acabe? Quando é que os eleitores criam tomates e votam nos outros que não fazem parte do sistema? O que têm feito os presidentes da república depois de Mário Soares? Será que a república ainda nos serve para alguma coisa?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 14:03
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Liberdade - Sérgio Godinho
16
Abr 16

O Bloco de Esquerda, uma das mais instáveis e esganiçada peças da gerigonça do novo desgoverno socialista que está no poleiro em Portugal vai colocar a debate uma questão ainda mais importante até do que o despadaçar do sistema finaceiro português e os vários escândalos de corrupção que fazem capa de todos os jornais nesta nação e que servem de fonte de inspiração para o teatro de revista e para os programas de humor de rádio e televisão.

Catarina Martins que não deveria de ter muito em que pensar quando as 50 sombras da troika se aproximam para mais uma sequela com a realização dos socialistas que também escrevem este verdadeiro hino da pornografia financeira do estilo BDSM onde os que gozam são sempre os mesmos e os que sofrem são sempre os mesmos e em vez de se preocuparem com a tempestade que já se levanta com os maus sinais que já se sentem no banco do Estado.

A incompetência que está no ministério das finanças chamada Mário Centeno que desde do caso Banif que cheira pior do que as meias de um futebolista ao fim de um jogo que foi aos penalties passando pelas concessões feitas a esquerda, sobretudo aos sindicatos, quando ainda em tempo de Passos Coelho a coisa parecia bem encaminhada para se evitar a queda de rating dos títulos da dívida pública para a classificação de lixo que signficaria a bancarrota em Portugal, o que seria um record mesmo para os socialistas que nem há 6 meses estão no poleiro e colocam Portugal na falência.

Mas enquanto o PS manobra a TVI a seu bel prazer ao ponto de manipularem dados sobre o caso do Banif e provocarem o pânico entre os clientes ao ponto de empurrar o banco para as mãos dos camaradas do Santander e o Bloco não questiona a sério o desgoverno e nem convida a oposição de direita para que seja feita uma alteração lesgislativa para que seja mais facilitada a demissão do Governador do Banco de Portugal, deixou o presente Führer Costa (das Chamuças e do Castelo) com mais azia do que Pinto da Costa depois do jogo entre o Porto e o Tondela e a baderna na supervisão financeira continua sem que nada seja feito e o fantasma da bancarrota anda mais próximo do que aquilo que estamos a espera. Mas para o BE é mais importante mudar o nome do cartão do cidadão em nome da chamada igualdade de género porque esta mudança é mais importante don que saber se temos algumas moedas no bolso para comprar pão e leite para comer.

Esta ideia saida de um trip mais profunda do que aquelas que os membros dos Led Zeppelin ou dos Pink Floyd tinham nos seus tempos áureos de criação musical mais inspirada e que mostra que a criação de Francisco Louçã que foi a forma que a chamada extrema-esquerda não-maoista ganhou voz se está a mostrar um verdadeiro circo onde a palhaçada e a fonte para anedotas é mais fértil do que os terrenos do rio Minho ou o delta do Nilo nos tempos das enchentes de Verão.

Esta ideia da cartolina da cidadania é uma ideia de quem não tem nada para fazer entre as mãos e depois sai com uma tirada destas que parecem saídas de algum texto de Raúl Solnado ou dos Malucos do Riso ou mesmo dos Monty Pyton e com estas palhaçadas a república vai mostrando as suas facetas de inutilidade porque de podridão já nós sabemos a muito tempo e pelo menos desde 1975 se vai sabendo as claras, embora a podridão venha desde 1910 e enquanto a massa está entretida com estas palhaçadas, o lodo republicano nos vai chupando o sangue de todas as formas e mais algumas.

Vos deixo as minhas perguntas: O que se passou na cabeça de Catarina Martins? De que raio nos vai servir esta ideia? Não há assuntos mais importantes para serem discutidos no parlamento? Andam a fumar tabaco ou algo mais tóxico?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 21:41
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Lucy in a Sky with Diamonds - The Beatles
10
Fev 15

Enquanto a nação chamada Portugal se entretem com o preso mais famoso que alguma vez vai ser falado tanto nos jornais como nas redes sociais e blogs, a ministra da justiça disse nos meios de comunicação social algo que deixou o Führer Passos Coelho com a calças na mão quase da mesma maneira quando o Siryza ganhou as eleições na Grécia ou quando a coligação de governo perdeu as eleições municipais e as europeias.

A ministra Teixeira da Cruz estoirou a bomba quando disse que era a favor da despenalização das drogas leves com a sua venda em farmácias, opinião a qual estou favorável porque iria sobretudo reduzir a criminalidade ligada ao tráfico e muitos negócios paralelos que se fazem nas ruas de Lisboa aos olhos de todos iriam acabar ou pelo menos iam ficar comprometidos e ao mesmo tempo se iria buscar uma receita fiscal que não prejudicaria ninguém.

Há vários estudos um pouco por todo o mundo a demonstrar que a cannabis tem efeitos terapêuticos em várias doenças e/ou a atenuar os efeitos secundários por vezes insuportáveis de alguns remédios que alguns de nós possa tomar seja para o que for se estes efeitos positivos da cannabis forem provados não vejo o mal na sua legalzação para uso clínico e deve haver sempre quem se aproveite para dar uso errado de uma possível despenalização das drogas leves.

E estes abusos que poderiam haver não seriam apenas culpa de quem prescrevesse e de quem vendesse de forma indevida a cannabis caso a venda fosse feita em farmácias e por motivo médico devidamente validado dentro das normas legais da nação e este sururu que se levantou teve dois efeitos: um era entreter o povo com mais circo e por outro lado deu para mostrar as divisões que existem no seio da coligação de desgoverno e que são maiores do que se poderia supor.

E ficam as minhas perguntas de sempre: Afinal para que servu este sururu todo ? Não seria positiva esta venda legal da cannabis sobretudo em termos fiscais ? Porque Passos Coelho ficou com as calças na mão e nada fez ? Seria uma medida positiva para a nação ? Quando é que a política deixa de ser um circo e passa o ser o poder do povo ? Para que nos serve a república e o seu presidente ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 23:30
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Sweer Leaf - Black Sabbath
24
Jan 15

Depois das trips que alguns políticos andam......

 

 

 

nada como a escolha de hoje

 

 

 

Lucy in a Sky with Diamonds - The Beatles

 

 

 

 

 

 

publicado por tron às 23:59
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Lucy in a Sky With Diamonds - The Beatles
28
Nov 14

Habeas Corpus de Sócrates pedido por jurista que em 2007 se barricou numa universidade

 

 

 

 

Então aluno da Universidade Lusíada no Porto, terá, segundo fonte judicial, regado sofás com gasolina e ameaçado imolar-se. Nega estes últimos factos e diz-se agora "outra pessoa". Explica que enviou pedido por acreditar na Justiça. Sócrates foi apanhado de surpresa.

 

 

 

 

 

 

(Fonte: Público)

publicado por tron às 23:50
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Sweer Leaf - Black Sabbath
20
Set 14

Pode parecer tolice o que estou a dizer, mas depois que um tipo foi preso em Albufeira, com um verdadeiro arsenal de guerra em casa e de entre os materiais apreendidos se encontrava um livro de penúltima encarnação do Anticristo, Ossama Bin Laden; já dá para se pensar em tudo e mias alguma coisa, sobretudo quando se tem as fronteiras abertas e um SEF cuja competência deixa muito a desejar.

Como não fossem suficientes as armas, o dito tipo ainda tinha em casa 10 mil doses de droga e ter já folha de serviços por tráfico de drogas e a mistura de drogas, armas e livros de um terrorista que felizmente já foi despachado como deveria de ter sido há mais tempo não é uma mistura saudável e pode levar a muitas leituras e teorias da conspiração, mesmo apesar da Al-Qaeda considerar o ISIS seus inimigos por estes serem demasiadamente sangrentos para o seu gosto e já ter apelado a união de todos os muçulmanos contra o ISIS.

Pode ser que este mesmo elemento seja mais um chanfrado que por ande por aí ou então seja mesmo um infiltrado de alguma organização terrorista que da qual se desconheça a existência o que não seria surpresa enhuma porque além da incompetência do SEF, há um detalhe que a ciência que foi fundada por Heródoto e que tem como musa Clio, mostra de uma forma cruelmente clara que quando há crises económicas de particular violenta e quando nações abusam umas das outras, os extremismos de todo o tipo de flora e fauna surgem quase ao virar da esquina como fosse cogumelos no Outono e Portugal é um terreno mais do que fértil tanto para instalação de células terroristas, bem como para que comecem aparecer extremismos o que não seria surpreendente se formos a ver o poder político da república que cada vez está mais semelhante a uma vara de porcos todos a comer da mesma gamela a mesma lavagem feita com o dinheiro dos nossos impostos.

Estes republicanos no geral ainda não acordaram e se entretêm com novelas e lutas internas quando têm a verdadeira encranção da besta bíblica quase a bater a porta e com a séria hipóteses de ter falsos profetas já em território nacional porque em França, onde existe uma grande comunidade islámica bastante mais massiva do que nossa mas de proporções semelhantes em termos de peso dentro do número de habitantes foram presos adolescentes que iriam juntar ao ISIS; duas raparigas que nem 18 anos tinham e os franceses que por muitos defeitos que possam ter; têm o hábito de fazer leis preventivas em vez de as fazer depois de acontecer o desastre, decretaram uma lei que proíbe a saída de jovens do território francês para áreas de conflito para evitar que movimentos como o ISIS ou outros semelhantes aumentem as suas fileiras.

E ficam as minhas perguntas de sempre: Será que temos em Portugal células do ISIS ? Porque o poder político continua a deitar sementes do extremismo ? Será que chumbaram em História ? Aonde este mundo vai parar ? Será que estamos seguros ? Quem nos protege do perigo do terrorismo ? Será que temos ser polícias de nós mesmos ? 

Como sempre vos  peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 23:35
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Death on Two Legs - Queen
17
Ago 14

Mortos em acidentes de viação mostram mais casos de consumo de cannabis

 

 

 

 

 

 

Nos últimos dois anos morreram na estrada 52 pessoas com presença confirmada de cannabis; 87,5% dos condutores estavam sob efeito activo da droga. Jovens são mais afectados. Primeiros dados nacionais do Instituto de Medicina Legal.

 

 

 

 

 

 

 

(Fonte: Público)

publicado por tron às 23:50
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Sweet Leaf - Black Sabbath
10
Mai 14

Peço desculpa em primeiro pela ausência mas o PC deu-lhe uma travadinha e tive que fazer um restauro e por outro lado o éstado de saúde da minha mãe não me tem dado nenhum ânimo para a escrita, embora eu já tenha achado a minha irmã e a guerra fria que havia entre nós parece ter tido uma detènte e assim vamos ajudando a mãe como podemos a nossa maneira.

Agora passados 16 anos da transssexual israelita Dana International ter ganho o festival de Eurovisão em 1998 e no caso de Dana se não fosse o facto de se saber que ela tinha sido ele teria passado bem por mulher de nascença e no qual Portugal ficou num sofrível 12º lugar com 36 pontos com a apresentação da Banda Lusa, conhecida banda do mundo pimba que despertou exactamente no festival da Canção'98 e na Eurovisão ganhou projecção nas comunidades lusas um pouco por tudo o mundo além dos dos seus membros ou parte deles serem emigrantes.

E a Eurovisão faz com Portugal (e não só) o mesmo que a UEFA nos faz de vez enquando no futebol e o Comité Internacional de Hóquei em Patins nos tem feito nos tempos mais recentes que é nos tramar a vida a qualquer custo e há dois anos Os Homens da Luta foram despachados de vela e o mesmo destino teve Suzy com a canção "Quero Ser Tua" que tinha como enfeite um negro pintado mais como polinésio do como africano que fazia percussão e que não caiu no estreito do juri da feira de aberrações estranhas que faz concorrência ao Freak Show de Coney Island em Nova Iorque que votou nem num transsexual ou memo um gay assumidos mas sim num travesti  austríaco cuja qualidade da música consegue ser pior do que uma música composta pelo príncipe dos pimbas, Emanuel.

Confesso que quando li a notícia estranhei e fiquei a pensar se juri não se anda a drogar e ainda por cima Portugal fez algo semelhante aquela coisa que os cães deixam nos passeios e de vez enquando pisamos e deu 12 pontos a esta coisa o que me deixa a pensar se este sistema de semi-finais tem alguma validade e se o certame em si tem viabilidade para continuar porque a canção que ganhou o ano passado mete a vencedora deste ano no chinelo, algo semelhante a grande Lúcia Moniz em comparação com o desastre chamado Célia Lawson e ainda a Eurovisão, leia-se a União de Radiodifusão disse que não tinha dinheiro para os Jogos Sem Fronteiras que sempre dava para passar o serão e deixam que apareçam exibições que conseguem ser piores que muitos cantores pimba que andam por este Portugal fora e sendo assim mais valia ser o Tony Carreira a ganhar porque de certeza merecia mais o caneco do que esta aberração saída da pátria das valsas e do bom chocolate e não nos podemos esquecer que Freddie Mercury e os Queen no seu todo quase foram ostracizados com a  quase-operática I Want To Break Free porque a MTV "chumbou" o vídeo e agora passa reallity shows de namoros lésbicos e em muitos países por este mundo foram foram olhados de lado apesar do estilo de travestimo usado no vídeo em questão era o mesmo que era usado no teatro burlesco dos anos 20 e que era usado como escape dos prisioneiros de guerra britânicos sobretudo na 2ª Guerra Mundial e era a gozar com uma novela britânica que leva já perto de 50 mil episódios chamada "Coronation Street" e agora na Eurovisão aparece a mulher de barbas ou o homem com mamas....de silicone.

E ficam as minhas perguntas de sempre: Porque ainda gastam dinheiro no festival da Eurovisão ? Não valia mais gastar no Jogos Sem Fronteiras ? Quantas mais aberrações de Coney Island a Eurovisão vai divulgar ao mundo ? Quem me explica o estado de pseudo-lucidez do juri ? Que porra foi esta de festival da eurovisão ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 23:06
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Comforably Numb - Pink Floyd
09
Abr 14

Bebé de nove meses acusado de tentativa de homicídio no Paquistão

 

 

 

 

 

Criança considerada responsável de agressão, à semelhança de cinco adultos seus familiares.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(Fonte: Público)

publicado por tron às 23:50
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Stone Cold Crazy - Queen
30
Mar 14

Já se souberam mais detalhes da verdadeira palhaçada que se passou na PJ e que não tem graça nenhuma e mostra que naquela instituição todos ou quase todos têm o seu custo, bastando saber quem e como comprar e o respectivo custo desta compra e assm se explica muitos sinais exteriores de riqueza que em países honestos como o Brasil ou a Itália fazia desconfiar o mais mafioso dos mafiosos.

Na sede da Polícia Judiciária havia uma empregada de limpeza nascida na antiga província ultramarina da Guiné-Bissau com 40 anos e que se chama Maria Sidani e que trabalhou para uma firma do grupo Conforlimpa com um nome falso e estando ilegal em território português, que trabalhava há dois anos na sede da PJ roubou 29 telemóveis que tinham sido apreendidos a dois traficantes de droga suspeitos de terem subornado dois inspectores da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes.

Pelo que se sabe segundo o períodico Sol; um antigo coordenador da mesma unidade já reformado e um inspector-chefe estão a ser investigados pelo Departamento Central de Investigação e Acção Penal por serem suspeitos de desviarem 500 kg de droga que misterosamente se subimaram de um contentor descarregado no Porto de Sines em Julho do ano da graça do Senhor de 2013, entrementes os dois suspeitos já foram ouvidos e parece que os tentâculos da rede se infiltram bem fundo nesta unidade, se suspeitando da existência de mais suspeitos de fazerem parte da quadirlha.

Se sabe também que a rede de traficantes fois desmantelada e um dos telemóveis dos inspectores em questão estava sobre escuta e nestas escutas se soube que este mesmo inspector estava a ser subornado para faciltar a vida aos traficantes que foram apanhados nesta caçada de Julho de 2013 e neste tempo os ditos telemóveis ficaram armazenados no 2º andar da antiga sede da PJ, mesmo por baixo do gabinente do director da PJ, Almeida Rodrigues e que quando foram roubados, os mesmos aparelhos ainda não tinham sido examinados pela Unidade de Telecomunicações e Informática quando foram roubados pela cidadão guineense.

Esta imigrante ilegal que estava em território nacional há dois anos e sabendo que tinha o emprego e a permanência em Portugal presa por arames roubou os 29 telemóveis e os levou para uma casa de um familar onde os mesmos telemóveis foram recuperados e aí a cidadã guineense foi presa pelo roubo e os telemóveis finalmente analisados e segundo as sms's que estão nas memórias dos telemóveis recuperados, esta mesma rede de tráfico de droga está bem infiltrada na UNCT.

Segundo fonte da PJ, a cidadã guineense que trabalhava para a firma Number One que faz parte do grupo Conforlimpa que cujo dono está aa ser julgado por fraude fiscal no valor de 40 milhões de euros, foi contratada através da central de compras do ministério da justiça que neste caso em particular mostrou uma incompetência ímpar, pois colocou uma ilegal a fazer limpezas onde se encontrava material sensível e em jeito de contra-resposta as perguntas do Sol, a PJ afirma que na nova sede vai ser praticamente impossível se repetir a mesma palhaçada por causa dos dispositivos de segurança; eu e muitos depois de saber isso apenas podemos dizer: a ver vamos porque tudo que é máquina tem falhas e nunca se sabe o dia de amanhã.

Este caso me deu que pensar no facto que na porta da antiga sede da PJ estavam sempre estacionadas motos de grande cilindrada ou com equipamentos e acabamentos de luxo como auto-rádio e acabamentos em madeira e outros detalhes que não se encontram em motos comuns que um qualquer cidadão que tenha um salário ao nível médio português compre ou venha a alugar em algum contrato ALD e se sabendo que os agentes da PJ quando estão ainda na base da pirâmide hieraquica não fazem muita diferença salarial dos funcionários públicos comuns, como é que conseguem comprar máquinas que só um desportista de topo ou um político ou empresário da alta roda podem comprar.

Se como vem publicado no Sol, que esta rede de tráfico está infiltrada profundamente na UNCT, então qualquer investigação que envolva esta ou outra qualquer rede de tráfico de drogas está irremediavelmente compremetida e talvez assim se explique a descarada liberdade com que ciganos andam a vender haxixe sob todas as suas formas na Baixa de Lisboa sendo muitas vezes incomodativos para quem tem que passar pela Baixa de Lisboa e muitos destes traficantes recebem mais RSI do que qualquer um que precise de RSI e exibem bons relógios e apenas vivem do RSI e da droga que vendem com toda a liberdade do mundo como Lisboa fosse Amesderdão e a Baixa de Lisboa uma qualquer Cofee Shop da capital holandesa e já não digo nada se a mesma rede que domina o tráfico na Baixa da capital lusitana também não andou as compras na PJ escolhendo um ou outro inspector para "facilitar a vida".

E ficam as minhas perguntas: Quão estará contaminada a UNCT ? Será que se vai mesmo saber tudo sobre este caso ? Será que o roubo dos telemóveis foi mesmo um roubo ou teve algo mais por detrás ? Como foi possível a central de compras não fazer uma pesquisa sobre o cadastro da empregada de limpeza e como foi possível ela trabalhar em Portugal com nome falso ? O SEF anda a dormir ? Como foi possível acontecer isto ? Será que há mais casos semelhantes ? Até onde a nação vai parar ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 23:05
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Money - Pink Floyd
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
blogs SAPO