Reportagens de Critica Investigação e Opinião
REPORTGENS, CRÍTICAS E INVESTIGAÇÕES DO CYBER-RERPORTER + SECRETO DO MUNDO Blog Nacionalista e Monárquico (UM AVISO: AQUI NÃO VAI ENTRAR O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO BLOG MONÁRQUICO E NACIONALISTA)
19
Jun 17

Dedicada a todos aqueles que lutam contra esta tragédia que parece não ter fim....

 

 

 

Heroes - David Bowie .... versão cantada ao vivo no concerto de tributo a Freddie Mercury em 1992 e que é encerrada com recitação do Pai Nosso em inglês

 

 

 

Por vezes temos que nos agarrar a fé para ganharmos força para enfrentar as nossas dores e eu na minha curta vida de 38 anos já tive a minha dose de dor para contar as gerações futuras

 

 

 

 

 

publicado por tron às 04:18
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Heroes - David Bowie (dedicada aos Bombeiros)
16
Jul 16

A vingança é um prato que se serve frio e normalmente é um prato bem doce sobretudo no desporto e a final de dia 10 de Julho, foi a prova desta doçura que quase sempre a vingança executada na altura certa esconde, mas esta vigança de 10 de Julho não foi fácil e não foram poucas as chances em que esta vingança seria gorada e luta dos Patrícios 2.0 seria em vão.

 Mas neste primeiro europeu de futebol com 24 nações se sabia logo a cabeça que não seria como os outros seja para o bem ou para mal e com o apuramento de três naçoes do Pote 5 dos sorteios das qualificações: Albânia, Islândia e Irlanda do Norte e outra do Pote 4: País de Gales que algo poderia acontecer e quando vi o alinhamento dos grupos disse a um vizinho meu que parecia que o sorteio tinha sido feito a medida para que a final fosse um Portugal - França; bem pelo visto acertei quando se chegou ao final da fase de grupos.

Esta final em parte desejada para que se batasse este borrrego das meias finais perdidas para a França sobretudo em Europeus e para dar a provar aos franceses o gosto do veneno que nos fizeram engolir em 1984 e 2000 e pagarem pelo gozo que tiveram quando a Grécia nos ganhou o nosso Euro no Estádio da Luz.

Está claro que não me caiu no goto esta qualificação para o mata-mata só com empates e o facto de Portugal só ter ganho um único jogo dentro dos 90 minutos que foi a meia-final com o País de Gales, mas o facto é que estávamos na final com um nossos arqui-inimigos em termos desportivos e em especial no futebol de seu nome França e quando se chega a este ponto num torneio de futebol todos os resultados são possíveis embora se soubesse que a França iria ser levada ao colinho.

E assim foi; Portugal entrou com medo e a França qual cão raivoso sentiu este medo e enconstou Portugal as cordas desde início havendo uma pressão terrível dos franceses que iam abrindo brechas nas linhas recuadas dos Patrícios 2.0 todavia Rui Patrício foi imperial nas redes lusas e nada lá entrou, mas na primeira parte tivemos o golpe de teatro que marcou o jogo pela negativa quando o jogador francês dá uma entrada por trás em cheio no joelho esquerdo de Cristiano Ronaldo e ainda nem tínhamos chegado aos dez minutos de jogo que colocou o capitão português fora da partida no minuto 25, mas que o árbitro fechou os olhos.

Com o passar do tempo Portugal foi ganhando coragem foi começando a ganhar domínio territorial aos franceses e ainda dentro dos 90 minutos, mais um penalty roubado a Portugal e no último minuto dos descontos os franceses falharam um golo feito e depois fomos para os 30 minutos do tempo extra, coisa que Portugal só não tinha feito na fase de grupos e contra os galeses.

E nos trinta minutos da nossa glória a França começou a perder a pilha e um um herói improvável começou a aparecer a incomodar a defesa francesa de uma forma cada vez mais sistemática e mais perigosa e a França apenas era no prolongamento uma pálida imagem da equipa que foi nos 90 minutos regulamentares e com esta França sem pilhas, Portugal que vinha aos poucos a ganhar as rédeas do jogo aos franceses, agarrou-as de forma derradeira e definitiva.

Neste jogo de emoções, e de muitos tremoços comidos e unhas roídas, o momento mágico que elevou os 23 escolhidos de Fernando Santos para a eternidade surgiu no minuto 109, quando Éder, o verdadeiro patinho feio da selecção marcou o golo da nossa maior alegria e de uma vingança que já estava na hora de cobrar de uma forma que fez a lembrar a maneira de chutar do Pantera Negra que foi o talismã dos Eternos Patrícios 2.0 que deram uma grande alegria num breve momento, este breve momento que nos fez esquecer a crise e os políticos corruptos e inúteis que nos roubam a auto-estima e a alegria de viver.

Esta vitória nacional nos fez sonhar que Portugal está a caminho de ser um país grande, com uma grande auto-estima e alegria de viver e fiquei pasmado, mas não surpreendido com a festa feita em todos os recantos onde houvesse portugueses, mas sobretudo nas antigas províncias ultramarinas onde a festa foi generalizada mesmo por aqueles que nunca falaram a língua de Camões como em Malaca ou os chineses de Macau e esta festa lusa transcontinental é o verdadeiro V Império que falava o Padre António Vieira e Fernando Pessoa.

 

 

Fica o marcador

 

 

Portugal 1 (Éder 109') - França 0

 

 

 

Parabéns Heróis

 

 

e ainda deixo três músicas dedicadas aos heróis

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por tron às 18:45
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Como uma Força - Nelly Furtado; We Are The Champions - Queen
28
Dez 14

Batalha de Pearl Harbor obrigou EUA a recrutar atuneiros açorianos na Califórnia

 

 

Ataque japonês de 1942 levou norte-americanos a converterem 47 barcos de pesca em barcos de guerra. Cerca de 600 pescadores de descendência portuguesa ofereceram-se como voluntários.

 

 

 

 

 

(fonte: Público)

 

publicado por tron às 23:44
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Liberdade - Resistência
06
Ago 13

A escolha de hoje é dedicada a todos os bombeiros do mundo

 

 

 

 

Heroes - David Bowie (com o Pai Nosso no final, está traduzido em italiano.... mas a mensagem passa)

 

 

 

 

 

espero que seja do vosso agrado

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por tron às 23:55
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Heroes - David Bowie
18
Mar 13

VENHO MAIS UMA VEZ E TODAS MAIS QUE FOREM PRECISAS

 

 

 

 

 

INTRECEDER PELOS MEUS PEQUENOS COLEGAS DAS PEDIATRIAS ONCOLÓGICAS ESPALHADAS POR ESTA NAÇÃO

 

 

 

 

 

 

O RODRIGO CUJA LUTA VEM RELATADA NO FACEBOOK, PRECISA DE ALGUÉM QUE LHE SALVE A VIDA

 

 

 

 

 

 

POIS O RODRIGO, MENINO CORAJOSO E QUE NOS ENSINA O VERDADEIRO SIGNIFICADO DA PALAVRA LUTAR ESTÁ A PERDER A LUTA CONTRA A LEUCEMIA E PRECISA DESTE TRANSPLANTE PARA SOBREVIVER E GANHAR A LUTA

 

 

 

 

 

 

 

 

ESTA É UMA CRUZADA DE MILHÕES DE ALMAS POR ESTE MUNDO FORA, GENTE DE TODA ESPÉCIE E ORIGEM QUANDO NÃO PODE SER DADOR DE MEDULA E FAZ ESTES PEDIDOS....

 

 

 

 

 

 

 

AINDA MAIS ME DÓI, NÃO POR AMANHÃ SER DIA DO PAI, MAS SIM PORQUE SOUBE QUE OUTRO MENINO PERDEU A LUTA E COMO UM GÉNIO MUSICAL NOS ENSINOU.....O DEVER DAS CRIANÇAS É VIVER

 

 

 

 

 

 

TEMOS QUE SER COMO OSKAR SCHINDLER.....QUEM SALVA UMA VIDA SALVA O MUNDO INTEIRO E TEMOS QUE SER SALVADORES DESTE MUNDO E DESTA HUMANIDADE EM ALGUMA FORA

 

 

 

 

 

 

 

 

SE SER SEGUIDOR DE UMA QUALQUER RELIGIÃO NÃO É SÓ SE CUMPRIR OS PRECEITOS DA FÉ É TAMBÉM SALVAR VIDAS PORQUE A VIDA É UM DOM DIVINO

 

 

 

 

 

SER UM SER HUMANO É SALVAR OUTRAS VIDAS, É ISTO QUE NOS DISTINGUE DOS ANIMAIS IRRACIONAIS

 

 

 

 

 

 

 

SALVEM O RODRIGO E TODAS AS OUTRAS CRIANÇAS ....

 

 

 

 

 

EU EM QUASE 3 DÉCADAS E MEIA DE VIDA SENTI A PIOR DOR DA MINHA VIDA, NÃO QUANDO FIQUEI SEM CASA, NÃO QUANDO PERDI UM PARENTE.....MAS SIM QUANDO VI PELA PRIMEIRA VEZ AS CRIANÇAS QUE LUTAM CONTRA O CANCRO E VOS DIGO QUE ESTA DOR AINDA SINTO, 8 ANOS DEPOIS DESTA DOLOROSA VISÃO E ME MARCA DE TAL FORMA QUE QUANDO VOU AO IPO VOU SEMPRE DE FONES E CABEÇA BAIXA A PENSAR COMO POSSO AJUDAR TODAS AQUELAS CRIANÇAS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EM NOME DESTAS CRIANÇAS

 

 

 

 

 

 

SEJAM DADORES DE MEDULA

 

 

 

 

 

MEXAM-SE DAS CADEIRAS E LARGUEM A NOVELA  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E SEJAM HERÓIS

 

 

 

 

 

 

VOS DEIXO UNS VÍDEOS PARA PENSAREM

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E IMPRIMEM ESTE PEDIDO

 

 

 

 

 

 

ESPALHEM POR IGREJAS, CENTROS DE SAÚDE, POR TODO O LADO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

https://www.facebook.com/VamosajudaroRodrigo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

http://www.lux.iol.pt/nacionais/rodrigo-dador-leucemia-transplante-medula/1406574-4996.html?fb_action_ids=196111750534558&fb_action_types=og.likes&fb_source=aggregation&fb_aggregation_id=246965925417366

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TRADUÇÃO LIVRE DOS ÚLTIMOS VERSOS DA VERSÃO CANTADA POR CRIANÇAS DE WHO WANTS TO LIVE FOREVER:

 

MAS TOCAS AS MINHAS LÁGRIMAS COM OS TEUS LÁBIOS

 

TOCAS O MEU MUNDO COM OS TEUS DEDOS E NOS

 

PODEMOS TER PARA SEMPRE

 

QUEM QUER VIVER PARA SEMPRE

E QUEM QUER VIVER PARA SEMPRE

PARA SEMPRE É O NOSSO HOJE

E QUEM QUER VIVER PARA SEMPRE

 

PARA SEMPRE É NOSSO HOJE APENAS QUEREMOS UMA CHANCE PARA VIVER...

 

 

 

 

 

publicado por tron às 22:00
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Who Wants To Live Forever - Versão cantada por crianças
27
Jan 13

Mais um dos últimos grandes heróis desta nação de seu nome Portugal, General Jaime Neves, transmigrou para o mundo das almas aos 77 anos hoje em Lisboa sendo mais um dos heróis de Abril que este país sem iberdade perdeu e que tal como todos foi e é um ser humano único.

A extrema-esquerda nunca perdoou o General Jaime Neves por este nunca ter ido por este caminho e até o ter travado no 25 de Novembro de 1975; quando a nação de seu nome Portugal esteve no limite da guerra civil e com a hpótese de Portugal se transformar numa nova Cuba; mas ao contrário de muitos que hoje elogiaram o homem e a obra; leia-se os políticos da república; eles nem fizeram sequer uma uma centésima parte daquilo que Jaime Neves e todo o MFA fez porque os presentes políicos da república; bem pelo contrário, Jaime Neves foi daqueles que nunca vendeu a nação ao contrário dos vampiros que estão no poder da república e  não foi para estar tamanha escória no poder que se fez o 25 de Abril e a democracia se consilidou com o 25 de Novembro.

O General Jaime Neves, um dos heróis da verdadeira democracia e que cuja coragem foi e é um exemplo para todos nós; estava para ser médico mas acabou por ir parar a Academia Militar onde conheceu outros militares de escol como Ramalho Eanes, Melo Antunes, Loureiro dos Santos e Almeida Bruno e depois da Academia Mlitar foi para Moçambique e para Índia Portuguesa onde deu instrução.

Mas o seu maor papel a favor de todos nós habitantes nesta nação foi quando além de ter tido parte activa na revolução dos cravos; foi quando evitou que radicais de esquerda em especial da Polícia Miltar transformassem Portugal numa nova Cuba u numa nova Albânia; e depois de Vítor Alves ter falecido a algum tempo atrás e tendo sido esquecido pelo poder político da república; Jaime Neves apesar de algo como ostracizado osó foi lembrado pelo poder da república apenas por etiqueta porque o presidente do conselho em vez de vir para Portugal para as exéquias fúneberes, amanhã 2ª Feira; vai ficar de férias de Inverno na Cimeira Ibero-Americana em vez de vir prestar os respectivos respeito ao General Jaime Neves...

É preciso se ser muito falso para se fazer o elogio fúnebre de um herói desta pátria a partir de outro contitnente em vez de cumprir com o seu dever de Primeiro Ministro e assim se vê o valor que o presidente do conselho dá a democracia que não é nenhum e espero que sirva para que este povo desta nação chamada Portugal acorde e veja quem está no poder e a sua forma de ver a nação

 

 

 

 

Descanse em Paz, Meu General, a Sua Obra Jamais Será Esquecida

 

 

 

 

 

General Jaime Neves, grande-oficial com Palma, da Ordem Militar da Torre e Espada, do valor, Lealdade e Mérito;

 

(Vila Real: 28 de Maio de 1936 - Lisboa: 27 de Janeiro de 2013)

 

 

 

E  fica parte da sua obra vem no Filme-Documentário  "A Hora da Liberdade"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Audaces Fortuna Juvat (A Sorte protege os audazes)

publicado por tron às 22:55
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Brava Dança dos Heróis - Heróis do Mar
08
Ago 12

Esta música é dedicada aos heróis e heroínas nacionais que pegaram na canoagem lusa e a transformaram num novo desporto de adoração onde a força e o triunfo da vontade movem marés mostrando um lado esquecido do desporto português

 

 

 

 

e sempre esperando que seja do vosso agrado

 

 

 

 

 

Homem do Leme - Xutos & Pontapés

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por tron às 23:59
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Homem do Leme - Xutos & Pontapés
14
Jul 12

A sequela do vídeo de ontem e que para mim foi a Gig depois dos Queen

 

 

com uma música que já postei aqui na Primavera

 

 

 

Heroes - David Bowie (Live Aid'85) e já passaram 27 anos e a miséria no mundo continua....

um extra....vos vou por a versão legendada da mesma música

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por tron às 23:59
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Heroes - David Bowie
30
Jan 12

Ao desfolhar a edição electrónica do Público me surpreendi com a notícia que a Infanta de Bragança; tia de D. Duarte Nuno, Duque de Brangaça; Dona Maria Adelaide de Bragança van Uden vai receber uma condecoração da república apenas aos 100 anos de idade pelo trabalho de uma vida inteira em prole do ser humano e da liberdade em especial da liberdade do mundo ser mundo.

Esta quase certa candidata a ter uma árvore com o seu nome no Jardim do Yad Vashem, e vai ser mais um português, neste caso uma portuguesa a ser reconhecida como Justa entre as Nações e digo isto porque D. Maria Adelaide (curioso, o nome da minha bisavó, coincidência daquelas) lutou na segunda guerra mundial contra o 3º Reich e esteve num campo de prisioneiros pronta para ser fuzilada como membro da resistência austríaca e foi salva da morte graças a intervenção daquele senhor de Santa Comba Dão cujo nome parece ser um ultraje dizer.

Acontece que apesar daquela que foi chamada de "Infanta-Rebelde" ter sido uma prisioneira de guerra do 3º Reich não vai receber a Ordem da Liberdade ou condecoração semelhante, mas sim apenas a Ordem de Mérito Público, que também pode ser atrbuída a um funcionário público com 30 ou 40 anos de trabalho exemplar se podendo se colocar esta condecoração abaixo das ordens de bravura dos bombeiros ou as medalhas de ouro municipais, ou seja, um ultraje; apenas mais um; da república que tal como fizeram com o cônsul Arisitides de Sousa Mendes que muitos anos depois da sau morte e demasiados anos depois do 25 de Abril foi lembrado pela república apenas com a Ordem da Liberdade, quando em França ou em Israel recebeu as mais altas honrarias, mesmo póstumas mas antes do Estado Português lhe as ortugar a sua famíia que ainda teve dois filhos que fizeram parte dos heróis do desembarque da Normandia, mesmo assim apesar de ter salvo dezenas de milhares de vida humanas, apenas lhe foi atribuída a Ordem da Liberdade quando deveria de lhe ser atribuída a Ordem Santiago Espada ou mesmo a supremas das condecoraçoes a Ordem de Torre e Espada.

E com Dona Maria Adelaide de Bragança Van Uden vai acontecer o mesmo, não que acabe miserável como o Schindler Português, mas fo sempre uma esquecida da república, que desafiou o verdadeiro Anticristo antes de aparecer Bin Laden, o maior assassino da história da humanidade; e esta mulher de coragem que não pensou em si, mas na sua pátria de adopção, a Áustria e sobretudo num bem maior que é a humandade apenas leva uma medalha de mérito infeiror até em graduação a uma medalha de bravura dos bombeiros.

Bolas para tanta ingratidão são capazes de dar as maiores ordens honoríficas do país a qualquer monte de esterco que esteja a estragar o mundo, mas a uma mulher corajosa e única no seu tempo não querem da a Ordem da Liberdade a uma cidadão digna do nome de "cidadã" que enfrentou o maior inimigo da humanidade dos últimos 300 anos; não me venham com tretas, esta atitude ingrata mostra a noção de valores da república que apenas premeia o mérito daqueles que lhes convém esquecendo a coragem, a liberdade e altruísmo de grandes homens e grandes mulheres de todos os quadrantes sociais e Dona Maria Adelaide quando questionada sobre o que é ser parte da resistência austríaca contra os nazis responde assim: foi uma reacção natural com algo com que não concordava. Era-lhe impossível viver num mundo assim.

Talvez se tenham lembrado de Dona Maria Adelaide por passar a barreira dos 100 anos e que seria algo desprestigiante para repúblca ignorar esta heroina de guerr que é apenas mais uma de uma míriade de esquecidos pela república, mas já que Dona Maria Adelaide lutou contra a real incarnação do Mal mais Malévolo que houve no século XX da Era de Cristo; o mínimo seria a Ordem da Liberdade e nunca uma ordem de tão baixo valor como a Ordem de Mérito; é incrível como são capazes de uma infâmia destas, quando chegaram a dar a Ordem de Cristo a Sacana Lopes, que país triste e ingrato é Portugal que nunca quer reconhecer os seus verdadeiros heróis; sublinhe-se que a actividade humanitária de Dona Maria Adeliade, Infanta de Bragança, não se limitou apenas aos tempos da II Guerra tendo também desenvolvdo obras de protecção social na margem sul do Tejo onde através quer da Fundação Nun'Alvares, exinta após o 25 de Abril, como em nome próprio ajudou várias pessoas de forma discreta sem ser preciso se gabar que ajudou, quem sabe seguindo o preceito do Alcorão que defende que a melhor esmola é aquela que é dada de forma a quem só quem recebe e quem dá é que sabem da existência da esmola além de Deus em si como omnipresente; e embora Dona Maria Adelaide reconheça mérito em Salazar por esse ter sanado as contas do país mas esteve sempre contras os métodos usados por este e muito provavelmente está contra o Sr. Coelho e a sua pandilha

E ficam as minhas perguntas de sempre: Para quê tanta ingratidão ? Quem é para esta república um herói ? Quando a ingratidão acaba ? Quem manda nesta coisa das ordens honoríficas ? Será que se ser filho da mãe tem mais mérito em Portugal ? Para que nos serve a república e o seu presidente ? Porque nunca é reconhecida ou raramente reconhecida a obra de portugueses e portuguesas quando estes são vivos ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 22:47
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: I Want It All, I Want To Break Free, We Will Rock You- Queen
15
Nov 11

A selecção naconal conseguiu mais uma qualificação para um europeu de futebol, facto que seria vulgar se não fosse o facto de tal como na qualificação para o mítico Euro 1984 ter havido uma mudança de seleccionador mesmo com a qualificação começada, mas ao contrário do que aconteceu com Mestre Otto Glória que saiu por causa da copiosa goleada sofrida pela equipa nacional da altura aos pés da temida União Soviética que depois viria a cair em pleno inferno do Estádio da Luz (ainda o antigo) levando a que portugal conseguisse por uma França inteira tremer, mas na luz o senhor do banco era outro, era o Grande Fernando Cabrita.

Com esta qualificação quase que se passou o mesmo, mas desta não houve nenhuma humilhante goleada em jogos oficiais, aliás as únicas goleadas que houveram na era do Traidor Queiroz foi os 6-2 que comemos do Brasil e os 7 secos com que despachamos a Coreia do Norte no mundial da África do Sul do qual saimos sem muta glória após tendo sido eliminados pela Espanha nos oitavos de final, a mesma Espanha que no fim acabou por ser campeã do mundo, mas apesar de ter sido o melhor mundial português fora da Europa, o ambiente não era dos melhores na selecção, mas mesmo assim Queiroz continuou até acontecerem dois jogos desastrosos uma derrota com a Dinamarca e um empate com Chipre que depois se soube aquela ainda mal contada dos palavrões ditos em relação a mãe do chefe do Instituto ou Autoridade Anti-dopagem que depois dos desastrosos resultados logo ao início da qualificação e que provocaram a ida ao play-off com a Bósnia-Herzgovina.

Todavia, aquele grupo de jogadores meio heterógeno que depressa ganhou o nome de Geração de Ouro ou mais recentemente Geração Scolari, foi muito mais forte que isto e apesar de ter tido um pequeno grande tropeção no final da fase de grupos da qualificação para o Euro 2012 entrou para play-off algo com o coração ao pé da boca porque não se sabia o que o sorteio iria dar e deu de novo tal como há dois anos atrás também num play-off mas desta vez tinha sido para o mundial, os senhores do costume, a Bósnia, mas ao contrário da eliminatória de acesso ao mundial que foi pontuada por duas mui suadas vitórias pela margem mínima, desta a vez a música tocou de maneira um pouco diferente porque até um dos palcos foi diferente.

Porque apesar de se ter jogado no mesmo estádio na Bósnia que se jogou há dois anos, o relvado estava pior do que nunca,  numas condições que nem uma pista de corta-mato no Inverno ou no Outono apresenta, mas mesmo assim o Sr. árbitro internacional Howard Webb deu autorização para que se jogasse um jogo pachorrento sem qualquer motivo de interesse a não ser as provocações àquele jogador que cada vez mais é o verdadeiro regresso do mago Eusébio embora noutro corpo e com um talento que junta, Cruyff, Eusébio, Pelé, Maradona e Ruminnige na mesma pessoa e que merece ou faz por merecer todos os troféus individuais que lhe possam atribur faltando apenas um ou dois títulos pela selecção porque de resto aquela alma já ganhou tudo a que tinha direito e que mereceu.

Mas a conquista de hoje não foi apenas do novo Eusébio ou novo Pelé, mas sm de uma selecção bem formada, relativamente disciplinada e com um treinador/seleccionador que segue a mesma filosofia de jogo de Mestre Scolari "ou estão comigo ou contra mim" não contanto quaisquer títulos ou anos de selecção mas sim habilidade, talento, espírito de equipa  e mestria na arte de tratar a bola e neste quesito, Paulo Bento fez as escolhas acertadas dentro do que tinha disponível abatendo a lista possíveis lesões ou castigos e para escolher os 23 eleitos, Paulo Bento nem vai ter muito trabalho porque ele sempre manteve o mesmo grupo de trabalho fazendo uma ou outra alteração pontual.

Por isso digo o seguinte: MUITOS PARABÉNS SELECÇÃO DE FUTEBOL MASCULINO DE PORTUGAL AO MENOS VOCÊS HONREM O NOME DO PAÍS.

Desta vez não deixo perguntas, apenas o pedido de sempre para lerem, comentarem e divulgarem

publicado por tron às 23:36
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: We Are The Champions - Queen
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
blogs SAPO