Reportagens de Critica Investigação e Opinião
REPORTGENS, CRÍTICAS E INVESTIGAÇÕES DO CYBER-RERPORTER + SECRETO DO MUNDO Blog Nacionalista e Monárquico (UM AVISO: AQUI NÃO VAI ENTRAR O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO BLOG MONÁRQUICO E NACIONALISTA)
12
Out 17

A saga do busto roubado do escritor inca Gracilaso de La Vega continua na freguesia de Arroios.

Apesar de me ter mudado para outro lado da cidade de armas e bagagens, ontem tive que ir resolver um assunto nas proximidades do Campo dos Mártires da Pátria ou Campo de Santana e qual o meu não-espanto ao ver que ainda não resolveram o acto de vandalismo que foi o roubo do busto do escritor peruano de origem inca Gracilaso de La Vega.

O pilar continua vazio e com claros sinais de vandalismo e de roubo do mesmo busto que la estava desde 1984 e algum idiota roubou para vender como sucata ou colocar em alguma floreira de um gosto demasiado kitsch para ser considerado de bom gosto e nem um busto de gesso meteram para substituir o busto de bronze que foi roubado e enquanto isto, a presidente de junta de Arroios mostra mais interesse em festas de origem asiática do que nos ícones culturais da junta mesmo que estes já façam parte da mesma, mesmo quando a junta da Pena era uma freguesia independente.

Esta situação numa cidade que tem como seu ópio o turismo é para além de péssima e assim se mostra a incompetência dos autarcas que temos, sobretudo os que são escolhidos da área da Gerigonça porque as colheitas mais recentes não têm sido das mais famosas e têm sido piores do que colheitas de vinho em anos de seca ou algo parecido.

Este caso do busto não é caso único na junta de Arroios em termos de incompetência, é apenas mais um de entre muitos e ainda por cima foram escolher mesma gestão para mais quatro anos, o que prova que os eleitores da junta em questão ou são idiotas ou então são masoquistas e como um amigo meu brasileiro me ensinou uma vez: "Cada um tem o governo que merece, pois que o escolheu numa eleição" e esta frase é terrivelmente assertiva nestas eleições municipais.

 Já postei fotos aqui e no Facebook da situação e cheguei ao ponto de me fartar postar fotos de uma situação que ninguém vai resolver ou está com vontade de resolver porque a preocupação e a presente  presidente da junta de Arroios tem outras preocupações como fazer publicações para as minorias ou festivais alternativos em vez de corrigir as feridas da junta; enfim o normal.

Nem vou acrescentar muito mais a este artigo a não ser uma pergunta: Quando é que esta situação está resolvida?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 01:23
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Crazy Train - Ozzy Osbourne
24
Jul 17

Há coisa de um mês aproximadamente reparei que o busto de Gracilaso de la Vega - O Inca, tinha sido cortada do pilar onde se encontrava desde da sua construção em 1984 no final do segundo mandato de Nuno Krus Abecassis como edil de Lisboa e na sua saga para haver uma união de cidades em que cultura latina fosse o ponto de união entre as várias cidades.

Desde então têm passado vários edis pela CML e vários presidentes de junta de freguesia, tanto na extinta J.F. da Pena como agora na união de freguesias de Arroios onde desde do início da actual edilidade tem sido dirigida por Margarida Martins, antiga figura maior da ONG Abraço.

Embora o busto de Catarina de Bragança (Esposa de Carlos II de Inglaterra) tenha tido o seu busto retirado para manutenção e limpeza e tenha sido reposto alguns meses depois, no caso do busto de Gracilaso de la Vega, que era de bronze maciço, ao contrário do busto de Catarina de Bragança que era feito numa espécie de rede metálica e o busto do escritor barroco peruano de origem hispano-inca era de bronze maciço e nota-se numa foto que tirei de lado que o busto foi arrancado e não cortado de forma linear como fizeram com o busto de Catarina de Bragança.

Não sei quem fez isto ou se com sorte retiraram o busto de O Inca para uma possível manutenção (o que sinceramente duvido) porque o tronco que estava a entrada do jardim do Campo dos Mártires da Pátria está em avançado estado de decomposição e ninguém faz nada para pelo menos reconsttruir a mensagem lá escrita ou colocar um novo tronco com a mesma inscrição mas com tratamento contra decomposição.

Vos vou postar aqui as fotos e aguardo a vossa opinião, mas deixo apenas uma pergunta:

Aonde foi parar o busto de Gracilaso de la Vega - El Inca?

 

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

 

 

 

IMG_20170724_113109.jpg

 

 

 

 

 

 

 

IMG_20170724_113121.jpg

 

 

 

publicado por tron às 17:17
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Lisboa não Sejas Francesa - Amália Rodrigues
08
Ago 15

Os recentes cartazes de propaganda do Partido Socialista estão longe de serem pacíficos e têm agitado mais as águas do que um qualquer temporal de Inverno porque abusa da imagem das pessoas fotografadas como estas estivessem desempregadas, quando não estão e nos cartazes a mensagem diz que estão desempregadas desde do tempo em que o preso nº44 era o Führer de Portugal.

Estes cartazes devem ser das poucas vezes em que os socialistas dizem a verdade porque a verdade foi esta: Portugal entrou na fossa quando Sócrates era Führer de Portugal e ninguém o pode negar porque se formos a ver o Índice de Desenvolvimento Humano não é preciso ser um génio para se concluir que o desgoverno do preso nº44 foi nefasto para a nação porque antes dele subir ao poleiro, Portugal era o 22º país mais desenvolvido do mundo e quando o preso nº44 saiu do poleiro éramos o 48º mais desenvolvido do mundo estando perto de países como Angola ou o Brasil e esta queda já dá que pensar.

As pessoas que foram usadas nos cartazes são trabalhadores da Junta de Freguesia de Arroios que é gerida pela independente eleita pelos socialistas nas mais recentes eleições municipais, Margarida Martins e que foi dirigentes da Associação Abraço.

Acontece que os funcionários da mesma junta de freguesia estavam de facto no desemprego, mas prescindiram do subsídio de desemprego para estarem a trabalhar a recibos verdes para uma autarquia socialista quando o mesmo PS contesta o uso de recibos verdes nas autarquias e para cúmulo da infâmia associação citações cujas pessoas fotgrafadas nunca disseram e que não autorizaram o uso das mesmas fotos em propaganda eleitoral e para ajudar a festa a presidente da JF de Arroios diz nada ter a ver com o que foi feito com as fotografias que foram tiradas aos seus funcionários.

Esta cena dos cartazes dá muito que pensar naquilo que os socialistas podem ser capazes para voltarem ao poder e por consequência afundar ainda mais Portugal num lodaçal do qual não vamos saber quando é que vamos sair porque cada dia que passa noto que a situação está pior e não é com esta oposição socialista que faz cartazes que por um lado diz a verdadporque diz que foi nos tempos de Sócrates que Portugal se afundou e por outro lado cola frases a pessoas que nunca as disseram, as mesmas pessoas que nunca autorizaram o uso da sua imagem para propaganda eleitoral.

E ficam as minhas perguntas de sempre: Que palhaçada foi esta ? Aonde para o respeito pela pessoa alheia ? Como é possível a JF de Arroios não saber nada ? Quem é o responsavel por esta coisa triste ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 22:07
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Death on Two Legs - Queen
04
Abr 14

Gostava de saber o que a senhora Margarida Martins está a fazer nestes meses que está a frente dos destinos da nova junta de freguesia de São Jorge de Arroios e o que o senhor António Costa para ainda não terem tapado este buraco que está ainda na Rua Jacinto Marto logo abaixo do muro do Hospital Dona Estefânia....

 

 

 

 

 

 

 

 

 

tirada no Inverno depois das chuvas
foto do mesmo buraco tirada há poucos dias.....
Gostava de saber o que os socialistas estão a fazer à frente dos destinos da maior edilidade da nação se nada de jeito é feito e nem os buracos tapam e nem sei como ainda foram votar neles....
E assim vai a a Lisboa das sardinhas, do fado e dos pastéis de nata
Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 23:55
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Esta Lisboa que Eu Amo - Simone de Oliveira
12
Mar 14

A zona da nova freguesia de S. Jorge de Arroios tem mais buracos nos passeios do que rede de pescador e hoje descobri mais um.

 

 

 

Desta vez foi na Avenida dos Defensores de Chaves e este buraco fica perto do Clube Naval de Lisboa e perto de um restaurante requintado e de uma loja do Continente Bom Dia

 

 

 

publicado por tron às 23:55
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Cheira Bem, Cheira a Lisboa - Anita Guerreiro
16
Fev 14



Na Rua Jacinta Marto, em Lisboa; logo abaixo do Hospital da Estefânia

publicado por tron às 23:55
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Black Rain - Ozzy Osbourne
08
Fev 14

 

De novo o buraco na porta junto ao falecido Centro Comercial If.. na Rua Dona Estefânia... o buraco ficou mais fundo

publicado por tron às 23:48
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Lisboa - Tara Perdida feat. Tim
28
Jan 14

Ambas as fotos foram tiradas na área da nova freguesia de S. Jorge de Arroios cuja presidente é a socialista e antiga presidente da associação Abraço: Margarida Martins

 

 

 

 

Foto tirada na Rua Dona Estefânia, mesmo na entrada nas antigas instalções do "Drugstore" (aka. mini-centro comercial) If...
Foto tirada na Rua Antero de Quental do lado esquerdo no sentido de quem desce a rua ou de uma forma mais simples do lado onde fica a sede das Irmãs Oblatas
Já não é a primeira vez que toco na ferida da negligência em que a área da junta de São Jorge de Arroios está entregue e nnguém faz nada.... não consigo compreender esta situação e espero que haja alguém capaz de a resolver porque tenho receio de alguém se aleijar com tantos buracos e há coisa de 2 ou 3 anos parti um tornezelo na Antero de Quental por falhas no revistimento da faixa de rodagem e pelo visto poderia ter mudado a presidência na junta, mas a calancice continua a mesma.

publicado por tron às 23:55
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Cheira Bem, Cheira a Lisboa - Anita Guerreiro
29
Nov 13

Mais um buraco deixado na Rua Escola do Exército do lado onde não existe qualquer candeeiro ou outra qualquer forma de iluminação nocturna.... de facto cada vez estamos pior em Lisboa..... bem pelo menos tenho a consciência limpa que não votei na presente edilidade de Lisboa

 

 

 

 

publicado por tron às 23:50
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Esta Cidade - Xutos & Pontapés
24
Nov 13

Este artigo era para ter sido feito ontem, mas a minha saúde me pregou uma peça e este artigo que é baseado num trabalho de campo, ou seja, em algo que vi com os meus olhos teve que ser feito hoje, mas mais vale tarde do que nunca para estes casos e que mostram que existe muita incompetência nos vários poderes políticos da república tanto a nível nacional como a nível local.

Ontem tive que sair de casa apesar do frio sovietico-glacial que se faz sentir em Lisboa, mas quando as coisas têm que ser têm que ser mesmo e ontem foi daqueles dias e quando me pus a caminho das mnhas coisinhas quase sempre de fones metidos nos ouvidos, mas ontem não deu para tal porque uma chata e insuportável crise de enxaquecas, mas que não me impediu de fazer o que queria e nestas voltas encontrei mais um cancro para a zona entre o Areeiro e o Martim Moniz que é o aparecer de outro sub-flagelo dentro do flagelo da droga que é o aparecimento da droga conhecida como crack.

Esta droga derivada da cocaína é a mais viciante das chamadas drogas ilegais ou pelo menos uma das mais viciante senão mesmo a mais viciante das drogas além de ser das mas baratas.

Nos meus tempos de pirralho e depois de aluno de liceu ouvi muito falar na erva ou ganza e mais raramente no cavalo ou heroína ou mesmo na cocaína como vícios de eleição da zona do eixo Areeiro - Martim Moniz, sobretudo no Intendente, mas nunca em crack; mas acontece que passei pela Rua Antero de Quental e junto as casas de banho públicas ali existentes vi um grupo que estava a traficar em pleno dia crack e ainda deixaram cair umas quantas pedras que apanharam e logo depois começaram a consumir. Consumo o qual se tornou flagelo crónico da área, obrigando as pessoas terem que mudar de passeio para nem terem que suportar com o cheiro da droga e nem ver o espectáculo degradante que é ver um ser humano se matar de um forma lenta e dolorosa por causa de um vício que praticamente não tem cura, um verdadeiro caminho sem retorno, um beco sem qualquer saída.

Este maldito vício que começou como algo de episódico na zona, nos tempos mais recentes deixou de ser episódico e transformou num verdadeiro pesadelo nos meses mas recentes e para cúmulo, não vejo ninguém a fazer seja o que for para reduzir ou mesmo exterminar este pesadelo e ainda por cima com a nova presidente de Junta de Freguesia de S. Jorge de Arroios que é o resultado da fusão das Juntas de Nossa Senhora da Pena, Nossa Senhora dos Anjos e São Jorge de Arroios; Margarida Martins, conhecida por ter sido presidente da Associação Abraço parece nada fazer ou pelo menos não o mostra para acabar com este pesadelo que parece crescer todos os dias sem que ninguém o trave, aumentando ainda mais a marginalidade crónica desta verdadeira favela no centro de Lisboa que é a zona dos Anjos.

Morei e criei boa parte deste recanto dos blogs do sapo quando morei na zona dos Anjos e nunca vi tanta droga como agora, apesar de não morar lá mais, mas tenho que passar pela zona dos Anjos e fico doente e raivoso de ver como uma zona conhecida por ser estupidamente central e ter tudo ao pé ou no máximo a duas horas de caminho pedonal, está cada vez mais a se tornar numa franquia do Casal Ventoso ou da Cova da Moura sem que ninguém o evite.

E ficam as minhas perguntas: Quando é que o pesadelo da droga acaba ? Quando é que o pesadelo da droga sai de Lisboa ? Como foi possível a zona dos Anjos chegar ao ponto que chegou ? Como é possível ninguém fazer nada ? Como é possível Margarida Martins ficar calada ? Afinal para que foi eleita ? O que pode ser feito para este pesadelo acabar ? Será preciso usar métodos extremos para resolver este problema ? Quem o pode resolver ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 22:35
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Death On Two Legs - Queen
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
blogs SAPO