Reportagens de Critica Investigação e Opinião
REPORTGENS, CRÍTICAS E INVESTIGAÇÕES DO CYBER-RERPORTER + SECRETO DO MUNDO Blog Nacionalista e Monárquico (UM AVISO: AQUI NÃO VAI ENTRAR O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO BLOG MONÁRQUICO E NACIONALISTA)
14
Mai 17

Confesso que não vou muito a bola com a música apresentada por Salvador Sobral, representante de Portugal na Eurovisão, mas é o meu país, é a minha nação e tenho que o apoiar e tinha que apoiar ontem.

Mas tirando este dever nacional comecei a sentir que algo ia acontecer quando a canção "Amar pelos Dois" começou a viralizar pela Europa toda, sobretudo na escolas dos países que estão dentro do grupo dos Big 4 da Eurovisão e eu pensei, "alto e para o baile" que algo vai acontecer neste V Império e de facto ao ver as meias-finais vi que a nossa canção era diferente de todas as outras e que algo de bom poderia resultar da exibição de Salvador Sobral.

Ontem deu-me para ver o Eurofestival, sem grandes expectativas e fui vendo as várias canções e esperei pelas votações: primeiro a do júri, depois a do televoto (esta sim decisiva) e comecei a ver Portugal a acumular pontuações máximas (12 pontos) umas atrás das outras e a conseguir pontos de praticamente de todos os júris que poderiam votar em Portugal e quando chegou-se ao fim Portugal levava mais de 100 pontos sobre a Bulgária e comecei a sentir o mesmo nervo que senti na final do Euro 2016.

E começaram a sair as votações do televoto e comecei a ver que as pontuações mais fracas iam para outras nações que não Portugal e comecei a sentir que íamos matar o borrego e que desta vez é que seria a vitória de Portugal e por tabela do V Império que não é um império de submissão, mas sim um império de partilha cultural e de sentimentos.

E quando vi a conquista de Salvador Sobral fiquei alegre e fiquei numa espécie de nuvem ou numa viagem que eu não queria que acabasse de forma nenhuma e acordei hoje ainda a pensar que estava num sonho doce de conquista nacional que sempre nos fugiu devido a politiquice dos júris de cada nação que agiam numa de troca de favores em vez de escolherem as melhores músicas ou as músicas que fossem diferentes e ao mesmo tempo boas e que as houve mas raramente ganhavam.

 

Apenas me resta dizer uma coisa:

 

 

Obrigado e Parabéns Salvador Sobral

 

Será que ganhamos a Eurovisão?

 

publicado por tron às 21:27
|  O que é? | favorito
27
Jul 16

Ontem nos destaques do Sapo Blogs vinha uma sugestão de assunto que era a ressaca do Euro 2016 realizado em França e onde Portugal conseguiu o seu melhor resultado de futebol de todos os tempos (até agora) que foi a conquista do título de campeão europeu em seniores pela primeira vez em mais de 100 anos de futebol federado em Portugal o que é de louvar porque não foi uma equipa de grandes figuras a conseguir o feito (em 2004 tínhamos grandes figuras e no fim nada levamos) e fui uma equipa focada no jogo em bloco e numa forma atípica de jogar futebol em Portugal muito centrada num certo cinismo tirado do catenaccio italiano.

Estatisticamente foi a selecção que ganhou um europeu de futebol com menor número de pontos conquistados, mas este menor´pontuaçãpo não tira mérito a conquista lusitana que foi uma centelha de alegria num país que passa o tempo sempre de cabeça em baixo devido aos políticos incompetentes que nos dirigem, mas há um intelectual brasileiro que disse uma vez que nação tem o governo que merece porque foi o povo que o escolheu e assim aconteceu em Portugal e por todos os recantos onde há uma democracia mais ou menos clara.

Foi o maior ajuntamento humano nas ruas de Lisboa desde do 25 de Abril ou do primeiro 1º de Maio depois da revolução dos Cravos, e foi ao mesmo tempo um ganhar de auto-estima nacional que nos faz pensar que podemos ser mais do que fado, sol e praias e foi uma alegria que não conseigo descrever, sei que na final não parava sentado, sobretudo no prolongamento e depois ao ver os Patrícios 2.0 a tomar conta do jogo comecei a cantarolar o referão da música Força de Nelly Furtado e comi um frasco de termoços do Lidl e fartei-me de mastigar pastilhas.

Quando começou o tempo extra mais pastilhas foram mastigadas e eu andava de um lado para o outro a roer unhas e a cantarolar e ninguém me sossegava, nem a minha mulher e depois aconteceu o primeiro momento mágico daquela noite que foi o golo de Eder e o resto foi ver História a ser escrita e no dia seguinte ver a recepção dos campeões da Europa que o mereceram ser.

Mal estávamos refeitos de uma festa e começou o Europeu de Hóquei em Patins, modalidade desportiva que antes fazia parte dos noticiários desportivos e agora tem menos atenção do que o hipismo ou os rallies, e este Euro de Hóquei tinha um certo sabor diferente porque seria o primeiro a ser disputado no esquema de grupos de apuramento antes das eliminatórias subsituindo o modelo anterior de pontos corridos dado a jogos que eram jogados em anti-jogo ou com beneficiadas com empates dos adversários como foi há dois anos a Itália que ganhou o caneco graças a um empate no clássico dos clássicos do hóquei em patins: Portugal - Espanha.

Foram 18 anos de espera e foi na mesma cidade que acolheu o último mundial conquistado por Portugal em 2003, Oliveira de Azeméis e que também fez a festa da conquista do Euro de hóquei frente á Itália com um pesado resultado 6-2 a favor dos lusitanos, mas como quase ninguém liga um chavelho ao hóquei ninguém veio para Belém para receber os campeões europeus que fecharam com chave de ouro uma época grandiosa para o hóquei em patins lusitano onde os clubes ganharam as taças europeias sem qualquer contestação e a selecção seguiu o mesmo exemplo onde aplicou sempre goleadas incluindo aos crónicos adversários como Itália e Espanha que foram despachadas por 6-1 cada uma e não me lembro na minha vida ver os maiores rivais de Portugal levarem tal tratamento de Portugal.

Antes de acabar volto ao futebol e como em Setembro começa a qualificação da zona europeia para o mundial de futebol de 2008 que vai ser realizado na Rússia e temos que pensar que vamos entrar na qualificação apenas para aparecer na terra dos Czares por aparecer; temos que nos qualificar porque somos campeões europeus em título e favoritos a sermos campeões do mundo e esta é a realidade por muito parva que possa ser e em relação a hóquei o mesmo se aplica porque este conjunto escolhido pelo Professor Luís Séneca que levou o Benfica a quebrar com o domínio do FCP e ao mesmo tempo deu a primeira liga dos campeões ao Benfica tem tudo para quebrar este jejum que já dura desde 2013.

Desta vez sem perguntas, apenas vos peço para lerem, comentarem e divulgarem

 

publicado por tron às 23:36
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Como uma Força - Nelly Furtado; We Are The Champions - Queen , A Minha Casinha - Xutos & Pontapés
16
Jul 16

A vingança é um prato que se serve frio e normalmente é um prato bem doce sobretudo no desporto e a final de dia 10 de Julho, foi a prova desta doçura que quase sempre a vingança executada na altura certa esconde, mas esta vigança de 10 de Julho não foi fácil e não foram poucas as chances em que esta vingança seria gorada e luta dos Patrícios 2.0 seria em vão.

 Mas neste primeiro europeu de futebol com 24 nações se sabia logo a cabeça que não seria como os outros seja para o bem ou para mal e com o apuramento de três naçoes do Pote 5 dos sorteios das qualificações: Albânia, Islândia e Irlanda do Norte e outra do Pote 4: País de Gales que algo poderia acontecer e quando vi o alinhamento dos grupos disse a um vizinho meu que parecia que o sorteio tinha sido feito a medida para que a final fosse um Portugal - França; bem pelo visto acertei quando se chegou ao final da fase de grupos.

Esta final em parte desejada para que se batasse este borrrego das meias finais perdidas para a França sobretudo em Europeus e para dar a provar aos franceses o gosto do veneno que nos fizeram engolir em 1984 e 2000 e pagarem pelo gozo que tiveram quando a Grécia nos ganhou o nosso Euro no Estádio da Luz.

Está claro que não me caiu no goto esta qualificação para o mata-mata só com empates e o facto de Portugal só ter ganho um único jogo dentro dos 90 minutos que foi a meia-final com o País de Gales, mas o facto é que estávamos na final com um nossos arqui-inimigos em termos desportivos e em especial no futebol de seu nome França e quando se chega a este ponto num torneio de futebol todos os resultados são possíveis embora se soubesse que a França iria ser levada ao colinho.

E assim foi; Portugal entrou com medo e a França qual cão raivoso sentiu este medo e enconstou Portugal as cordas desde início havendo uma pressão terrível dos franceses que iam abrindo brechas nas linhas recuadas dos Patrícios 2.0 todavia Rui Patrício foi imperial nas redes lusas e nada lá entrou, mas na primeira parte tivemos o golpe de teatro que marcou o jogo pela negativa quando o jogador francês dá uma entrada por trás em cheio no joelho esquerdo de Cristiano Ronaldo e ainda nem tínhamos chegado aos dez minutos de jogo que colocou o capitão português fora da partida no minuto 25, mas que o árbitro fechou os olhos.

Com o passar do tempo Portugal foi ganhando coragem foi começando a ganhar domínio territorial aos franceses e ainda dentro dos 90 minutos, mais um penalty roubado a Portugal e no último minuto dos descontos os franceses falharam um golo feito e depois fomos para os 30 minutos do tempo extra, coisa que Portugal só não tinha feito na fase de grupos e contra os galeses.

E nos trinta minutos da nossa glória a França começou a perder a pilha e um um herói improvável começou a aparecer a incomodar a defesa francesa de uma forma cada vez mais sistemática e mais perigosa e a França apenas era no prolongamento uma pálida imagem da equipa que foi nos 90 minutos regulamentares e com esta França sem pilhas, Portugal que vinha aos poucos a ganhar as rédeas do jogo aos franceses, agarrou-as de forma derradeira e definitiva.

Neste jogo de emoções, e de muitos tremoços comidos e unhas roídas, o momento mágico que elevou os 23 escolhidos de Fernando Santos para a eternidade surgiu no minuto 109, quando Éder, o verdadeiro patinho feio da selecção marcou o golo da nossa maior alegria e de uma vingança que já estava na hora de cobrar de uma forma que fez a lembrar a maneira de chutar do Pantera Negra que foi o talismã dos Eternos Patrícios 2.0 que deram uma grande alegria num breve momento, este breve momento que nos fez esquecer a crise e os políticos corruptos e inúteis que nos roubam a auto-estima e a alegria de viver.

Esta vitória nacional nos fez sonhar que Portugal está a caminho de ser um país grande, com uma grande auto-estima e alegria de viver e fiquei pasmado, mas não surpreendido com a festa feita em todos os recantos onde houvesse portugueses, mas sobretudo nas antigas províncias ultramarinas onde a festa foi generalizada mesmo por aqueles que nunca falaram a língua de Camões como em Malaca ou os chineses de Macau e esta festa lusa transcontinental é o verdadeiro V Império que falava o Padre António Vieira e Fernando Pessoa.

 

 

Fica o marcador

 

 

Portugal 1 (Éder 109') - França 0

 

 

 

Parabéns Heróis

 

 

e ainda deixo três músicas dedicadas aos heróis

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por tron às 18:45
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Como uma Força - Nelly Furtado; We Are The Champions - Queen
11
Jun 16

Começou ontem mais um europeu de futebol com a presença de Portugal num grupo relativamente acessível. Este mesmo europeu vai ser realizado em França, no mesmo país onde uma selecção de pé descalços deslumbrou a Europa do futebol e fez tremer os donos da casa numa meia-final épica no distante ano de 1984 onde Portugal foi o Patrício Romano Gigante nas terras de Asterix.

Espero que Portugal tenha uma exibição digna dos seus créditos individuais porque já não somos a selecção de pé descalço de 1984 e temos nas nossas fileiras o melhor do mundo para onde todos os olhos apontam. Aliás estes 23 escolhidos por Fernando Santos pelo que fizeram durante a época futebolística tem tudo para ser a fina flor do futebol nacional e comerem a relva em França e darem algumas alegrias a nossa nação que nos tempos mais recentes só tem razões para chorar do que para festejar.

Muito se fala nas redes sociais sobre o valor monetário em si da selecção nacional que supera em muito o valor do elenco escolhido por Cabrita em 1984 e este enorme público feito de 11 milhões de almas fora os que estão espalhados pelo globo são os maiores escrutinadores desta equipa de meninos ricos que todos nós esperamos ser a equipa dos meninos de oiro que vão tomar a França de Napoleão.

 Portugal não se pode queixar de falta de apoio porque o vai ter, mas se não ter tino vai desiludir uma tribo de milhões espalhados pelo globo e que depositam muita esperança numa das poucas coisas que podem dar auto-estima a uma nação que é todos os dias vilipendiada pleo poder político e que anda todos os dias a chorar as suas mágoas pelas paredes das redes sociais e que pelo menos na bola esta nação que deu novos mundos ao mundo seja maior que todos as nações e mostre que Portugal Grande no futebol não foi só nos tempos de Eusébio....

 

 

Vos deixo o video motivacional que se tornou viral e que espero que tenha sido visto pela selecção nacional em França

 

 

 

 

 

publicado por tron às 15:54
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Força - Nelly Furtado; Brava Dança dos Heróis - Heróis do Mar
30
Dez 15

O caso desesperante de um explorador pecuário da zona do alto Minho saltou hoje para os telejornais de todas as cadeias televisivas quando se soube que as suas explorações estão sob sequestro sanitário e por isso não pode nem vender nem comprar gado e a conta disto não pode comprar rações nem por o gado a pastar e por isso mesmo tem visto as suas cabeças de gado a morrer de fome ou as vê ser abatidas pela GNR para que o seu sofrimento acabe porque devido a falta de alimentos chegam a desenvolver doenças que em gado saudável não aconteceriam e os animais ficam ao ponto que só os abatendo é que deixam de sofrer.

O mesmo criador fala que este sequestro foi decretado, não por ter gado doente, mas sim por perseguição pessoal ao mesmo produtor e a situação já fez com que o PAN, Partido dos Animais, tomasse a sua primeira medida útil desta legislatura e questionasse as autoridades respectivas e entretanto o ministério da Agricultura já se vai por em campo para a averiguar a situação.

Esta situação não parece ser digna de um país que se diz do primeiro mundo, mas quando um páis resolve punir alguém que admira de forma snoras as curvas de uma mulher com 3 anos de prisão, é lógico que não tem tempo para ver o que se passa com um produtor pecuário que não tem dinheiro para sobreviver e nem sequer tem dinheiro para comparar rações para as suas cabeças de gado e as vê serem abtidas pela GNR local para que deixem de sofrer e nada de imediato é feito nesta nação onde a sobrevivência do ser humano é colocada em segundo lugar por causa de um imposto sobre os sacos que é uma dupla taxação ou ainda por causa de uns assobios para uma mulher que são coisas muito mais importantes do que por pão em cima de uma mesa para um pobre mortal comer.

Omais grave é que este sequestro foi decretado há 4 anos e só agora é que acordaram para a situação e com esta maneira de ser dá para ver qual a utilidade das autoridades sanitárias em termos pecuários porque se deixam levar por conflitos pessoas e sobretudo a inutilidade de quem faz as nomeações porque tem uma tendência para escolher não pelo mérito, mas sim pelo cartão do partido político e no fim acontecem casos como este e vamos ver se não vão começar a aparecer mais casos extremos como estes e estou pessimista neste ponto porque quase que advinho que vão aparecer outros casos noutros pontos da nação, casos semelhantes a este e depois vamos ver qual vai ser a reacção das autoridade e dos partidos políticos porque das associações de protecção dos animais nem vale a pena falar.

E estas associações só mexem contra os animais em circos ou nas touradas porque de resto estão calados e nem sequer fazem uma subscrição pública para ajudar neste caso extremo causada por intrigas segundo a imprensa e que chegou a um ponto extrremo para o qual toda a ajuda é curta porque não são só os animais a morrerem de fome, bem como é uma pessoa que não consegue o seu ganha pão que é vender e comprar gado para ter dinheiro para sobreviver e estas mesmas associações, mostram com o seu silêncio, que ao fim das contas não servem para nada a não ser para uns quantos cromos aparecerem no Telejornal para serem figuras de momento, algo semelhante aos participantes dos reality shows que sem fazerem nada de especial, se tornam em figuras de momento.

Vamos ver se este homem com a exposição mediática que teve, vai ter alguma ajuda seja ela de privados ou do próprio governo para que esta situação alarmante seja por uma vez de toda resolvida e resolvida da melhor forma porque já chega de miséria em Portugal e estes casos é que merecem atenção e não uns piropos por cada vez que uma saia se levanta com a força do vento ou se alguém repara em algumas curvas mais pronunciadas.

Como sempre vos deixo as minhas perguntas: Quem vai ajudar este homem? Porque lhe fizeram o sequestro dos animais? Quem ganhou com isto? Há mais casos em Portugal semelhantes a este? O que pode ser feito para que estes casos sejam evitados?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 20:53
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Death on two legs (dedicated to ....) - Queen
07
Jan 15

Sou contra qualquer espécie de fanatismo apesar de ser nacionalista e ver que em Portugal certas etnias ou raças têm melhor atendimento em alguns serviços do que outras apesar de também serem humanos como  os outros; mas não é sobre o apartheid português; mas sim sobre o crime acontecido hoje em Paris, França e que está a chocar o mundo inteiro até os muçulmanos e que além de ir contra as leis corânicas serve de fermento para o bolo que vai ser a vitória da Frente Nacional nas eleições gerais francesas deste ano da graça do Senhor de 2015.

Um grupo constituído por três terroristas islámicos, dois deles de nacionalidade francesa e outro que não se sabe ainda a nacionalidade assasssinaram 12 pessoas num atentado feito contra o jornal satírico Charlie Hebdo e dentro destas 12 vítimas estão o corpo editorial do jornal e dois polícias, mas são seres humanos e filhos de Deus e apenas Deus tem o direito de tirar a vida e isto vem decretado no Sagrado Alcorão e os três animais que são apenas mais uns quantos esbirros da verdadeira besta bíblica que se urge combater.

Pelo que se sabe um dos suspeitos já se entregou as autoridades e outros dois estão ainda a monte e as autoridades francesas temem vinganças e represálias contra este massacre e ainda antes do encerramento da edição deste artigo os outros dois suspeitos não foram ainda apanhados e depois não comecem a estranhar que muitas nações na Europa comecem a ser islamofóbicas como a Noruega ou os movimentos extremistas comecem a ganhar votos sobretudo a conta da incompetência das autoridades actuais e não nos podemos esquecer que em Maio do presenter ano de 2015 há eleições gerais em França (assim como va haver no Outono'15 em Portugal) e este massacre é meio-caminho andado para que a Frente Nacional francesa ganhe as eleições gerais logo a primeira volta e o mais certo, é nós, portugueses começarmos a em far esta guinada mais a direita em vez de eleger o Edil com cheiro a açafrão manhoso como Führer de Portugal para felicidade geral da nação.

Mas voltando a vaca fria, algo que me deixa intrigado é como os assassinos do atentado ao Charlie Hebdo conseguiram obter uma AK-47 e um lança-rockets quase com a mesma facilidade que se compra um maço de tabaco ou 1 kilo de laranjas e quem financia esta verdadeira máfia religiosa que é a prostituta que vem montada na besta e este facto me deixa estupidamente intrigado.

Vamos ver se em Portugal não vão acontecer casos semelhantes, porque se acontecerem, algo tem que ser feito para defesa da nossa nação e não podemos julgar todos os islámicos como terroristas, sobretudo quando boa parte dos portugueses ditos puros têm costela moura, embora seja de bom tom se reforçar a vigilância e se querem saber quem poderão ser os financiadores de redes terroristas e vai a lista: lojas de chamadas e de serviços de comunicações propriedade de africanos nascidos na zona do golfo da Guiné que é um dos grandes núcleos islámicos e recrutamento de terroristas, lojas de artigos electrónicos que são propriedade de asiáticos de origem não-chinesa, as lojas de souvenires que aparecem na baixa de Lisboa, os astrólogos e curandeiros do estilo "professor Bambo" ou os restaurantes de kebab halal e de donner kebab.

Como podem ver o financiamento dos fundamentalistas está ao virar da esquina e é o nosso dever nacional não contribuir para que este vírus chamado terrorismo não se espalhe porque se espalhar obriga que sejam tomadas medidas de excepção como as que foram tomadas para que se acabasse com a segunda guerra mundial tal como controlo da emigração ou em casos extremos, campos de concentração ou medidas semelhantes e depois aí nem quero pensar onde vai desembocar.

E ficam as minhas perguntas: Se no Sagrado Alcorão diz para não matar, então porque matam em nome da religião ? Porque usam em vão a religião quando este mesmo uso é uma blasfémia grave ? Será que se tem que tomar medidas extremas para acabar com o germe chamado terrorismo ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 23:25
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Mr. Crowley - Ozzy Osbourne
08
Out 14

Porque meteram na rua a mim e ao meu afilhado que é deficiente mental porque pensam que eu sou o culpado da pensão onde sobrevivemos estar infestada de tudo que é pragas quando se anda pelos corredores e é só ver buracos no chão e estão a correr com aqueles que têm nos quartos que alugam como casa para não dormirem na rua e me deram até ao final do mês para achar alojamento.

Pelo que tenho visto querem transformar a pensão onde vivo, nu alojamento turístico e os outros que tentam não dormir na rua, vão ter que dormir na rua queiram ou não e assim se mostra como agora é o novo modo de ser das pensões onde querem lamber o cu aos turistas e se estão nas tintas para quem precisa.

Espero em breve ter novidades sobre este assunto em particular e quando arranjar espaço para viver quem me está agora a humilhar vai pagar pelo que me está a fazer.

Ah o local em questão é a Pensão Real da Rua da Palma que ainda deve estar nos arquivos do Correio da Manhã devido a um incêndio que aconteceu aqui em 2010

publicado por tron às 23:50
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Death on Two Legs - Queen
30
Ago 14

O volume 60 das músicas para o Verão 2014 é uma espécie de chapada com luva de veludo para um certo vereador da CML

 

 

 

 

O Inventor - Heróis do Mar

 

 

 

 

 

espero que seja do vosso agrado

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por tron às 23:59
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: O Inventor - Heróis do Mar
27
Ago 14

Câmara de Lisboa vai acabar com brasões das ex-colónias no jardim da Praça do Império

 

 

 

 

 

 

 

Autarquia diz que símbolos do antigo Ultramar estão "ultrapassados" e por isso decidiu retirá-los. Os restantes brasões vão manter-se.

 

 

 

 

 

 

 

(Fonte: Público)

 

 

 

 

 

Post-Scriptum: o ser humano que foi renegado do Bloco de Esquerda que dá pelo nome de Sá Fernandes e adora sempre dar nas vistas se esquece que sempre que há grande vitória desportiva, em especial no futebol e quando esta tem a cobretura devida, é mais comemorada nas antigas províncias ultramarinas do que em Portugal e não são precisos brasões no Ultramar para lembrar a ligação especial entre o Ultramar Português e Portugal e esta ligação é tão forte que até no mundial de hóquei do ano passado realizado em Angola, quando foi o jogo de abertura entre Angola e Portugal, quando foi para ser tocado o hino de Angola, foi tocado .... A Portuguesa e foi cantada pelos angolanos e pelos portugueses.

Está mesmo visto que a CML não passa de um circo ou mesmo de um hospício que apenas vive para os turistas ricos se esquecendo que o jardim de Belém onde estão os brasões é único no mundo e que atraí milhões de pessoas todo o ano.... enfim estupidez esquerdista.

publicado por tron às 23:47
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Brava Dança dos Heróis - Heróis do Mar
08
Ago 14

O banco central parece ter acordado do estado de hibernação que estava e resolveu congelar as contas de todos os administradores do Banco Espírito Santo porque o Banco de Portugal descobriu ligações "perigosas" entre a auditoria que está a ser feita ao BES e o respectivo corpo de administradores sejam eles executivos ou não e estas mesmas contas foram considerados activos tóxicos e passados para o novo BES em vez de terem sido passadas para o Novo Banco e estas contas se arriscam a não serem mais do que massa falida quando o BES for liquidado.

Lógico que os administradores visados com esta congelação não gostaram da atitude e vão processar o Banco de Portugal e têm a sua dose de razão porque contas semelhantes dos chamados clientes normais foram passados para o chamado Novo Banco e houve quem não tivesse esta sorte e bem que comem todos ou que não come ninguém e este caso dá que pensar na forma como a fiscalização bancária em Portugal não funciona com os parafusos todos, porque caso o funcionasse, em vez de congelar contas e arriscar o desagrado de um processo em tribunal deveria era de verificar a idonidade da firma de auditoria e se esta teria alguma ligação aos auditados, sobretudo pelo facto de esta mesma auditoria ser uma auditoria forense.

Está cada dia que passa mais visto que esta república e respectivas entidades andam podres ou perto disto e ninguém tem vontade de travar esta situação que seria sempre de evitar se Portuga fosse uma país desenvolvido e avançado como a Espanha ou o Brasil, mas acontece que nós somos mesmo o cu da Europa onde se passa o tempo a tratar das hemorróidas dos turistas com a língua, o povinho passa o tempo em estado de hipnose extrema com a Casa dos putedos Segredos , com as novelas aos montes e com os programas-estopada que passam durante quase toda a tarde e manhã e que não são mais do que bosta para encher chouriços e vão assim mantendo as massas dominadas como o Big Brother de Orwell que controlava as massas através da .... televisão que na novela do brilhante escritor britânico, servia não só para entreter as massas bem como para as vigiar e estas estavam obrigadas a ver certo tipos de programas e quem for esperto o suficiente pode ver que as proclamações de grandes audiências é uma forma descarada de jogar com o feitio e a mania dos portugueses de imitar tudo e assim controlando as massas que vêem dezenas de horas de novelas por dia; enfim Portugal.

Este congelamento seria evitável caso a fiscalização actuasse a sério; mas na república portuguesa, nesta cama cujo o colchão está cheio de percevejos e que cujos os políticos são como as fraldas dos bebés e têm que ser mudados pelo mesmo motivo por que se mudam as fraldas dos bebés nada de jeito é feito e esta tendência para a hipnose colectiva e para o desastre vai continuar até que alguém com poder dê o murro na mesa.

E ficam as minhas perguntas de sempre: Como é possível as coisas estarem assim ? Quem vai pagar esta treta toda ? Aonde param as entidades de fiscalização da banca ? Será que ainda se pode confiar na banca ? Do que vai adiantar este congelamento ? Com quem andam a brincar ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 23:27
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: 1406 - Mamonas Assassinas
Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
blogs SAPO