Reportagens de Critica Investigação e Opinião
REPORTGENS, CRÍTICAS E INVESTIGAÇÕES DO CYBER-RERPORTER + SECRETO DO MUNDO Blog Nacionalista e Monárquico (UM AVISO: AQUI NÃO VAI ENTRAR O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO BLOG MONÁRQUICO E NACIONALISTA)
22
Jul 17

O SIRESP falha, armas de guerra são roubadas de forma infantil do quartel de Tancos e ninguém assume responsabilidades e o Presidente do Conselho, o Führer António Costa não demite quem tem responsabilidades políticas e/ou hierarquicas nestes dois casos e tem demitido dirigentes públicos por coisas muito menos graves do que estes dois incidentes que mostram de forma pura e descarada a incompetência da Gerigonça.

Segundo o Jornal de Notícias este roubo serviu para ocultar falhas de inventário no mesmo arsenal de Tancos que segundo o diário tripeiro, o arsenal de Tancos tem faltas de material ainda antes deste roubo  e que este mesmo roubo serviu para ocultar estas falhas de material, mas o que ninguém explica é como os vários ministros da defesa deixaram que a situação do arsenal de Tancos chegasse a este ponto e ninguém assume a culpa nem se demite ou é julgado pelos seus erros.

Enfim e assim se mostra como em Portugal a culpa das grandes tragédias acaba sempre por morrer solteira e virgem e é apenas mais uma das muitas vezes em que a culpa morre solteira e virgem e neste pacote podemos incluir uma PPP chamada SIRESP que foi criada para comunicações de emergência em caso de calamidade nos tempos de Guterres tendo a sua estrutra não em telefone satélite como se vê nas nações civilizadas, mas sim numa comum rede de telemóvel dedicada como se tratasse dum comum serviço empresarial dependente de antenas colocadas.... no meio de florestas.

Resultado, como as árvores ou estruturas que suportam as antenas do SIRESP foram consumidas pelas chamas em dois incêndios pelo menos e o SIRESP falhou e da primeira vez estas mesmas falhas que não são de agora teve consequências trágicas com pelo menos 64 mortos directos, dezenas de feridos e milhões de euros em dandos materiais e até agora as ajudas financeiras ainda não chegaram na tragédia do Pedrógão e nem ninguém assume as culpas pelas falhas no SIRESP cujo fornecedor é Portugal Telcom (agora Altice Portugal) e o contrato ainda continua a vigor e o Estado Portugês a pagar por um serviço que falha de forma crónica quando existem outros operadores de comunicações e outras formas para que estas funcionam mais simples, económicas e sobretudo eficientes.

Resumindo, roubam-se armas dos paióis de um quartel e em vez de se apurarem os verdadeiros responsáveis, simplesmente mudam as armas de sítio; para as comunicações de urgência, não se muda nada, tudo fica na mesma; a tutela está nas mãos dos mesmos e no fim das contas ninguém é responsabilizado e depois ainda existe quem admira a Gerigonça e defenda a sua continuação à frente dos destinos da nação, mas se a Caranguejola de Passos Coelho não era boa; a Geringonça de António Costa é igualmente má e nem se vai dar ao trabalho de corrigir os erros anteriores como o SIRESP porque quem assinou o primeiro contrato foi um certo ministro da administração interna chamado António Costa e quem estava na frente dos destinos da antiga PT era o amigo Bava.

Do lado de Tancos ninguém se responsabiliza e nem sabem onde param as armas e depois aparece a desculpa que era sucata sem qualquer valor, mas esta desculpa ainda deixa outra pergunta: se era sucata então porque não foi eliminada? E a esta pergunta ninguém responde e assim esta situação e muito falada nas redes sociais e nos canais de televisão mas o poder político não cumpre o seu papel e muito menos o poder judicial.

Espero não saber pelas notíciais que algum lunático cometeu algum acto criminoso em território português com as armas roubadas de Tancos e depois quero ver se alguém vai dizer se é sucata depois das lágrimas derramadas e se alguém tem a vergonha na cara para sair do poleiro e assumir que o seu ministério errou ou que não soube corrigir erros do passado e por isso sai do governo, mas isto com a Gerigonça entra no caminho da utopia extrema e estes trágicos erros irão se repetir no futuro e muito certamente com graves consequências humanas e materiais, mas os responsáveis do poder político continuarão a ser os mesmos e ainda há quem vote nos mesmos.

E assim vai esta república dos bananas....

Como sempre as preguntas sem resposta: Será que mais uma vez a culpa vai morrer solteira? Somos dirigidos por uma parelha de irresponsáveis? Afinal que caminho leva Portugal?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar 

publicado por tron às 01:11
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Que País é Este - Legião Urbana
10
Mar 15

a lição.jpg

 

publicado por tron às 23:55
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Aluga-se - Titãs
10
Jan 14

publicado por tron às 23:56
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Sweet Leaf - Black Sabbath
21
Jul 13

publicado por tron às 23:55
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Mr Crowley - Ozzy Osbourne
21
Jul 13

Como ontem vos falei aqui e mesmo apesar da fadiga que me dominava de forma implacável queria esperar pela declaração do presidente da república a nação hoje as 20:30 e não fiquei com rande expectativa porque queria ver que desatre sairia da boca do presidente da república, porque daquele pouco ou nada de bom se pode esperar.

E em vez de chegar há alguns dias atrás ter cortado logo de início a crise política, deixou a coisa avançar para ver até onde ia e estaa atitude deu em desatre sobretudo para a economia da nação que tem estado aos esticões por causa desta triste bncadeira de crianças marretas que nada, mas mesmo nada favorece os interesses da nação; todavia, Cavaco Silva voltou ao seu jogo favorito do tabu e em vez de na semana passada ter dito uma resposta definitiva em relação ao desgoverno Passos Coelho resolveu sentar a mesa as três jarras do poder na república e como marretas como são estas jarras não houve acordo nenhum e esperou pela resposta do presidente da república a falta de acordo e esta falta  de acordo foi o retornar ao estado antes crise com a manutenção tal qual como estava do desgoverno que apesar da força presidencial, ainda tem umas quantas frestas que devem ter mais de um palmo em termos de tamanho.

E uma destas fresta é a ministra das finanças que fazer o tal corte que já  chegou aos 6 bilões de euros (antes eram 4 B €) e os ministro do CDS não querem fazer os cortes como querem que se faça segundo ordens mandadas a ministrae do demitido Vítor Gaspar; estas reduções pasam sobre por génese perfeita eao nascer como aquela coisa que vai tramar muito mais gente do que precisava.

Em vez desta novela completamente sem eira e muito menos beira que teria sido evitada se o presidente tivesse avançado com a ideia que disse hoje, a situação da nação seria diferente e as coisas se iam fazendo, mas etá visto aos olhos de todos que este presidente da republica, tal como foi jorge Sampaio, estew presidente adora demorar muito nas suas resoluções sobre qualquer lei em especial quando esta tem algoa ver com o futuro da nação e assim os presidente não servem para nada.

E ficam as minhas perguntinhas de sempre: Porque Cavaco não decidiu assim no começo da crise ? O que esta nação ganhou com esta novela ? Quem ficou mesmo a ganhar com ela ? Para nos serve a república e o seu presidente ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

 

publicado por tron às 23:46
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: I Want It All, I Want to Break Free, We Will Rock You- Queen
20
Jul 13

A ideia do governo de unidade nacional com os 3 de sempre quando se trata do assunto governo ou desgoverno e após o prazo que fo dado pelo presidente da república, as negociações não levaram a parte nenhuma e amanhã se espera pela declaração do presidente da república amanhã as 8 e meia da noite nos telejornais.

Não tenho grande expectativa do que possa sair das palavras do presidente da república porque em 99,99999% dos casos ou sai desastre ou não sai nada de palpável para o futuro próxima da nção, mas todavia, este caso pode ser muito diferente do que habitual pelo simples facto dos 3 estarolas não terem cumprido o pedido presidencial para um acordo de governo de unidade nacional cujas cabeças pensantes seriam os 3 de sempre ou com representantes dos 3 ou então com os dois que estão de forma oficial embora contassem com o apoio tácito do elo mais fraco do arco do poder.

E em vez de definirem a si mesmos e ao resto da nação, colocaram sempre querelas partidarias a frente dos interesses da nação e em vez de tentarem ceder parte a parte como qualquer acordo de qualquer espécie, resolveram não ceder e serem crianças em vez de serem pessoas adultas e responsáveis pelo destino da nação de seu nome Portugal mas com políticos assim até já pode temer pela sua existência como nação livre e soberana, coisa cada vez mais distantes nos dias de hoje.

E com este poder darepública, sobretudo a esquerda é que não podemos contar com eles para nada senão for para assaltar o poleiro porque de resto se estão nas tintas para aquele que lhes dá o poleiro e o ganha-pão deles; numa palavra ganância pura a qualquer preço porque é assim querem e o povo otário ou desesperado por alguém que seja honesto e capaza acaba sempre por eleger os mesmos quando têm uma escolha enorme por onde escolher novas cabeças para o poder da republca.

Vou esperar por amanhã para tecer algo de mais consistente e tendo a declaração a nação as 20:30 vou esperar para que ver o que a fruta vai render e aí sim poderei vos escrever algo melhor que hoje.

E ficam as minhas perguntas de sempre: Que caminho leva Portugal ? Porque não assinaram o acordo ? O que ganham com eleições gerais antes do tempo ? O que vai o presidente dizer a nação ? Para que nos serve a república e o seu presidente ? Quando é que este país sai da autoestrada para o inferno ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 23:50
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Mr Crowley - Ozzy Osbourne
17
Jul 13

Esta crise política que nos está aquecer o Verão escaldante que se vive em Portugal está cada vez mias parecido com uma espécie de sucedâneo do PREC onde ninguém se entendia, excepto que todos queria um cargo no poleiro a qualquer custo, mesmo que tal significasse vender a alma ao diabo ou estoirar de vez com a nação.

Enquanto a esquerda mais extrema veste o papel de uma Salomé política e continua a espera que um Herodes lhes traga a cabeça a do desgoverno numa bandeja de prata com ameaças do PCP e da sua franquia, CGTP que vão haver castigos para o PS; os pareceiros sociais na sua quase totalidade defendem um acordo rápido e que seja proveitoso sem haver mini-concessões de parte a parte que dão em nada e na volta o presidente da república foi passar a noite as Ilhas Selvagens, com os protectores da natureza a fazerem revindicações sobre as condições de serviço e levando 250 militares para escolta, na sua maioria fuzileiros e com um custo de 160 mil euros o que é pornográfico num país que está no limbo da falência e o poder político da república está mais metido no LSD do que os Pink Floyd ou os Black Sabbath.

Se o presidente quisesse ser mesmo presidente seria mais insistente num acordo para governo de salavação nacional e ele em vez de mandar um assessor, iria de forma pessoal as reuniões porque até em termos diplomáticos e de representação da nação, Cavaco Silva não tem nada em agenda para ir representar a nação ao exterior, nem sequer no Vaticano ou em Espanha e nada o impediria de vir corrigir o erro que fez ao recusar a mudança governativa que teria evitado males piores como aqueles que estão a acontecer-

A presente situação da república seria evitável se Cavaco Silva tivesse sido pragmático e fosse logo ao fundo da questão e fazendo apenas uma de duas escolhas: ou dissolução do Parlamento ou então aceitar a remodelção governativa e resolvia o problema da crise política de forma definitiva, talvez nos víssemos livres dos gajos da troika e a nação retomava o seu caminho habitual e nada passaria de um simples arrufo, mas este poder da república adora complicar a vida das pessoas e cada vez nos vai complicar mais ao ponto em que as Salomés da esquerda começam a ganhar razão e outros desconhecidos mais radicais começam a ganhar força.

Não foi para voltarmos a ditaduras que se fez o 25 de Abril e se estes senhores da república não dão valor a uma nação livre, façam o favor de sair porque não fazem falta nenhuma a ninguém, nem sequer ao diabo porque os mandou de volta pela autoestrada de/para o inferno e não lhes deu dinheiro trocado para o bilhete da escadaria para o céu e vieram todos desembocar em Portugal onde antes a rádio apesar de gagá era a companhia de muitas noites e agora nos entra apenas lixo através da caixa que mudou o mundo e que cuja estrela do video matou a estrela da rádio.... no sentido figurado.

Espero que para o bem de todos e felicidade geral da nação que este acordo de desgoverno ou governo de salvação nacional seja alcançado nem que seja por um governo que dure um ano porque toda uma nação está farta de austeridade que nunca é para todos e apenas acerta em quem menos pode como um vampiro cobarde e cínico.

E ficam as minhas perguntas de sempre: Quando é que esta trip acaba ? Afinal que raio foi o presidente fazer as Ilhas Selvagens ? Demora muito a fazer o acordo ? Do que estão a espera ? Querem dar razão a esquerda ? Qual o papel do PS nesta novela ? Porque não são mais rápidos ? Será preciso ser feito algo para forçar o acordo ? E se não haver acordo, qual o destino da nação ? Para que nos serve a república e o seu presidente ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 23:45
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: I Want It All, I Want to Break Free, We Will Rock You- Queen
15
Jul 13

Cavaco dorme quinta-feira nas Selvagens a 1000 quilómetros do epicentro da crise

 

 

 

 

Presidência da República antecipou para o dia do debate da moção de censura ao Governo a deslocação ao extremo sul de Portugal.

 

 

 

 

(fonte: Público)

 

publicado por tron às 23:51
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: Learning to Fly - Pink Floyd
14
Jul 13

Marcelo acusa Cavaco de prolongar e agravar a crise

 

 

 

Comentador responsabiliza Presidente da República por reacção negativa dos mercados internacionais

 

 

 

 

 

 

(fonte: Público)

publicado por tron às 23:52
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: O Inventor - Heróis do Mar
14
Jul 13

Esta crise políica despoletada pela pseudoremodelação governativa que começou com a demissão de Vítor Gaspar e a escolha da sua sucessora que não foi do agrado de Paulo Portas que de entre muitas funções no desgoverno é também em teoria o nº2 do SPECTRE, perdão, da coligação que supostamente era para formar um governo que supostamente seria para durar 4 anos.

Acontece que este mesmo desgoverno ou governo, está em pedaçoes devido as alterações mais recentes do seu elenco e como não houvesse agitação suficiente sobretudo nos mercados de capitais que entraram em pânico com estas ondas de tempestade que se levantaram num verão estupidamente quente e escaldante e que por tabela vão acertar no chamado país real, apareceu com um ar muito fleumático/preocupado/chateado nas televisões a dar a sua decisão sobre a situação política da nação depois de ter ouvido os partidos com representação eleitoral e os parceiros sociais e este remédio, meus amigos e minhas amigas, foi pior a cura do que a doença ou melhor falando se não se morre do mal se morre da cura.

E este adágio da sabedoria popular se mostra que no impulso de querer achar uma espécie de meio-termo entre o não querer sair do poder por parte da direita e as salomés da esquerda que pediam a cabeça de S. João Baptista numa bandeja de prata embora aqui não haja nenhum Herodes para satisfazer caprichos de nenhuma princesa caprichosa e o mais perto que temos em termos de caprichos é a Eisenkanzlerin Merkel e que aprimeira vista não tem muito a ganhar com esta briga de putos da primária para ver quem ganhou mais tazos ou mais berlindes.

Esta gentinha do poder da república que em teoria tem nas mãos os destinos da nação (parece que Portugal cometeu um pecado capital de forma sistemática no passado para ter tal castigo) não estão a ver como a situação está e com o programa da troika assinado por PS, PSD e CDS não há margem para erros e o melhor que se pode fazer e mesmo assim de fiabilidade duvidosa seria uma suposta renegociação da dívida da nação, mas uma crise política seria matar ab ovo qualquer tipo de renegociação e o ser que diz ser presidente da república apenas teria duas opções com pernas para andar: 1) aguentar com o desgoverno Passos Coelho até ao fim do programa da troika pelo menos, para não dizer mesmo até ao fim do mandato; e 2) dissolver de uma vez a assembleia da república lançando assim a nação numa viagem muito má onde o ácido é completamente defeituoso e não daria viagens inspiradas como deu aos Pink Floyd ou aos Beatles, mas sim um pesadelo das trevas como aquelas que surgiram nos anos 30 do século passado no velho continente e esta situação de meio termo acaba por ser tão grave como a dissolução.

O inusitado desta história é que apesar do PS ter tido uma convocatória presidencial para se sentar a mesa com a coligação, vai votar a favor da moção de censura que o PEV vai apresentar para derrubar o desgoverno e vamos ver se não vão ter sorte mesmo porque não se sabe que ventos podem vir das ilhas, mas algo que não entendo é a trip em que o PS está porque ao mesmo tempo que diz que vai se sentar a mesa para tentar o acordo, por outro lado vai estar do lado da moção de censura, transmitindo a ideia de uma certa falsidade ideológica que tem sido o cartão de visita dos tempos mais recentes do PS e que nada abona a favor de quem quer assinar acordos e depois os anda a violar, todavia não nos podemos esquecer que não existe honra entre ladrões e aqui se aplica esta frase que nem uma luva.

Estes mesmos senhores devem estar a espera que surjam extremistas, bem eles já existem e as redes sociais e os blogs são os seus campos de bataha e de recrutamento e com um poder político da república que afunda o país os extremistas têm terreno fértil, a não ser que os portugueses ganhem coragem e mandem a república e o euro a fava e comecem do nada uma nação que deu novos mundos ao mundo e que lutou contra espanhóis e franceses porque o presente Portugal em termos políticos já deu o estretor final de vida estando praticamente morto.

E ficam as minhas perguntas de sempre: Que destino leva Portugal ? Quem nos salva desta trip infernal ? Que caminho pode levar a nação ? Porque Cavaco Silva não foi mais contundente ? Teve medo de quê e de quem ? Porque raio o PS vota a favor da moção de censura e por outro lado negoceia a "Salavação da nação" ? Anda tudo doido ? Para que nos serve a república e o seu presidente ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 23:41
|  O que é? | favorito
sinto-me:
música para pensar: War Pigs - Black Sabbath
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
blogs SAPO