REPORTGENS, CRÍTICAS E INVESTIGAÇÕES DO CYBER-RERPORTER + SECRETO DO MUNDO Blog Nacionalista e Monárquico (UM AVISO: AQUI NÃO VAI ENTRAR O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO BLOG MONÁRQUICO E NACIONALISTA)
11 de Abril de 2017

O preseidente do Eurogrupo, o holandês Jeroen Dijsselbloren, que é socialista disse ao jornal alemão Frankfurter Allgemeine Zeitung que Portugal era um país onde se gastava muito dinheiro em mulheres e vinho e indo por um vernáculo comum em Portugal podemos traduzir a frase do chefe do eurogrupo como Portugal sendo um país de p... e vinho verde e ele, infelizmente tem razão.

E tem razão porque basta dar um passeio pela baixa de Lisboa e em quase todas as esplanadas da baixa de Lisboa temos nas mesas garrafas de vinho verde servido aos turistas com vários malabraismos e quando não são os turistas é ver as tascas cheias, não para o McDonald's do Tuga que é a patanisca e a sopa (normalmente caldo verde), mas sim para encher de bebidas alcóolicas e boa parte dos clientes das tascas benificiam de algum apoio social e no caso das mulheres, basta ver que as empregadas dos cafés e restaurantes da baixa não foram escolhidas por terem alguma hablitação linguística, mas sim apenas pela sua aparência.

E este artigo acaba por ser uma espécie de dois em um porque vou fazer uma referência ao que aconteceu naquele hotel em Espanha onde um grupo de adolescentes com cérbero de anémona fizeram estragos e que vem dar uma certa razão ao Jerónimo da Holanda e depois vou lá voltar.

Ainda no ponto de vista do político socialista que não deixa de estar longe da realidade porque a imagem que Portugal tem lá fora é mesmo esta: vinho e mulheres e ninguém fala noutras virtudes desta nação como a cultura (sem ser o fado) ou as imensas paisagens tanto no interior como no litoral que não são divulgadas lá fora, sabe-se lá porquê não são divulgadas nos grandes guias de viagens e Lisboa está literalmente entulhada de turistas e mal se respira em Lisboa.

Voltando ao assunto de Espanha, o que aqueles estudantes fizeram em Espanha na viagem de finalistas que foi de lamentar e para ajudar a festa apareceu uma mãe de um dos alunos que disse que aquele comportamento foi normal e os hotéis e outros estabelicimentos afins em zonas de praia recusam viagens de finalistas por temerem cenas semelhantes àquelas que aconteceram em Espanha e estes mesmos alunos e esta mãezinha que também é professora vem dar ainda mais razão ao Jerónimo da Holanda que Portugal é um país e devassidão e vício. E esta mãezinha e professora é professora do ... sistema público (que surpresa) e pela idade é da chamada "geração rasca", mas vou entrar em detalhe neste desastre de Espanha com mais detalhe noutro artigo.

Curioso ver os políticos da república virem a terreiro defenderem a honra da república como esta fosse uma virgem ofendida, quando na realidade o Jerónimo da Holanda disse a verdade, embora na terriola dele não sejam nenhuns santinhos e também é terra de vício embora, os vícios estejam devidamente enquandrados por medidas legais como prostituição legalizada e com todos os direitos sociais como um qualquer trabalhador; cannabis liberalizada mas que não pode sair do território holandês e pasmem-se....o alcóol é taxado na concentração por litro e não por hectolitro como acontece em Portugal e por isso se houve falar em menos casos de mortes associadas aos vícios porque os holandeses no geral e pelo que tenho conhecimento sabem quando chega  a altura de parar de consumir o que seja ligado aos vícios e devido a fiscalidade liberalizada que existe em Portugal sobre o alcóol é ver a miséria pelas ruas de Lisboa.

E ficam as minhas crónicas perguntas: Porque os políticos da república portuguesa ficaram ofendidos com a verdade? Não gostam da verdade? Mas se a Holanda tem a sua dose de devassidão qual a moral do Jerónimo da Holanda para criticar os outros?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

 

publicado por tron às 23:10
 O que é? | | favorito
sinto-me:
música para pensar: Dead on Two Legs - Queen
04 de Dezembro de 2013

A dieta mediterrânica é um património aberto e em expansão

 

 

 

 

Portugal conquistou esta quarta-feira a segunda inscrição, depois do fado, na lista do Património Imaterial da Humanidade. Foi uma candidatura plurinacional partilhada com a Espanha, Marrocos, Itália, Grécia, Chipre e Croácia.

 

 

 

.....Quem também não põe em causa a importância da classificação é Isabel do Carmo, médica endocrinologista. “É importante que se formalize e consagre um padrão alimentar que é comum às várias regiões do Mediterrâneo e que pode trazer benefícios sob o ponto de vista social e da saúde”, diz esta especialista em doenças do comportamento alimentar. Faz notar, no entanto, que esta dieta "tem uma base histórica complexa, visto que uma parte dos alimentos foi trazida dos países descobertos por portugueses e espanhóis, sobretudo na América do Sul”, além de que “sempre houve heterogeneidade do ponto de vista das classes sociais”, lembrando que “para muitos trabalhadores, no passado, a alimentação consistia em pão, azeitonas e vinho”.

 

 

 

 

(Fonte: Público)

 

 

 

 

Cada vez mais parece que estamos nos tempos de fome do Estado Novo onde muitos tinham como refeição as sopas de cavalo cansado que afinal agora se chamam Dieta Mediterrânica, e irónico é como alguém que foi da extrema esquerda e foi terrorista e traiu a pátria agora defende algo tão salazarento como as sopas de cavalo cansado.

 

 

depois do fado, do futebol.... agora Fátima e uma guerra do ultramar e uma oposição clandestina para completar o retorno a idade das trevas do chamado Portugal Moderno

 

 

 

 

sem comentários

 

 

 

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 23:50
 O que é? | | favorito
sinto-me:
música para pensar: Alma Mater - Moonspell
17 de Novembro de 2013

publicado por tron às 23:55
 O que é? | | favorito
sinto-me:
música para pensar: Um Café e um Bagaço - Rui Veloso
01 de Agosto de 2013

Ontem não vim aqui por motivos de saúde, mas hoje estou um pouco melhor, mas nunca deixei de acompanhar as notícias do país e do mundo para me manter a par do que se passa por este mundo fora, e mais uma vez a nação de seu nome Portugal volta a entrar para os anais da palhaçada pura e de novo um dos chamados 3 poderes chama a atenção sobre si.

Tudo começou no Dia dos Namorados de 2012, quando dois funcionários de uma empresa de recolha de lixo de Oliveira de Azeméis foram apanhados com taxas de alcóolmena várias vezes acima o limite legal, um o português que vinha ao volante do carro do lixo, tinha na data das infracções, uma taxa de alcóolemia de 1,79 g/L e o acompnhante deste condutor no mesmo turno e que vem da Europa do Leste, apresentava uma taxa de 2,3 (a taxa máxima legal é de 0,5 g/L) e como tal ambos foram despesdidos, no entanto o leste-europeu recorreu para o Tribunal da Relação do Porto que anulou o despedimento e ainda disse em acórdão que trabalhar alcoolizado pode aumentar a produção e assim explica o estado da justiça em Portugal porque apenas juízes bem embebidos é que têm decisões destes.

Além disso juízes apontaram falhas a empresa de resíduos Greendays de Oliveira de Azeméis; falhas como a ausência de proibição de ingestão de bebidas alcóolicas em serviço inscrita nas suas regras internas de funcionamento e para evitar casos semelhantes o TRP recomenda a Greendays que crie uma norma nos seus regulamentos internos a proibir o álcool em serviço e ainda não se sabe que se a empresa vai ou não recorrer da decisão do TRP.

Meus amigos e minhas amigas; as únicas classes sem ser o desgoverno que fica a ganhar e bem com as bebidas alcóolicas é a produção e o comércio delas mesmas porque de resto cada vez que uma pessoa coloca os lábios numa imperial ou numa taça de vinho, esta mesma pessoa está a ajudar que haja mais gente metida com os copos e para depois alguns destes bébados acabe como juiz de direito desta república dos bananas que é Portugal e com uma justiça destas quem é que precisa de inimigos quando os tem mesmo a mão de semear ao virar da esquina

Gostava de conhecer qual a tasca onde estes mesmos juízes vão matar a sede porque desconfio que o vinho não esteja grande coisa, porque tal decisão não qualquer lógica e não se fala do outro elemento da Greendays que foi despedido e parece não ter recorrido do despedimento, todavia o outro funcionário que ia no banco do pendura recorreu e conseguiu ser readmitido na mesma empresa que ainda não sabe se vai ou não recorrer para o STJ.

E ficam as minhas perguntas de sempre: Os juízes estavam bébados ? Quem explica uma decisão destas ? Quem é o mais bébado desta pandilha ? Porque não readmitam o outro funcionário ? Neste mundoo anda tudo bébado ? Quem afinal produz bébado ? Com uma justiça destas quem é que ainda precisa de criminosos ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 23:36
 O que é? | | favorito
sinto-me:
música para pensar: Red, Red Wine - UB40
19 de Janeiro de 2013

Paulo Portas: Contra mais IVA no vinho 

O ministro dos Negócios Estrangeiros vai opor-se a qualquer subida do IVA no vinho, confirmou ao CM fonte oficial do CDS-PP, parceiro de coligação.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(Fonte: Correio da Manhã)

publicado por tron às 22:59
 O que é? | | favorito
sinto-me:
música para pensar: Red Red Wine - UB40
15 de Outubro de 2012

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por tron às 23:55
 O que é? | | favorito
sinto-me:
música para pensar: Os Agostinhos - Ivone Silva & Camilo de Oliveira
22 de Setembro de 2012

Mostrar que está atenta às dificuldades

Assunção Cristas foi esta manhã para a vindima

publicado por tron às 23:50
 O que é? | | favorito
sinto-me:
música para pensar: Verde Vinho - Paulo Alexandre
10 de Junho de 2012

publicado por tron às 23:55
 O que é? | | favorito
sinto-me:
música para pensar: Fado - Heróis do Mar
18 de Março de 2012

Há algum tempo atrás fiz um dossier aqui neste mesmo blog sobre os últimos tempos de Salazar, algo de muito frutífero mas ao mesmo tempo muito trabalhoso e longo sobre a maior figura nascida em Santa Comba Dão e um dos mais falados seres humanos da história do século XX Português tanto para dizer bem como para dizer mal.

Agora vem o Bloco de Esquerda se manifestar contra a promoção do "saudosismo salazarista" apenas porque a marca "Salazar" vai ser aplicada a uma série de pordutos de Santa Comba incluindo um vinho que vai ser chamado de "Memórias de Salazar" nem sei porque o BE está assim se tanto preza a liberdade de expressão e agora vai contra uma medida que poderá desenvolver um terra eternamente atrasada em tudo e apenas conhecida por ter sido a terra da figura de proa do Estado Novo e por esta fama que tanto pode ser boa como má, dependendo da maneira de ver o mundo de cada um, a câmara municipal local vai tentar ganhar alguns trocos e se formos a ver não é a primeira vez que um país ou alguém se aproveita de uma imagem dum político ou dum santo para ganhar muito e bom dinheiro e não nos podemos esquecer do caso da China Vermelha e das imagens de Mao, da Rússia e da ex-URSS com as imagens ligadas ao comunismo e que até dão lucro ao nosso PC porque nunca foi do eurocomunismo (comunismo democrático como em Espanha, Itália ou França) mas sim uma fiel delegação do Soviete Supremo de Moscovo nos tempos trémulos da Guerra Fria e o Bloco que quando foi no 9/11 se colocou do lado de Ossama Bin Laden e tanto apoia os terroristas do Médio Oriente ganhando bons trocos quando vende aqueles lenços do mesmo padrão como usava Yasser Arafat ou quando apoia os Etarras entre outras medias de motivação duvidosa.

Para mim, na minha sincera opinião Salazar foi um grande bode porque amordaçou muitas bocas, matou ou mandou para morte muitos milhares, mas não nos podemos esquecer que a Primeira República deixou a pátria numa situação um tudo de nada semelhante a que vivemos e que estava nas mãos de interesses não ecónómicos mas sim de sociedades secretas e nunca foi um regime propriamente democrático como nunca foi Salazar e para os esquerdistas que ainda pensam que estamos numa democracia basta usarem um pouco a mioleira tulhida em muitos casos com paletes de ganza, para verem por exemplo as concentrações como o caso do funeral de Álvaro Cunhal e depois as votações nos partidos de esquerda e até mesmo alguns de direita é residual apesar de muitos destes partidos terem programas muitas vezes melhores que os habituais músicos da orquestra da república podre e Portugal desde 5 de Outubro de 1910 nunca foi uma verdadeira democracia como o Reino Unido ou a Suécia, mas sim uma espécie de Quinta Manor de "O Triunfo dos Porcos" «avant la lettre» (antes do tempo, mais precisamente antes da criação da imortal obra de Orwell e da existência da União Soviética) onde todos os animais são iguais mas uns mais iguais que outros e agora com a crise que vivemos e com tantos abusos da república, o que nos faltava menos era mas uma palhaçada do Bloco, para nos atirar areia para os olhos para não vermos as conspirações da república contra o povo português, principal vítima deste regime nojento e muitas vezes arbitrário que não respeita os direitos mais básicos e se o Bloco fosse mesmo partido do povo se preocupava com os nossos direitos e não com fábulas ou guerras do alecrim e da manjerona.

E ficam as minhas perguntinhas de sempre: Que mal tem lembrar Salazar ? Então depois ddo 25 de Abril não é proibido proibir ? Então aonde para o liberalismo de ideias do Bloco ? Então não defendem a liberdade de expressão ? Então para que foi o 25 de Abril ? Para que nos serve a república e o seu presidente ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

publicado por tron às 23:35
 O que é? | | favorito
sinto-me:
música para pensar: Revolução - Heróis do Mar
08 de Dezembro de 2011

publicado por tron às 23:41
 O que é? | | favorito
sinto-me:
música para pensar: Velha Tendinha - Hermínia Silva
Junho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Visitantes
AmazingCounters.com
links
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Um de seis Milhões