Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Opiniões e Críticas Secretas

Opiniões e Críticas Secretas

O sonjo grego de voltar a organizar os jogos olímpicos depois de 1896 se tornou realidade no ano de 2004 da era de Cristo, 108 anos após os primeiros jogos da era moderna e da vitória na maratona do grego Spiridon Louis.
E que sonho lindo foram estes jogos , sonho lindo por que foram bem organizados apesar de alguns erros estruturais como o telhado da piscina ou lapsos na segurança como o caso do streaker que derrubou o brasilerio Vanderlei da Silva prejudicando seriamente a prova do maratonista brasileiro.
Outra mácula não da organização jogos mas sim por culpa em parte dos comités nacionais foram os 21 casos mas que foram neutralizados com brilhantismo da orgranização que criou as condições para que se fizessem os testes com a qualidade mais do que suficiente para os detectar.
Em termos de resultados desportivos houve de tudo um pouco desde supresas agradáveis como a medalha de prata de Sérgio Paulino no ciclismo ou confirmações de verdadeiros valores nacionais como a prata de Francis Obikwelu 100 metros planos ou o Bronze de Rui Silva nos 1500 metros. Também mostraram o despontar duma nova seleção oliímpica como os jovens diplomados na canoagem e no triatlo ou desilusões bem indigestas como Carla Sacramento nos 1500 metros onde parece que nem estava na corrida da forma trsite como fez a prova ou seleção olímpica de futebol que se portou mal dando uma má imagem do futebol português depois do sonho que foi o euro 2004.
No compto geral estes jogos olímpicos foram um sonho que em termos de cerimónia de abertura so talvez tenha sido superados pelos de Sidney mas isso e apenas uma opinião pessoal. Este sonho jamais pode ser separado de outro sonho chamado euro 2004 (oragnizado por Portugal) por que ambos os acontecimentos mostraram a capacidade de organização de grandes eventos desportivos apesar de tanto Portugal e Grécia serem os mais pobres da União Europeia.
Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar.
Os movimentos de esquerda que estavam sem nada para fazer devido ao periodo de férias acordaram graças a um suposto movimento de mulheres chamado "women at waves" que tem o único propósito de librelizar o aborto.
Esta claro que os senhores da esquerda vieram logo a praça pública se manifestar contra a proibição queeste barco que para alguns é o barco da morte de entrar em águas nacionais e voltaram a falar na liberalização geral do aborto mesmo sem referendo o que seria um verdadeiro acto ditatorial ainda pior que a proibição da entrada no barco em águas nacionais por seriam 250 deputados supostamente mais iluminados na maior parte homens e que iriam decidir por 10 milhões de habitantes e em especial por cerca de 60 % da população que são as mulheres do nosso país. Embora Portugal tenha um crescimento natural ( diferença entre os nasciementos e as mortes) deficitario e que esta a deixar em especial a segurança social em pânico por que o numero de reformados é cada vez maior em relação ao numero daqueles que começam a descontar ameaçando seriamente sanidade dos cofres da segurança social.
Por causa dessa situação alguns analistas dizem que portugal precisava de ter pelo menos 30 milhoes de habitantes para haver um equilibrios entre aqueles que descontam para segurança social e aqueles que recebem benifícios da mesma.
Mas voltando ao assunto aborto eu penso que seria melhor aos senhores da esquerda proporem pura e simplesmente a distribuição gratuita de presevativos e pilulas anti-concepcionais ou do dia seguinte nas farmácias em vez de so ser nas consultas de planeamento familiar dos centros de saúde ( dado que estão sempre sobrelotadas ou então os medicos encarregues destas mesmas consultas estão sempre de viagem) a jovens a partir dos 14 anos (pelo menos) de ambos os sexos ja para evitar tanto o aborto clandestino como as consequencias morais, físicas e psiquicas que um aborto deixa na mulher que o faz, e alem disso e mais cristão a distribuição gratituita de anticoncepcionais do que o aborto liberal o que daria um verdadeiro controlo do seu corpo a mulher não sendo preciso nem leis nem decretos para tal
Além disso a possível liberalização do aborto nunca deve ser imposta pela assembleia da república e os seus 250 parasitas , digo deputados mas sim decidida pela forma mais democratica que há que é pela voz do povo e segundo esta se deve seguir ou não para a tal liberlização.
Como sempre vos peço ler , comentar e divulagar
O primeiro mistério misteriosamente inexplicável é a discriminação negativa de que são alvo os atletas supostamente deficientes em relação supostamente saudáveis.
Discriminção negativa por que os mesmos atletas supostamente saudáveis recebem bolsas princepescas quando comparadas as bolsas recebidas pelos atletas supostamente deficientes embora os atletas supostamente suadáveis façam na sua grande maioria exibições deficientes quando comparadas com as exibições dos atletas supostamente deficientes que fazem exibições muito longe do que se poderá considerar exbição deficiente. Prestações deficientes como aquelas dadas por Carla Sacramento nos 1500 metros ou Fernanda Ribeiro nos 10000 metros onde a primeira chegou a um ponto que parecia não estar ali e a segunda desistiu a sete voltas do fim apesarem de terem recebido as maiores bolsas da delegação portuguesa para patriciparem nos jogos da 28ª olimpíada. Mas se não se sentima em condições ou sentima que a sua capacidade não era a ideal para representar Portugal no maior acontecimento desportivo do mundo mais valia não ter seguido viagem ou simplesmnte nem terem partidio na final por que exibições como estas se dispensam e mostram como o sistema de "scores" mínimos é um embuste dado que apesar desses atletas terem antigido estes mínimos fazem uma exibição abaixo do mínimo com honrosas excepçoes como o caso dos três medalhados (Francis Obikwelu, Sérgio Paulino e Rui Silva) ou dos atletas que ficaram acima do 8º lugar que felizmente foram bastantes mas não o suficiente para fazerem melhor que os atletas supostamente deficientes que cada vez que vão representar Portugal nos jogos Paraolimpicos onde so entram atletas supostamente deficientes ganham sempre bastantes medalhas e honram a bandeira e o país que acredita neles ao contrario da maioria dos atletas supostamente saudáveis que foram a Atenas para passear em vez de honraem o país e o povo que acredita neles. Mas mesmo assim os atletas supostamente deficientes recebem bolsas cada vez menores apesar de representarem melhor Portugal nos jogos paraolímpicos, ao contrario da maioria dos supostamente saudáveis se portam cada vez pior ( com excepções) e recebem cada vez mais.
Outro mistério inexplicável e que quando mais medalhas um atleta supostamente deficiente ganhar menos recebe tornando frustrantes os esforços feito pelos atletas supostamente defeicientes para representarem a sua pátria enquanto os atletas supostamente saudáveis recebem cada vez mais dinheiro por exibiçoes cada vez mais deficientes havendo felizmente algumas excepções mas que deveriam de ser mais por que Portugal não é para ser humilhado como foi pela seleção olímpica de futebol ou pelas paupérrimas prestações do sector femenino no atletismo mas sim para ser elogiado como é nos jogos paraolímipcos o como foi no grandioso e mítico euro 2004.
Questiono os leitores e em especial os chefes do desporto em Portuugal :
Por que (com honrosas excpeções) os atletas supostamente saudáveis recebem cada vez maiores bolsas apesar de se portarem cda vez pior ?
Por que os atletas supostamnte deficientes se portam cada vez melhor mas cada vez recebem bolsas menores?

Como sempre vos peço para comentar, ler e divulgar
Mais uma vez os parquímetros da mui nobre e sempre leal cidade de Lisboa servem de inspiração para um artigo do meu blog. Dessa vez são os parquímetros situados na área da Praça de Espanha/Instituto Portugues de Oncologia. Estes mesmos parquímetros foram alvo de um ataque de verdadeiros estripadores que literlamete extriparam as etranhas dos ditos parquímetros tendo subtraido a caixa das moedas dos pagamentos como o rolo dos talões de estacionamento tornando as máquinas em verdadeiros esqueletos de metal e como sempre a EMEL os deixa ficar ao abandono permitindo o estacionamento caotico e gratuito duma enorme quantidade de veiculos muitos deles sem relação com nada situado nesta área. Veículos que são propriedade de muitos aproveitadores que se aproveitam do parquemanto gratituito numa zona cujo estacionamento é pago. Portanto mais uma falha da EMEL que parece se ter esquecido da entrada neste mesmo blog com o nome de "emelegas" obnde se apontava a negligencia desta mesma empresa e que pelos vistos continua.......
Como sempre vos peço para comentar ler e divulgar
no dia 19 de agosto do corrente ano assiti a uma reportagem numa das minhas fontes de inspiração para este blog que é o jornal da noite da SIC, neste mesmo jornal vi uma situação verdadeiramente anedótica e triste digna de ser publicada num joranl como "O Incrível" ou dum programa de notícias aberrantes.
A situação e que um casal feliz e com filhos tem que se divorciar devido a um decreto-lei. Devido ao decreto lei que rege as pensões de invalidez esse casal tem que se divorciar por que num casa onde exista um benificário de uma pensão de invalidez o conjûge vaálido para o trabalho não pode auferir um salário acima de 50 % do salário minmo nacional que é cerca de 175 euros.
Passando aos detalhes a cerca de 10 anos o membro masculino do casal sofreu um acidente de viação do qual resultado a incapacidade total para a actividade laboral do mesmo devido a ele ter ficado tetraplégico. Entretanto para sustentar a família a esposa foi arranjando empregos mais ou menos estáveis qte que o marido teve o direito a uma magra pensão de invalidez de valor aproximado de 150 euros, mas graças a este mesmo decreto-lei verdadeiramente anedótico para o marido receber a pensão a mulher não pode trabalhar ou receber so meio ordenado.
O ridículo da situação e que eles tem que escolher entre a pensão ou o salário da esposa ou a pensaõ do esposo ou então se divorciar mesmo sendo felizes e se amando apesar do estado de saude do marido por que só assim e que podem benixficiar dos dois benifícios que são o salrio dela e a pensão deles mas não podem ser casados por senão se divorciar tem que 4 pessoas se sustentar com um salário mínimo por mês.
Por isso questiono : Aonde está o sentido de solidariedade do legislador que criou esta lei verdadeiramnte criminosa e anti-social ?
Será que tanto um funcionário como os chefes da segurança social portuguesa conseguem sobreviver com apenas um salário minimo por mês e como nesse caso com família para sustentar ?
Como sempre vos peço para comentar, ler e divulgar
Em 1995 quando o ex-primeiro ministro António Guterres subiu ao poder, os pequenos comerciantes defendidos pela CCP (confedração do comércio português) que na altura em que isso aconteceu estavam supostamente em crise, pressionaram o ex-ministro da economia, Daniel Bessa, para que criasse uma lei que restringisse a abretura dos hipermercados aos fins -de- semana. Daniel Bessa foi na cantiga e fez a tal lei que so deu foi polémica dado que a crise continuou e esta mesma lei restritiva teve que ser re-arranjada pelo seu sucessor, António Mateus; mas tal lei não serviu de nada por que esta mesma suposta crise continuou.
Contnuou sem ter uma causa definida ate que graças a uma investigação da UNICEF por toda a Ásia e coadujuvada por reportagens dos maiores canais e revistas do mundo descobriu que por toda a Ásia em especial no sul e sudeste asiático existem muitas fabricas onde se utiliza mão-de-obra infantil e semi-escrava que além de fornecerem as grandes firmas de material desportivo fazem artigos que tem inudado a Europa ocidental com graves consequências nesses mesmos países invadidos.
As consequências são graves por que estes artigos graças a mão-de-obra baratíssima tem um preço baixo e existem numa grande quantidade que em países como Portugal onde dinheiro não abunda têm clientela mais do que certa.
Os principias culpados desta invasão são as lojas de artigos chineses que além de prejudicarem os pequenos comerciantes (os mesmos que queriam o fecho dos hipermercados aos Fins-de-semana) prejudica sobretudo as fabricas de téxteis dos páises que invadem causando a falência das fabricas e milhares de desempregados que vão engrossar os numeros do desemprego.
O mais aberrante disso tudo e que são pequenos comerciantes e pequenas lojas que estão por trás disso e não uma poderosa rede de hipermercados; entretanto surgiu uma associação de comerciantes conscientes chamada Associação Portuguesa Para o Comércio Justo que esta pressionando o governo para que as lojas de artigos chieneses sejam fiscalizadas e restringidas tal como os hipermercados foram e são restringidos desde dos tempos de Daniel Bessa. Mas por muito que seja esforaçada essa associação na pressão que faz não tem obetido os frutos desejados.
Por isso deixo duas perguntas em especial a CCP: Quem é o verdadeiro inimigo ? Do que adiantou restringir os hipermercados ?
Ontem na prova de estrada de ciclismo dos jogos olimpicos de atenas supreendentemente um portugues ganhou uma medalha quando ate o próprio selecionador nacional não tinha esse objectivo mas sim algo mais modesto ao nivel duma classificação dentro dos 15 primeiros.
Mas supresa das supresas o mítico e heroi nacional Sérgio Paulino viu a fuga do actual detentor da taça do mundo o italiano Paolo Betinni e foi o único que o acompanhou ficando favoritos como o alemão Jan Ulrich para trás ou Alex Zulle da Suiça que nem sequer reagiu. Esta fuga aconteceu a cerca de 2 voltas do fim da corrida e os dois herois da corrida olímpica foram ganhando tempo ate ao maximo de 49 segundos; o que pode parecer curto mas foi o suficiente para que Sergio Paulino e Paolo Betinni ficassem nos dois lugares mais altos do pódio. A supresa esta em que um português que ninguem esperava chegou a uma medalha que embora de prata nos sabe a ouro por ser a primeira que se ganha nos actuais jogos olimpicos de Atenas 2004 como é a primeira medalha olímpica da história do ciclismo português. Neste dia de alegria para as cores portuguesas a medalha de bronze foi para o belga Axel Merckx, filho do "canibal" Eddie Merckx, que foi o equivalente do titanico Lance Amstrong nos anos 70.
Muitos Parabéns Sergio Paulino pela tua medalha de prata e que venham mais medalhas para Portugal
Enquanto o mundo "não produtor" de petróleo esta com a corda ao pescoço devido aos preços astrnómicos do ouro negro nos mercados mundiais tanto devido a situação no Iraque como a situação da petrolífera russa Yukos que foi confiscada pelo governo russo devido a supostas dívidas fiscais mas a verdade é que proprietário da mesma firma recusou finaciar a campnha eleitoral de Vladimir Putin, acontece que, que esta mesma petrolífera produz 20 % do crude mundial. Essa situação nunca mais se desbloqueia em especial devido aos recursos e contra-recursos que correm nos tribunais russos.
Como já não houvesse motivos suficientes para que o preço do crude não disparasse o sr. G.W. Bush apesar dos pedidos de meio mundo não liberta as reservas estratégicas que seriam suficientes para arrefecer o mercado para uns níveis considerados razoáveis mas o sr. Bush não o faz.
O que o torna no pior presidente da américa dos últimos tempos só encontrando paralelo em Lyndon Johnson ou Jimmy Carter .
Mais esta "bushada" vai só e apenas desgraçar o mundo mas ele não é único culpado pelo petro-pánico o outro é Putin que nunca mais se digna a resolver o caso Yukos.
A situação de pánico so se mitgará quando pelo menos um desses imapsses se resolver por enquanto estes senhores não parceme estra intressados nem a resolve-los e nem a convercerem-se um ao outro. Por que nem Putin convence a Bush a libertar as reservas estratégicas nem Bush convence Putin a resolver a situação da Yukos que são verdadeiros actos de chauvinismo e autismo dignos da guerra fria .
Tal petro-pánico é perigosíssimo em especial para países como Portugal que só agora ensaiam uma tímida retoma por que simplesmente este petro-pánico tornará infrutíferos os esforços feitos por estes países alcaçarem esta retoma dado que mutios desses países são petro-dependentes.
Nem que todos os pequenos produtores como países do norte da Europa como a Noruega ou o Reino Unido ou como o Brasil vendessem todas as suas reservas e produção os preços nunca desceriam o suficiente para que os países petro-dependentes suspirassem.
Segundo os meios de informação a OPEP (oraginzação dos paises exportadores de petróleo), ou seja, o grupo que manda e desmanda nos preços de mercado diz que os os seus membros estão em produção máxima e mesmo assim os srs. G.W. Bush e Vladimir Putin não se diganam a resolver os petro-conflitos dos seus países nem mostram muita vontade em resolver-los.
Pro favor sr. Bush filho (o sr Bush pai teve uma situação quase semlhante em 91 e libertou as reservas sendo mais condescedente) e sr. Putin tenham um mínimo de consciência humanitária e resolvam os petro-conflitos dos seus países por que simplesmnte o mundo não aguentará por muito tempo esta situação do mercado do petróleo.
Como sempre comenem, leiam e divulguem
Ontem ao ver as notícias da televisão assisti a mais uma aberração made in Portugal. Numa reportagem que passou num dos jornais televisivos denuciou algo que ja denuciei numa entrada anterior deste mesmo blog com o título "Que 1º de Maio tão estranho" datada de 6 de Maio de 2004.
Esta mesma aberração é a venda de dvd's piratas que não só é feita por ciganos mas agora também se juntaram paquistaneses e bengalis. Chamo este nefasto negócio de aberrração por que nele se vendem DVD's piratas de filmes que estão no cinema ou ainda nem estrearam nas nossas salas.
Estas mesmas cópias além de serem de má qualidade prejudicam todos desde os incautos que os compram sobretudo devido a baixo preço como acaba por prejudicar o próprio Estado. Prejudica quem compra por que tanto podem estra a comprar gato por lebre (ex.: podem estar a comprar treilers de filmes como fossem filmes completos e alem dsso estão legendados em castelhano e com mensagens publicitárias), têm uma péssima imagem e arriscam seriamente a ruína do bloco óptico do seu leitor de DVD. As outras vítmas desta terrível máfia são os autores e distribuidores das obras pirateadas por que não recebm nem um céntimo em direitos de autor ou de vendas legais graças a esse comércio ilegal. Depois na lista vêm os cinemas e as produtoras que também não recebem nada e como ainda não houvesse vítmas suficientes existem os pequenos comerciantes de multimédia que perdem preciosos lucros, preciosos como a própria vida e a última vítma é o Estado que não recebe nada em impostos por que os lucros desta venda ilegal nunca é declarada em nenhuma sede de nenhum imposto que seja; que numa país como Portugal que tem como verdadeiros desporotos nacionais não declarar rendimentos tributáveis ou sonegar impostos e bastante perigoso por que se ninguem deita a mão a este negócio poderá começar a faltar dinheiro em sectores fundamentais como a defesa ou saúde.
Mas a pirataria não se limita aos DVD's ja chegando aos jogos de vídeo em especial para playstation ( I e II) como para x-box com as mesmas consequências dos DVD's piratas acima mencionados.
Ainda para dar um toque mais forte de aberrção ou de estranhesa as autoridades policiais que fazem a ronda as feiras semanais do nosso país que são verdadeiros ninhos desse tipo de crime so se limitam a olhar para o lugar destes artigos nem fazem nem dizem nada mas ja são capazes de ir atrás das vendendeiras ambulantes do Rossio que vendem frutas ou cintos longe de lojas e alem disso não são artigos contrafeitos, estranho não acham?
E ainda para ajudar a isso tudo a inspecção-geral das actividades culturais (IGAC) tem as mãos burocraticamnte atadas por que se alguma equipa da mesma inspecção quiser dar caça a estes mafiosos perde tempo precioso a espera de mandatos e contra-mandatos judiciais.
O mais curioso nisso tudo é que existem evidências de associção criminosa dado que em algumas feiras como a feira do Relógio (junto ao aeroporto de Lisboa) os ciganos dominam a mercado so permitindo a ciganos a venda dos mesmos DVD's ou jogos piratas perseguindo quem não seja cigano e esteja fazendo este mesmo negócio.
Mas se uma pessoa que va na rua com uma e apenas uma cópia pirata dum programa informático como o Windows para uso estritamente pessoal e calhar ser apnhado pelas autoridades corre o sério risco de ser preso, mas esses criminosos que vendem DVD's e jogos de vídeo prejudicando milhares de pessoas ninguem prende.
Por isso os questiono a todos os leitores e leitoras deste post:
Por que a IGAC não tem mais poder para apanhar estes criminosos ? Por que as autoridades policiais não os apanham em vez de perseguir os vendedores ambulantes da baixa de Lisboa que fazem vendas honestas? Será que estes mafiosos não deram as autoridades policiais "incentivos ou ajudas finaceiras" para que fechem os olhos?
Como sempre meus amigos vos peço para ler, comentar e divulgar
Nesta rua da nossa mui nobre e sempre leal cidade de Lisboa cortaram o trânsito automóvel por alturas da mítica e polémica expo'98 chegando ao ponto de colocarem uma porção de passeio.
Esta inação desta mesma rua provocou que a rua João das Regras se tornasse um centro de prostituição dado que as professionais do sexo foram literalemente "expulsas" do seu "tradicional ponto" que era o largo do Intendente Pina Manique pelos toxidependentes que vieram recambiados dos "hipermercados" da droga Curraleira e Casal Ventoso, os quais foram demoluidos para darem origem a bairros razoavelmente habitáveis.
Mas no ano passado o actual primeiro-ministro e ex-presidente da câmara de Lisboa Dr. Pedro Santana Lopes se lembrou de reabrir esta mesma rua ao trânsito sem avisar a população, só se limitando a avisar as autoridades e as firmas de transportes como a Carris da dita reabretura.
Esta mesma reabratura desta rua teve talvez o objectivo de escoar o trânsito e/ou afastar a prostituição da mesma rua. Mas dos dois obejctivos so o primerio se alcançou dado que a prostituição continua tal como a tal porção de passeio que vem do tempo do enceramento a circulação.
A porção em causa obriga os veiculos automoveis a passarem um ressalto com 50 cm de altura danificando suspensoes e amortecedores, mas este pedaço e traiçoeiro por que tem causado enganos perigosos por que as pessoas vendo um passeio contínuo pensam que ali não ha carros e seguem caminho e já não é a primeira vez que uma pessoa que passe esta mesma porção de passeio é quase atropelada dando origem a desacatos que as vezes chegam as vias de facto. tudo isto devido a uma incomoda e perigosa porção de passeio que ninguem se deu ao trabalho de remover.
Bem talvez a removam, mas so quando morre algum notável da nossa sociedade ou algo assim por que se for um vulgar mortal ninguem se mexe de certeza.
E por fim questiono todos mas em especial o novo presidente da câmara municipal de Lisboa Eng. Carmona Rodrigues: Quando e que removem esta perigosa, traiçoeira, inútil e perigosa porção de passeio ?
Como sempre vos peço para ler, divulgar e comentar

Pág. 1/2