Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Opiniões e Críticas Secretas

Opiniões e Críticas Secretas

No décimo-terceiro post ou entrada da serie "mistérios misteriosamnete inexplicáveis" não vem da polítca ou dos podres do mundo ou da podre, velha e senil república portuguesa mas sim do teatro de revista que parecia estar em renascimento mas acho que este reanscimento é so aparente então reparem.
Este aparente renascimento foi posto em prática pela actriz Noémia Costa que teve a triste ideia de convidar para actriz nas revistas criadas por si e por Helder Costa a deputada comunista Odete Santos cujo talento teatral é nulo,ou seja, aquilo que se pode chamar uma verdadeira canastrona apesar de haver muitos actores e actrizes com talento suficiente para enrar numa revista e cujo destino quase sempre acaba por ser vozes de desenhos animados ou séries como os "Malucos do Riso" ou a nova geração do "stand-up comedy" poderia fazer bons papeis no teatro revista do que uma deputada que não tem talento nenhum para o teatro de revista e actores como Joaquim Rosa ou Lurdes Norberto só são aproveitados por criadores de teatro insanamente criativos como Filipe la Féria que não se entusiasma pela declamação dum simples poema mas sim pelo talento das pessoas.
Essa escolha pela deputada peterindo alguns dos nossos melhores actores e actrizes mais conhecidos e desconhecidos se deve principalmente a uma entrevista da deputada Odete Santos no prgrama HermanSic onde a dita deputada declamou o poema "Maria sobe a calçada de carriche" e so por isso e apenas por isso a escolheu para entrar nas suas revistas as tornando chatas e as tornando ainda mais monocordicas se afastando das novas revistas criadas a coisa de à dois anos atrás pelo casal José Raposo/Maria João Abreu onde se recuperava o formato da antiga revista a portuguesa com qualidade sem ser preciso recorrer a politicos mas o dinheiro não chegou para continuar o projecto.
Entretanto surge Noémia Costa com a triste ideia de convidar a deputada que so veio tirar ritmo a revista e tornar um espetáculo pesado graças a deputada ter transformado o esptáculo de revista numa tribuna política para o seu partido (PCP) bastando para isso ver os textos que nunca atacam o PCP e tem uma carga polítca excessiva o que nunca acontecia nos tempos do antes morte da revista (até meados dos anos 80 do seculo 20) ou nas revistas da criação da dupla Raposo/Abreu ou mesmo na sérei Grande Noite que foi uma série de peças de revista criadas por Filipe la Féria que foi a primeira grande tentativa de renascimento da revista a portuguesa que quando era para atacar a política todos eram atacados não havendo "prisioneiros" nesse tipo sátira mas sendo equilibrada e nunca havendo sátira política em excesso como nas revistas de Noémia Costa com a prescença de Odete Santos e nunca era dirigida apenas a um alvo e com tantos alvos para sátira parece ser um espetáculo demsiadamente tendencioso para o gosto de muitos portugueses.
Como habitualmente deixo as minhas perguntinhas sem resposta que ningeum vai repsonder com quase toda a certeza: Por que não reduzem as sátiras politicas nas revistas a portuguesa ? Por que carga de água metram lá a deputada Odete Santos ?
Por que há tanto Actor e actriz bom sem emprego e escolheram uma deputada sem talento ? Por que não põe uma actriz com talento no lugar de Odete Santos ? Por que não há mais ninguem como la Féria ?
Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar
Mais um mistério misteriosamente inexplicável saiu dos lados do partido socialista (PS) mais precisamente do seu próprio sercrétário-geral, líder e candidato a primeiro ministro da podre, velha e senil república portuguesa José Sócrates.
O mistério reside nas próprias atitudes do próprio Sócrates que quando o ex-ministro da industria e energia o engº Mira Amaral lançou a ideia da construção duma central nuclear em Portugal nos anos 80 com o objectivo de reduzir ou mesmo anular a depedência de Portugal em relação ao ouro negro e também com o objectivo de rentabilizar as retaltivamente lucrativas jazidas de urânio existentes em Portugal e se fizeram manifestações ecologistas contra essa ideia que nunca passou de ideia mesmo devido a contestação cuja uma das vozes mais fortes foi o próprio José Sócrates e o assunto se encerrou.
E o tempo passou e foi passando e o lixo industrial se foi acumulando e ninguem apresentou uma solução para cuidar dos resíduos industriais até o que o governo socialista se lembrou de os incenerar nos fornos das cimenteiras dizendo que é a forma menos agressiva para o ambiente mas o Sr. Engº Socrátes se esquece que queimar lixo em especial lixo indsutrial num forno duma industria poluente como da dos cimentos faz uma poluição de proporções galáticas se aproximando ao nível da mesma poluição feita pela indústria norte-americana em vez de procurar uma forma melhor de cuidar dos resíduos industriais ou de criar incederoadoras prórprias por que incenernado nas fabricas cimenteiras lixo industrial pode dar origem a desconfianças a alguns opositores, desconfianças de de negócios de finciamentos das mesmas cimenteiras aos socialistas por que essa decisão ate que foi rápida em vez de se procurar uma forma melhor de dar destino aos residuos industriais.
Mas Sócrates ainda não disse por exemplo como resolver os problemas enrgéticos de Portugal so falando na inceneração apesar da contestação das populações locais que negam veemente por que têm amor as suas vidas e sabem que ha negociata mas mesmo assim Sócrates insiste e volta a insistir nessa medida que tem consequências nefastas no meio ambiente e que cujas consequências mais extremas podem ser vistas no filme-apocalipse "O dia depois de amanha" (Day After Tomorrow) mas como é americano e como está na moda na europa se ser anti-americano Socrátes não viu de certeza o filme para tanto defender a inceneração.
Outra saída de Sócrates meio estranha é defender o regresso dos soldados da Guarda Nacional Republicana (GNR) que estão no Iraque por que o grupo que la está é o último estará até as eleições lociais e com as voltas do sistema eleitoral português dá quando Sócrates tomar posse como primeiro minsitro se chegar a ganhar as eleições legislativas de 20 de Fevereiro estão os soldados da GNR a regressar por isso acho essa declaração de Sócrates meio estranha e um sintoma prévio do verdadeiro carnaval que vai ser a campnha eleitoral por esta vai calhar na época do carnaval.
Como habitualmente deixo as minhas perguntinhas sem resposta ou ninguem se atreve a responder sem dedicatoria nem sequer implícita: Por que Sócrates quer incernerar os lixos nas cimenteiras em vez de criar um forno próprio ? Por que não pensa numa solução menos nefasta ? Por que não pensa em resolver os prblemas enrgéticos de Portugal ? Será que não ha algo de fétido nesse e noutros problemas ?
Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

Em Portugal há umas definições muito curiosas de racismo e discriminação sexual que no estrangeiro podem parecer estranhas e quem sabe aberrantes as quais abaixo passo a descrever com o risco deste post ou entrada parecer uma anedota.
Em Portugal é racismo quando um branco bate num negro seja por que motivo for mesmo que seja em legítma defesa ou comete ou um crime contra um negro volta a ser racismo e até aparece na tv e vem o sr. José Falcão da SOS Racismo a dizer que que é preciso intervenção do estado porque um ou mais negros levaram porrada da polícia seja por que motvio for mas quando um negro mata um polícia ja pode a vontade porque já não é racismo.
Mas se um negro bater num branco seja que motivo for mesmo em legitma defesa ou cometa um crime ja não é racismo ou até ao matar um polícia ja não é crime mas se um polícia antigir a tiro um negro para se defender é racista e nazi e se uma pessoa faz queixa dum assalto feito por um negro especialmnte se for branca e considerada xenófoba é racista e que está fazendo descriminação racial. No caso dos ciganos o caso pode parecer um pouco mais estranho por que varia de pessoa para pessoa pelo facto de serem mas as definições são as mesmas como as dos negros embora certas tradições sejam dum povo que em certos padrões civilizacionais atrasados mas estão a fazerem os possíveis por se intregar embora os negros com infiltrações de imigração clandestina e de máfias põe em cheque o resto da comunidade. Mas no dicionário tanto é crime de racismo um negro molestar um branco como um branco molestar um negro e não apenas um negro a molestar um branco com querem deixar transprecer na comunicaçõ social em especial os senhores da esquerda.
A definição de discrininção sexual e algo de misterioso mesmo por que vêm os movimentos de defesa dos direitos da mulher e movimentos feminista vêm dizer que as mulheres têm menos oportunidades de emprego que os homens que têm as portas fechadas, mas basta uma pessoa estar inscrita no expressoemprego [serviço de newsletters semanais que o semanário expresso (www.expresso.pt) fornece gratuitamente a quem procura emprego bastando um simples regsito para as receber) e os calssificados do expressoemprego na sua grande maioria são dirigidas para mulheres pelo facto dos anuncios virem no femenino o vai contra a lei mas mesmo assim são publicados negando qualquer discrimanção contra as mulheres mas provando uma perversa e existente discriminação contra os homens que ninguem quer se manisfestar contra por vergonha do facto de existir essa mesma perversa descirminção que ninguem quer falar que é só mais uma das perversões que acontecem na podre, velha e senil república portuguesa.
Mais uma vez deixo as perguntas enigmáticas que ninguem responde ou que ninguem se atreve a responder: Aonde está afinal a discriminação ? Aonde fica o sr. Falcão quando um negro faz um crime ? Por que so querem mulheres nas empresas que publicam os anuncios no expressoemprego ?
Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar
Mais uma revelação duma ligação bem fétida e perigosa entre o futebol e a política se provou com as declarações dum dos suspeitos no caso Apito Dourado numa entrega de troféus em Espanha, mais precisamente Jorge Nuno Pinto da Costa.
Passando aos detalhes nesta mesma entrega de troféus dum jornal galego relativos ao futebol em que o Futebol Clube do Porto, clube presidido por Pinto da Costa foi premiado com alguns troféus e Pinto da Costa fez declarações que podem, segundo algumas interpretações, provar alguma ligação da antiga governação socialista da câmara municipal do Porto [Fernando Gomes (que acabou por ser ministro da administração interna mas duma forma incompetente e por causa qual ainda estarmos a sofrer) e Nuno Cardoso] que sempre abriram a porta da câmara ao clube a primeira vitória do clube de Pinto da Costa e assinando de cruz as iniciativas imobiliárias do clube azul e branco mas para azar de Pinto da Costa nas últimas autárquicas Nuno Cardoso perdeu as eleições para Rui Rio e as regras do jogo em termos de relações entre câmara e futebol iam mudar e mudaram.
Rui Rio deixou de abrir as portas ao futebol não oferecendo mais do que um porto de honra as equipas vitoriosas e filtrando as licenças de construção o que deixou Pinto da Costa irado ao ponto de ele se oferecer para candidato socialista para derrotar o social-democrata Rui Rio ou pelo menos ser vereador socialista com o objectivo de derrotar Rio ficando os socialistas embevecidamente agradecidos com o apoio do presidente do FCP.
Entrementes a juíza que tem o caso Apito Dourado em mãos aumenta a duração da proibição de contacto entre o major Valentim Loureiro, Pinto da Costa e os outros suspeitos para o prazo de um ano e as suspeitas ja chegam ao filho do major, João Loureiro, presidente do Boavista futebol clube que segundo alguns jornais também está envolvido e que a investigação não ficará apenas concentrada ao norte de Portugal mas se vai espalhar ao resto do país e com esta atitude dos scoialistas no porto mostra que a vassalagem prestada pela governação socialista da camara do porto ao presidente do FCP e ao seu presidente não era em vão e mostra uma possível ligação fétida entre o FCP e o PS-Porto que merece ser investigado não só a nível autárquico, ou seja, a nível da câmara mas também a nível nacional e investigarem as possíveis ligações entre o FCP e o PS a nível nacional por que estas declarações de Pinto da Costa em Espanha podem querer dizer muita coisa.
Entretanto para Pinto da Costa e também para os outros tubarões do futebol surgiu uma má notícia esta semana que é terem que pagar os impostos perdoados através do totonegócio criado em 1998 pelo (des)governo socialista liderado por António Guterres que foi a utilização do quinhão das verbas do totobola que estavam destinadas aos clubes de futebol para pagamento dos impostos mas acontece que o totonegócio deu furado por que as receitas do totobola desceram feito um lingote de chumbo em água reduzindo na mesma proporção o quinhão dos clubes, e o ministro das finanças do governo actual Bagão Félix (dai a dissolução da assembleia da república poder ser interpretada por alguns como prova de ligação PS-FCP por que o PS foi logo o primeiro a fazer a festa) que apesar de demissionário não perdoa a caça ao calote e ao ver os arquivos detetou essa mamata porporçoes galáticas e foi implácavel para todos os clubes em esppecial os professionais e deu 15 dias para pagarem tudo senão penhorava os clubes e Bagão Félix está mesmo com vontade de ver tudo pago senão vão fazer compnhia ao recordista Salgueiros (17 jogos, 0 pts, 6 golos maracdos e 63 sofridos na segunda divisão B) e ficam sem os estádios e sem as suas propriedades, e preparem os vossos nervos que a série de posts ou entradas "O triunfo dos porcos" vai continuar.....
Como habitualmente vos deixo as perguntas sem resposta ou que ninguem se atreve a responder: Será que existe mesmo ligação entre PS e FCP ? Do que esperam pra investigar o PS ? Será que o futebol em Portugal é a nova máfia ? Para onde vai parar Portugal com um governo socialista ? Será que vai haver mais suspeitos "caçados" no âmbito do caso Apito Dourado ?
Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

Nessa bela podre, velha e senil república onde todos falam muito bem e só se mexem quando há eleições a caminho ou quando na Europa algum partido da direita mais extrema ganha umas eleições ou se aproxima de ganhar o poder em algum pais da União Europeia os senhores da Europa em especial os socialistas se unem em sanções contra estes mesmos paises (Austria) ou a proibir estes mesmos partidos quando o povo os escolheu para governo (Bélgica) ou de forma mais perversa matando o seu líder (Holanda) ou apoiando atagonistas partidários como foi em França quando a União Europeia e uma mistura paradoxal de gaulista (direita não extremista), sociais-democatas , socialistas, comunistas, trotskistas (extrema-esquerda) e com a ajuda da própria União Europeia e de chefes de governo de outros paises apoiaram o gaulista Jacques Chirac contra o um supreendente Jean Marie le Pen que que causou supresa ao "despachar" os candidatos da esquerda incluindo o favorito Lionel Jospin (socialista) mas acabou derrotado por Chirac.
Mas não compreendo este medo quando os senhores que detem o poder normalmente (democratas-cristãos, sociais-democratas, socialistas, comunistas e com sorte alguns movimentos de extrema esquerda) tem medo de movimentos de direita extremista e/ou partidos nacionalistas usando a suposta desculpa de serem movimentos neo-nazis mas estudando os seus programas muitos dos objectivos desses mesmos partidos que todos na Europa têm medo e aquilo que povo desses mesmos paises querem: limparem as ruas dos crimes, acabar com a imigração clandestina, acabar com desemprego, acabar com as mamatas criadas em especial pelos socialistas resolver os problemas laborais, ou seja numa palavra resolverem os problemas dos seus países.
Mas acontece que na Europa agora dominada por socialistas que têm uma curiosa definição de liberdade partidária por que enquanto proibem movimentos de direita (violando claramente liberdade de associação) permitem movimentos de extrema esquerda e anti globalização alguns que apoiam movimentos terroistas em especial no medio oriente e esses não saõ proibidos.
Tanto medo de meia dúzia de partidos quando o crime ligado a imigração clandestina e a droga cresce nas ruas de cidades como Lisboa e Porto e cresce nas cidades grandes da Europa dando a sensação que tem mais medo de quem quer limpar a porcaria das cidades e dos paises do que dos criminosos ou mais grave ainda podendo despertar uma certa sensação de conivência entre os crimnosos e políticos por que simplesmnte eles vivem e fazem esta mesma porcaria.
O que também é nojento é ver alguns presindentes de juntas de freguesia como sr. Cal Gonçalves presidente da junta de freguesia dos Anjos que disse aos sete ventos que ia limpar a freguesia da droga e da marginalidade em especial do largo do Intendente que so tornou um hipermercado de droga com o fim dos bairros Curraleira e Casal Ventoso e o Intendente era brilhantemente assitido na venda da droga pela escola secundária dos Anjos onde alguns alunos também traficavam com traficnates do Intendente e com fim da escola muita gente pensou que o trafico diminuiria, nada mais falso tudo se concentrou ainda mais no Intendente e a zona dos Anjos que apesar da prostituiçã era uma zona pacífica se tornou uma zona perigosa graças ao Intendente que de limpeza não teve nada e cada vez tem mais drogados e mais traficantes em especial de drogas pesadas (cocaína,crack,heroína) vendo que a tal "limpeza" nunca existiu e foi tudo conversa e prova-se quando um habitante da freguesia dos Anjos quer falar com presidente da junta esse nunca está nem na junta ou no gabinete de advogado que tem na rua da Palma ou então envia as pessoas para o seu vice nunca as atendendo as suas necessidades ou problemas podendo dando a impressão aos eleitores (em 2005 há eleições autárquicas) que ele não fez porra nenhuma pela fregeusia (me perdoem o baixo nível) e a criminalidade ficou de tal forma espalhada na freguesia que ja chegou a parte da rua dos Anjos que fica acima da avenida Almirante Reis (que está separada do Intendente) sei disso por que o vosso amigo reporter foi assaltado ficando sem o telemóvel por um cidadão de origem africana mais do que clandestino no nosso pais mas provando que a criminalidade está espalhada não só nos Anjos como toda a Lisboa e quem sabe por toda a Europa enquanto os políticos têm medo dos nacionalistas e se preocupam a proibi-los graças a negligência desses mesmos senhores a criminalidade não para subir graças a um medo sem razão de existir mas nessa entrada digna de entra na série dos "Misterios Misteriosamente Inexplicáveis" ainda não acabei de por as mancada todas que os supostos democratas fazem que são autenticos mistérios.
A coisa de mais ou menos um mês atrás no aeroporto Francisco Sá Carneiro uma brasileira grávida de sete meses que estava junta com um cidadão portugues a dois anos e que segundo a lei portuguesa uma união de facto que dure há um ano ou mais equivale casamento dadno a esta cidadã das terras de Vera Cruz a dupla nacionalidade e permanênica legal em território da União Europeia e ela se deslocou ao seu páis para tratar da certidão de nascimento e restante documentação legal dado que a coitada estava para casar (acho que ja se casou) com o seua mor de sempre e pai da criança, e quando chegou do Brasil apesar de ter toda documentação legal foi detida por dois funcionários do serviço de estrangeiros e fronteiras (SEF) só por ela ser brasileira e e apesar de estar legalizada e de ter casamento marcado e de estar grávida de 7 meses pensando que ela seria uma brasiliera como as de Bragança onde as mãezinhas de Bragança pelo que tenho ouvido não prestam como esposas nem os homens como marido dado que eles vão as prostitutas, mas isso e para outro post ou entrada, mas voltando ao caso da brasileira detida injustamente só com a companhia duma enfermeira pelo facto de ser brasileira que depois foi libertada e com a instauração dum processo de abuso autoridade mas enquanto estes seórodios senhores do SEF prendem uma coitada só por ser brasileira ha senhores de vários países africanos que formam por vezes máfias assaltam pessoas, extorquirem dinheiro a inocentes que procuram um milagre, assaltam pessoas estado em território português com vistos caducados ou mesmo sem autorização de residência fazendo toda espécie de crimes com a conivência das autoridades da podre, velha e senil república só por que não são do Brasil e são africanos podem fazer o que querem até matar por que se um branco se defende é considerado é racista mas ja um negro se pode defender e polícia nada faz e esses supostos astrólogos ou falsos milagreiros aparecem cada vez mais sem ninguem questionar donde vem as fontes do finaciamento para estes mesmos milagreiros ou como algumas lojas só têm clientes africanos ou como surgiram do nada ocupando lugares de lojas que eram furtíferas dando cada vez mais a impressão de certa conivência entre os partidos que são habitualmente eleitos com essas máfias africanas ou então têm receio que esses chralatães lhe rogue uma praga ou então não sei, outro reparo alguns desses africanos tem costumes islámicos e algumas das mulheres se dedicam a mutilação genital que segundo algumas interpretçãos do Alcorão e qalgumas culturas é pecado a mulher sentir prazer sexual eo que pode levantar outra supeição mais grave será que é estes senhores poderem ter ligação a Al-Qaeda.
Como habtiualmente deixo as minhas perguntinhas sem resposta e também vai sem dedicatória mas que vão doer a muita gente quando ler: Por que têm medo dos nacionalistas ou dos partidos de estrema direita quando estes querem fazer aquilo que osutros não fazem ? Por que cada vez ha mais crimes nas grandes cidades ? Se é racimso um branco bater num negro para se defender mas quando um negro mata um branco é o que ? Por que na zona dos Anjos ha cada vez mais crimes ? Aonde esta a liberdade de associação numa lei que proibe que é de direita mas permite quem é de esquerda e apoia terroristas ? Será que temos terroristas em potencial e ninguem faz nada ? Estão a espera de que ? Se há uma máfia africana por que ninguem faz nada ? Será que a podre, velha e senil república tem os dias contados ? Por que ninguem despacha de vez a imigração clandestina ?
como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar
Me inspiro na resposta do general Humberto Delgado, o General Sem-Medo ao jornalista da France-Press a pergunta desse mesmo jornalista o que o General Sem-Medo faria a Salazar durante uma conferência de imprensa realizada no café Chave D'Ouro no âmbito das eleições presidenciais de 1958 para o títúlo desta entrada ou post que vem falar das atitudes do presidente da podre, velha e senil república portuguesa, o socialista Jorge Sampaio.
Tudo começou ainda no tempos dos governos do também socialista António Guterres nos quais os ministros mudavam de pasta ou se demitiam com a mesma facilidade como se se muda uma camisola ou então a pedra de toque dos governos socialistas dirigidos por António Guterres e que sempre tiveram o bemplácito de Sampaio era o orçamento da sáude que era uma verdadeira doença por que recebiam 20% do orçamento geral do estado mas em valor era sempre maior mas algo que era paradoxal cada vez os hospitais deviam mais as farmácias apesar de haver mais dinheiro no ministério da saúde e só no primeiro mandato de Guterres com Maria de Belém como ministra de saúde a divida antigiu cerca de 150 milhões de euros em 4 anos não incluindo os juros e a sua sucessora Manuela Arcanjo ainda com mais dinheiro ficou a dever outros 150 milhões somando o belo total de 300 milhões de euros.
Aí Sampaio nunca passava de repreensões quando era o orçamento do estado ou no discurso do estado da nação ou na revisão da cosntituição mas nunca falou nem sequer implicitamente em dissolução da assembleia da república ou em demissão do governo apesar dos desvios de verbas ou na instabilidade nos vários ministérios socialistas.
Mas entretando o PS perde as eleições autárquicas e o governo se demite por que se acha num pântano político e segundo agora se sabe o presidente insistiu para que Guterres não se demitisse mas o enginheiro beirão foi mais teimoso e se demitiu obrigando o presidente Sampaio convocar eleições donde saiu eleito um governo de coligação chefiado por Durão Barroso que apenas durou meio mandato, ou seja, dois anos por que Durão Barroso foi noemado e prosteriormente eleito e empossado presidente da Comissão Europeia a que Sampaio chamou "missão patriótica" depois andou a consultar os partidos dando entender uma certa indecisão se iria convocar eleições antecipadas ou nomeava um governo de inictiva presidencial indicado pela coligação governamental o que veio a acontecer mas antes os partidos de esquerda andaram a pressionar o presidente para que este convocasse as ditas eleições antecipadas e la o governo continuou com as suas mancadas.
Mas acontece com o governo de Durão Barroso andou a elevar a concelho algumas pequenas cidades que em alguns casos ja o eram antes da reformas de Mouzinho da Silveira de 1836 mas dada a sua pequena superfíce foram unidos a outros de maior dimensão (como o caso de Canas de Senhorim ou Vizela) ou então noutros são concelhos novos (Odivelas) em folha mas foram criados pore serem cidades ja com um número apreciável de habitantes e por terem estrturas suficientes para a sua autosuficiência como concelho.
Hoje as coisas saltaram dos limites por que numa manifestação pela restauração do concelho de Canas de Senhorim 100 pessoas de todas as idades se manifestavam hoje a entrada das minas de urânio situadas na área desta mesma pequena cidade cortando a estrada se sentando a entrada das minas numa clara forma de desobidiência civil ao estilo de Mahtama Ghandi e não sei a ordens de quem se da direcção das minas ou do proprio presidente que vetou a elevação a concelho de Canas de Senhorim o grupo chamado para local do Corpo de Intrevenção da guarda nacional republicana constituido por 500 homens carregou em cima das 100 pessoas ainda ferindo duas pessoas. O presidente da comissão para a restauração do concelho de Canas de Senhorim veio recoradr uma promessa eleitoral de Sampaio de quando foi a sua re-eleição quando prometeu essa restauração.
Mas seja quem for que mandou fazer essa carga que de a cara por este cobarde por que 500 contra 100 e um acto cobrade ainda pior que a carga da GNR na ponte 25 de Abril que marcou o fim definitivo do "reinado" de Cavaco Silva quando os irmãos Pinto fizeram o frete ao PS quando este precisou de alguem que fosse contra o aumento das portagens e que depois foram abandonados pelos socialistas quando apanhados numa cilada de trafico de droga ainda mal explicada.
Por esses erros parece que so há uma solução para o bem do povo e para felicidade geral da nação é a própria demissão do prsidente da podre, velha e senil república portuguesa por que com tantas suspeitas de pressões por partes dos tubaões e com tantas comparações ao tempos dos socialistas onde estes faziam o que queriam o presidente so os repreendia e com este governo só por que é duma coligação de dois partidos diferentes do seu se dissolveu a assembleia da república apesar de existir uma maioria estável e absoluta. Por isso Sr. Presidente obviamente se demita.
Como habitualmente deixo as minhas perguntinhas se resposta que ninguem consegue responder mas dessa vez sem dedicatória: Por que o presidente da podre velha e senil república não reagiu aos motivos da demissão do primeiro ministro ? Por que nunca dissolveu a assembleia antes da demissão de Guterres ? Por que deiludiu as populações de Canas de Senhorim ? Do que espera para apresentar demissão ?
Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar
Esse post ou entrada é a unica da série "Mistérios misteriosamente inexplicáveis" a ter um sub-título dado a gravidade da situação criada pela crise política vivida em Portugal e que foi criado (o mistério) pelos autores da crise, o presidente da podre, velha e senil república portuguesa o socialista Jorge Sampaio e o primeiro ministro o social-democrata Santana Lopes.
O mistério reside nas acusações feitas pelo parceiro de coligação de governo de Santa Lopes e minsitro da defesa Paulo Portas acusar o presidente da república que este cedeu a pressões aos tubarões da banca e da grande finança por que este governo demissionário estava para acabar com uma das injustiças dos fiscais dos socialistas que era os bancos e empresas financeiras apenas pagarem 16% de Imposto sobre o Rendimento das pessoas Colectivas (IRC) sobre os seus lucros e as outras firmas pagarem 36% enquanto os bancos na maioria dos casos ultrapassam em muitas vezes os lucros das empresas e além disso esse governo queria acabar com muitos dos benifícios fiscais que era uma fonte de rendimento desses tubarões.
E a reformulação fiscal também os atingia forte e feio por que os obrigaria a declarar todas as fontes de rendimento e além disso os obrigava a pagar mais porque lhes iria a obrigar a pagar,se não estou enganado 26 % de IRC de forma em equilibrar tanto firmas (estas também pagariam 26 %) como bancos em termos fiscais e estes foram pressionar o presidente para que este dissolvesse a assembleia e demitisse o governo e além das presões dos tubarões da banca também surigiram as pressões dos moviementos de esquerda motivados pelo conflito de cunhados na TVI e depois a saida mal explicada do minsitro do desporto que reactou as pressões dos partidos de esquerda.
Acontece que hoje, as acusações de Paulo Portas ministro da defesa (em exercício) que presidente da república cedeu a pressões da banca foram confrimadas pelos próprios tubraões da banca e da indústria quando um dos tubrarões da industria, o presidente da CIP Van Zeller confirmou essas mesmas pressões e que a dissolução da assembleia era fudamental para o pais (palavras do mesmo), um director dum grupo económico cujo cerne é o banco Espirito Santo, Ricardo Espirito Santo Salgado as nega, mas João Salgueiro presidente da associação portuguesa de bancos ja as confirma dando razão a Paulo Portas.
O perverso da situação está na explicação das causas da dissolução da assembleia e sobretudo da data escolhida para a fazer e fragiliza a posição a situação do presidente Jorge Sampaio ao ponto de ele esta ao ponto de pedir a renuncia ao cargo por que em certa altura ele disse que ja tinha a ideia da dissolução a algum tempo mas deixou que se aprovasse o orçamento de estado e por cosequência os aumentos da função pública (onde ele se inclui) e dpois sim se dissolver o parlamento, perverso, não acham.
Mas no caso dos governos de Guterres so houve intsabilidade e minsitros a entrar e sair constatemente e fugas de dinheiro em especial na saúde que ninguem explicou até hoje e o presidente Jorge Sampaio nunca passou das repreensões e nem deu a entender que dissolvia o parlamento ou demitia o governo, até fazendo pressão para que este ficasse quando este demitiu em 2001 .
Como habitualmente deixo as minhas perguntinhas difíceis que ninguem consegue responder: Por que o presidente Sampaio nunca dissolveu o parlamento no tempos dos socialistas excepto quando Guterres se demitiu ? Por que cedeu as pressões da banca ? Por que não apresenta a renuncia ? Por que não assume a incompetência ? Por que foi perverso e esperou para receber o aumento ates de fazer a dissolução ?
Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar
Na podre, velha e senil república portuguesa surge um mistério misteriosamente inexplicável ontem levantado pelo demissionário primeiro ministo Santana Lopes que foi o o motivo por que o presidente da república o socialista Jorge Sampaio nunca dissolveu a assembleia da república quando foram os oraçmentos do estado esta nos (des)governos dos socialistas que sempre precisaram da bengala do CDS e o último precisou da bengala do deputado Daniel Campelo para que a sua cidade , Ponte de Lima, recebesse subsídios de protecção a produção de queijo Limiano, orçamentos estranhos que davam fortunas cada vez maiores ao ministério da saúde e os hospitais deviam cada vez mais as farmácias ninguem sabendo para onde ia tanto dinheiro em compensação o governo actual reduziu a dívida, estranho não ?
E foram várias as mancadas do governo socialistas e em nenhuma das ocasiões o presidente da república passou das repreessões e os socialistas sempre re-incidiam nas mesmas mancadas e nem o presidente chamou o conselho de estado nem dissolveu a assembleia só se obrigando a isto quando o primeiro ministro socialista António Guterres após a derrota dos socialistas nas eleições autárquicas se demitiu do cargo e mesmo assim se sabe que o presidente Jorge Sampaio inistiu que Guterres não se demitisse mas quando Santan lopes apesar de ter feitos erros mais concetrados de erros não se compara por exemplo ao pântano que era a saúde no tempo dos socialistas e que contou com um silêncio cúmplice de Sampaio ou como na altura do governo de Guterres o crime de Camarate era para a VII comissão parlamentar "acidente" e ia a caminho do arquivo e logo agora que esta sabendo a verdade que foi crime se dissolve a assembleia e o governo cai após pressões da extrema esquerda e precipitação do presidente estranho não acham ?
Como habitualmente deixo as minha perguntas sem resposta e com dedicatória ao presidente da república: Será que a rpública não estará a dar o seu canto do cisne ? Por que nunca se dissolveu o parlamento após a péssima gestão socialista ? Será que essa dissolução tem algo a ver com a desoberta da verdade sobre o crime de Camarte ? Será que não seria melhor presidente renunciar ao cargo ? Será que isto não é uma prova da podridão e da senilidade do regime republicano português ? Será que grande banca estará por de trás disso dado que queriam que os bancos pagassem 36 % de imposto sobre os lucros como pagam as firmas industriais ?
Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar
Mais uma vez em Espanha se mostra a incompetência socialista para enfrentar assuntos pequenos mas de de alguma gravidade ou então a provocar quem não deve (ver a entrada de 24 de Novembro de 2004 "mancadas espanholas" ) dessas vez é a violência escolar numa escola média pública o que em Portugal era conhecido por liceu e agora se chama por escola básica 2+3 e escola secundária e no Brasil por colégio público mas nesse post ou entrada vou usar a designação "liceu" por que "colégio" em Espanha indica escola privada e uma qualidade ensino muito superior tal como na podre velha e senil república portuguesa.
O caso é o seguinte uma jovem adolescente de 14 anos que so se sabe as suas inicais T.H.C. para protecção da mesma. A coitada até se tentou suicidar tomando 10 comprimidos de Valium 5 por que simplesmente estava a ser atromentada por 19 colegas de turma qyue lhe roubavam e chegaram-lhe a partir um braço, acontece que os pais escreveram para a direcção do liceu da coitada o Liceo Castilla de Burgos na Cidade de Burgos ou mesmo as vinte denúncias no tribunal de Burgos, pasmem-se, 20 denúncias no tribunal de Burgos não alteraram a situação o que obrigou a coitada da T.H.C. , que era boa aluna , a reprovar por faltas e a mudar de liceu, mas mesmo assim os seu perseguidores também se transfeiram para o seu novo que é privado entretanto chegou também denuncias a inspeção de educação da pronvicia de Burgos que deve ser socialista que apesar dos factos terem acontecido em Janeiro e so se saberem publicamente agora ainda nada disse aos pais da coitada da T.H.C. que não tem a paz necessária para estudar.
Nesse tempo o antigo liceu da T.H.C. mudou de direcção e o director mediou o conflito e coitada voltou e foi aí que tudo aconteceu ela voltou lhe partiram o braço sairam as denuncias ela queria paz , não tinha, tentiva de suicídio o director (que não sabia dos conflitos que ja vinham de trás) tentou remndar a situação mudando a T.H.C. de turma não resolveu a situação e psicólogo que a acompnha foi bem claro "a transfiram" mas acontece que o pai da coitada Clemencio Hernández Gutiérrez pelo director do antigo liceu mas mesmo no privado as ameaças contra a intregridade física da T.H.C.continuam e ninguem faz nada provando a incompetência dos socialistas para resolverem seja o que for.
Que Deus proteja a coitada da T.H.C
Como habitualmente deixo aquelas perguntinhas sem resposta ou com resposta que ninguem quer dar resposta com dedicatória implícita: Qual a competência dos socilistas para governarem ? Por que ja não resolveram a situaçã da T.H.C . ? Por que os colegas lhe fazem isso ? Por que os socialistas são tão estupidos quando governam ? O que os porugueses veem nos socialistas quando os escolhem como partido de governo ? Será que têm memória curta ou ja se esquecram de Soares e Guterres ?
Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

Pág. 1/3