Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Opiniões e Críticas Secretas

Opiniões e Críticas Secretas

Bem pelos vistos as visitas são muito mais que os quienhntos comentários mas todas as vistas e os comentários são agradecidos.

Os comentários deixados por vocês queridos e queridas leitores e lleitoras desse humilde blog é um incentivo a continuidade desse blog e deixo um recado  aos offenders: vão chatear o Sócrates.

Obrigado a todos vocês dedico além da minha família a todos  e todas vocês esse humilde blog.

Graças a caixa de pandora ou cornocópia da sabedoria eterna chamada internet consegui que me dessem a letra dessa mensagem dos imperdadores da música e deixo a respectiva tradução:

Is This The World We Created?
Queen

Composição: Brian May e Freddie Mercury

Just look at all those hungry mouths we have to feed
Take a look at all the suffering we breed
So many lonely faces scattered all around
Searching for what they need

Is this the world we created?
What did we do it for?
Is this the world we invaded
Against the law?
So it seems in the end
Is this what we’re all living for today?
The world that we created

You know that every day a helpless child is born
Who needs some loving care inside a happy home
Somewhere a wealthy man is sitting on his throne
Waiting for life to go by

Is this the world we created?
We made it on our own
Is this the world we devastated
Right to the bone?
If there’s a God in the sky looking down
What can he think of what we’ve done
To the world that he created?

 

 

Tradução:

 

Pense só naquelas bocas famintas
Que temos que alimentar.
Dê só uma olhada em todo o sofrimento
Que originamos.
Tantas faces solitárias espalhadas por todo lado
Procurando o que precisam.

É este o mundo que criamos ?
Pra que o fizemos ?
É este o mundo que invadimos
contra a lei ?
Assim, parece que no fim das contas,
será que e por isso que estamos vivendo hoje ?
O mundo que criamos...

Você sabe que todo dia
Nasce uma criança indefesa,
que precisa de um pouco de carinho
Dentro de um lar feliz...
Em algum lugar um homem poderoso
Está sentado em seu trono,
esperando a vida passar...

É este o mundo que criamos?
Nós o fizemos sozinhos!
É este o mundo que devastamos
Até não poder mais ?
Se existir um Deus lá em cima no céu,
Olhando cá pra baixo,
o que Ele deve estar pensando do que fizemos
Com o mundo que Ele criou

 

 

 

Essa música foi feita de propósito para o Live Aid mas  o mundo em todos os recantos do mundo, basta só olhar para Portugal ou na Terra Santa, mais não digo. Fica só a mensagem

(Para pensar e ouvir em especial com a música  cujo link postei em baixo e vem no dvd ou cd do concerto dos imperdaodres da música dado por eles em Wembley em1986)

É esse o mundo que criamos...

One ha milhares a morrer a fome e em guerras

E temos que os alimentar.

Porque ha sempre quem queira mais mal  que bem

É esse o mundo que criamos onde destruimos tudo até ao osso

De todas as formas imagináveis

E estamos errando

Nos esquecendo de todos

Nos esquecendo de pensar em nós e nas nossas crianças

Queimando tudo a nossa volta...

Mas há um Deus e está atento...

 

Quando o único e imortal Mercury fez essa peça única na música mundial estava deixar uma mensagem através dos anos, das décadas, dos séculos e dos milénios; mas todos  são surdos ninguem ouve essa tão pugente mensagem que foi feita de propósito para o Live Aid.

Mas nada mudou até ficou pior por isso não vejo os  telejornais parecem que as portas dos infernos se abriram ou se abrem em cada dia que passa espero que a justiça divina seja pesada para aqueles que estão destruindo o mundo até ao osso.

(Advertência: essa entrada tal como a outra anterior não é recomendada para pessoas sensíveis e/ou com doenças cardíacas ou neurológicas ou asma  e o nível da linguagem poderá descer em algumas linhas)

 

 

A GNR levou ontem a cabo uma operação onde resgatou duas crianças do sexo feminino com 12 e 14 anos duma discoteca clandestina que funcionava num bairro de barracas perto de Rio de Mouro, Sintra (sim a mesma Sintra património da humanidade).

Essa discoteca clandestina onde se exercia prostituição infantil nessa estrumeira da eurolândia que é a podre,velha e senil república portuguesa e era dirigida por uma vaca de merda que é de origem africana que apesar do abjecto crime que andou a praticar foi posta em liberdade e na mesma operação foram encontrados 11 tarados sexuais, 11 filhos duma puta que não tinham mulher em casa para os satisfazer sexualmente ou não tinham um par de mãos para se consolarem e tinham que fornicar com crianças para se sentirem mais "homens".

A GNR encontrou no clone de Sodoma e Gomorra além da pista de dança econtraram cubículos com preservativos que leva a concluir que a prostituição era ali feita sistemticamente e as crianças uma era branca e outra negra e assumiram que fuigiam de casa para se dedicarem a mais velha profissão do mundo nessa Sodoma e Gomorra dos tempos modernos.

Segundo as mais nova que é a branca os pais nem lhe ligavam nehuma e ainda sofria  maus tratos dos pais e ambas as crainças foram enviadas para o centro de reablitação da Luz, em Benfica por ordem do ministério público.

A GNR mobilizou 60 militares para acabar como esse crime nojento que foi posto a nu por uma denúncia duma criança que fugiu doutro colégio de reeducação da capital para se prostituir nesse mesmo bar e cuja  criança foi detida a tempo pela GNR, mas algo que não se mete nos  meus cornos é como a dona dessa Sodoma e Gomorra, essa vaca dum caralho que nem o dom da vida merece ficou solta, simplesmente não entendeo, talvez seja por ser negra ou pelo juiz ser um dos tarados que ferquentava a Sodoma e Gomorra que ela geria.

Mas voltando a podre,velha e senil república, se o presidente disse que ia fazer tudo para a protecção infantil já o segundo caso de violação descarada dos direitos da criança numa semana e o presidente e o govero o que fazem ? Coçam a frutaria que têm entre as pernas e se estão cagando mostrando a inutilidade do 25 de Abril e da república porque se é para acontecer coisas dessas mais valia nem ter havido o 25 de Abril e o antigo regime pagava os estudos universitários aos nativos das províncias ultramarinas bastando para tal só passar no exame respectivo enquanto os estudantes locais da metróple tinham que pagar tudo.

Talvez uma música dos imperadores da música (Queen) explique que se passa e que diz assim: "Se esse é o mundo que criamos (...) que estamos a gasta-lo até ao osso (...) pois estamos a agir mal (...) porque há as nossas crianças (...) porque ha um Deus e temos que pensar".

E essa obra prima da música é mais velha que eu ou que muitos que passam aqui dado ser dos primórdios dos Queen (por volta de 1973/75) e nesse mundo está visto que estamos a gastar o mundo até ao osso de todas as formas até das mais nojentas e mais improváveis que ninguem esperava ver (a música se chama  "Is The World We Created ... ?" , repaem como está na interrogativa) e vai ser uma das minhas primeiras perguntas sem resposta.

Volto a dizer: BASTA CARALHO, BOLAS DEIXEM AS CRIANÇAS EM PAZ.

Guardem um pedaço de céu para as crianças porque elas são puras de coração e de alma.

Se existisse alguma jusitça abaixo dos céus nada disso existia....

nada mesmo...

nada....

E deixo as minhas perguntas sem resposta: É esse o mundo que criamos ? Porque deixaram essa porca assassina solta ? Será que o juiz é um dos filhos da puta dos tarados sexuais que ferquentava a Sodoma e Gomorra ? Aonde está a reação do governo ? Aonde está a reação do presidente da república ? Qual a utilidade da república e do 25 de Abril para isso tudo acontecer ?

Como sempre vos peço para ler,comentar e divulgar

 

 

 

 

 

Post-Scriptum: Vos  agradeço a vossa compreensão pelos palavrões mas essas notícias me fazem sair do sério e tocar o mais violetamente possível nos dogmas da nossa "amada puta da república" .

 

(Advertência: essa entrada não é recomendada para pessoas sensíveis ou com doenças cardíacas, asma ou neurológicas. O nível de linguagem pode descer em algumas frases)

Alguns cidadãos ou cidadãs da podre,velha e senil república portuguesa aonde querem proibir a transmissão televisivo dum espetáculo que ja faz parte da cultura à algumas centenas de ano agora têm um novo passatempo muito mais mórbido que uma tourada espanhola.

Alguns filhos da puta se entretêm aa violar e a mal tratar crianças  de tenra idade e parece que ninguem na podre, seil e  velha república faz a mínima para que isso se evite nem vindo para a rua berra "Porra, Caralho Basta de tanta violência sobre as crianças" só se preocupando alguns desocupados com alguns touros ou com a retirada das escolas dos crucifxos e símbolos religiosos nas escolas porque isso tudo é mais importante que um monte de merda humanóide mal tratar ou matar uma criança.

Dessa vez uma "avó" resolveu queimar com ferro de engomar e com pontas de cigarro uma criança de dois anos e meio em Guimarães a fazendo cair no hospital local, dessa vez o hospital distrital não se calou e comunicou o suceido a PSP qu fez a comissão de protecção a criança e ao jovem se mexer e reteve a criança no hospital.

Ms acontece que a pobre criança vem dum lar em que os pais vivem um processo de divórcio litigioso e a CPCJ entregou o caso ao ministério público e a criança uma familiar em vez de a colocar num albergue e numa insituição de acolhimento dizendo que é cedo para tirar conclusões e que a criança agora não corre riscos.

Bem para esses nojentos parasitas da CPCJ o que é correr riscos a puta que queimou essa pobre menina a matar e a violar como foi caso da pobre Fátima Letícia e aí se mexem e vêm "coitadinhos" reclamar com a falta de meios, poupem-nos a isso nem as crianças merecem passar por esses massacres nem nós mercemos ouvir os vossos cinismos nem as notícias de maus tratos a crianças.

O presidente do grupo dos parasitas disse que a cirança não estava "sinalizada" havendo casos mais graves; bem para mim já de gravidade extrema qualquer mau trato exercido sobre uma criança e como esses montes de estrume separam níveis de maus tratos. Será que grave seria como a bebezinha de Valpaços que acabou no fundo do rio Douro, aí para esses animais já seria grave e mais vantajoso para as finanças públicas seria a extinção das CPCJ.

Guardem um pouco de céu na Terra para as crianças porque elas são puras.

Se existisse um pouco de justiça abaixo dos céus nada disso acontecia

nada mesmo .....

nada....

E deixo as minhas perguntas sempre sem resposta: Porque ninguem na rua berra para esses maus tratos pararem ? Para que servem as CPCJ ? Quando são extintas ? Não seria melhor essa pobre criança ser entregue a uma instituição ? Como épossível a CPCJ não considerar esse caso grave ? Porque o governo se calou ? Porque o presidente da república se calou ? Qual a utilidade da república ? Foi para isso acontecer que houve o 25 de Abril ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar.

 

 

 

Post-Scriptum:  Vos agradeço a vossa compreensão pelo baixo nível em algumas linhas mas essa entrada foi feita com a alma e não com a razão daí o descarregar de mágoas e de palavrões, mas há certos acontecimentos que fazem um cidadão perder a razão

Bem depois da crítica elogiosa a algo raro nos tempos televisivos que correm que é um programa decente vos venho falar dum suposto movimento que retirar as touradas das emissões televisivas, bem se querem fazer tal coisa  poderiam começar por extinguir o canal parlamento, porque aqueles bois da podre, velha e senil república saem mais caro a criar do que um boi para um espetáculo taurino.

Se esses aboliconistas tivessesm olhos mais abertos e vissem um crime feito pela tv cabo  a cerca de um ano quando por um suposto conflito contratural retirou o GNT-Portugal que era uma versão perosnalizada da globo internacional só para Portugal e nos impós um canal ligado a uma seita ou uma igreja (conforme for o vosso entidimento) que é Rede Record.

Se andam a retirar os crucifixos das escolas  e esses sendo um símbolo da cultutra nacional por uma uma suposta lei de liberdade religiosa mas cuja atitude só se acha igual na invasão da Polónia pelo 3º Reich, depois todas as religiões que têm comunidades em Portugal têm um espaço de meia hora na RTP-2 onde podem divulgar as suas iniciativas de culto e do nada aprece a Rede Record que é propriedade da IURD-aka irgeja universal do Reino de Deus; sim a mesma que queria comprar o Coliseu do Porto e comprou o Cinema Império e o café homónimo e causou 18 despedimentos.

Se o princípio da  igualdade se respeitasse a Record perdia o direito de transmissão por Cabo e a IURD se quisesse comprava o espaçao de 30 minutos na RTP-2 ou se aguentasse com os seus cultos nos cinemas tal como as outras seitas ou igrejas não-padrão.

Mas tinha que ter um canal nos impondo um culto minoritário, baixa qualidade televisiva e sobretudo violando a liberdade de culto de cada um e se colocando em vantagem perante as outras relgiões e ninguem diz nada só se preocupando com uns touros e com algo tão intircado na cultura portuguesa como o fado.

Esse movimento, de facto, deve ser de alguem desocupado e que ainda não captou que há coisas muito mais importantes que estarem contra um espetaculo quando há um canal de tv nos impondo um culto minoritário.

E deixo as minhas  perguntinhas sem reposta: Porque não há um movimento anti-Rede Record ? Porque vão contra algo de tradicional quando uma imposição em parte dos nossos lares ? Aonde está a liberdade de culto ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

Ontem na festa do caracol em Loures mais um caso com mortos e violência policial mas dessa vez o agente da autoridade não foi a vítima mortal mas sim o "pobrezinho ladrão" que morreu quando ele e o seu grupo atacaram o agente que estava fora de serviço e esse em legítma  desfesa calhou matar o ladraõzinho e agora como agente teria de ser morto por qualquer miliante sem hipótese de defesa por que caso se defendesse estava a agredir um cidadão não intergrado na sociedade em seu redor.

Dessa vez a imprensa se deixou de tabus e de dogmas e revelou a origem étnica dos agressores do agente da GNR que por se defender se encontra preso e do grupo de 6. Cinco eram negros, se desconhecendo se o morto conhecido pela alcunha de o "Cavalo" era negro ou branco; a mesma resfrega também causou uma ferida que  está presentemente internada.

Um cidadão fica pensar logo: primeiro se um agente das  forças de autoridades é um saco de boxe em especial para as minorias étnicas sem se podre defender: e se não pode defender por que tem armas e ja agora pra que existem postos da GNR ou esquardas da PSP nesses mesmos locais perigosos e não valia mais deixar todo ao abandono por que assim nem os pobres ladrões seriam mortes nem os agentes das  autoridades seriam agredidos e/ou correriam o risco de acabrem presos por defenderem a sua pele.

Mas aqui o bloco de esquerda e cromatina associada já vem gritar de boca cheia berrar coitadinho do "preto",mas se o "preto" fosse polícia ou um "preto" matasse um branco independentemente de sr polícia  ou não se calavam apesar de isso tudo serem manifestações de racismo se forem homícidos em sangue frio, masesse GNR que apesar de ter dados os disparos em legitma defesa ainda acabou espancado, esfaqueado e  preso.

Sim preso; porque só na podre, velha e senil república um agente da autoridade que actua acaba preso e os ladrões, mafiosos, potenciais terroristas e traficantes de  droga estão soltos a gozarem dos direitos dados pelo 25 de Abril que cada vez parece mais uma revolução dos patos bravos que subiram por de trás da cortina do que a revolta dos cravos; depois se queixam dos skins, frente nacional e outros semelhantes.

E o GNR ainda por cima está sujieto a levar um processo disciplinar, está visto só na podre, velha,senil e inútil  república portuguesa e ninguem quer de Belém quer da para-ditadura teceu a minima reação estando tudo a coçar a frutaria que têm entre as patas traseiras. Ir votar ou dar a vida pela república ? Nem que nasça um vulcão no rio Tejo eu farei qualquer uma das coisas.

 

E deixo as  minhas balas: Será por uma pessoa ser agente a autoridade tem que ser morto por um cidadão provieniente das minorias para que estes cidadão das minorias seja intergrado na sociedade como cidadão honesto ? Será que um agente de autoridade não se pode defender ? Será aque aqui o interessse nacional não estará em jogo ? Porque se prende um GNR quando ha tantos traficantes ou pedófilos soltos ? Será que na inspecção da administração interna consomem drogas forencidas por alguem das minorias ? Qual a utilidade dessa mesma inspecção ? Qual a utilidade da república e do seu presidente ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar.

Neste domingo na tão esquecida RTP-2 passou um concerto de música clássica que eu estava roído de curiosidade para ver desde que foi anuciado pelas revistas de TV e pela própria RTP que era o conerto Queen Sinphony, que segundo as mesmas publicações era uma sinfonia baseadas nas músicas dos imperadores da música mundial.

Eu pensei que iria ser mais uma adptação qual pan pipe moods mas em música clássica das melhores pérolas dos Queen deixadas para imortalidade das nossas almas mas foi uma daquelas doces e surpresas que uma pessoa talvez tenha uma meia dúzia de vezes na vida.

E o maestro turco que compos essa sinfonia pegou em abreturas de alguns dos melhores êxitos dos brilhantes e únicos britânicos liderados por Farookh Bulsara, mais conhecido por Freddie Mercury e dividiu a sua sinfonia em 6 movimentos ou partes deixando todos e todas agradavelmente supreendidos.

Espetáculos como esses devem passar mais vezes na TV portuguesa cheia de lixo como os morangos com açucar e outros pedaços de estrume semelhante, mas o mais curioso é como as composições musicais dum grupo de rock que no início como talvez dissesse Eládio Climáco "não fosse muito longe ou só interessasse a gente mais jovem (críticas aos Lordi e aos Abba) conseguem até ser adpatadas para música clássica deram origem a um muscial em Londres e tiveram um vocalista imortalizado cuja voz ainda não entrou igual no mundo da música mundial.

É estranho um grupo surgido em plena new wave e glam rock fazer tanto furor ainda paesar de ja terem passado quase 15 anos da partida do mundo dos vivos do seu líder e esses mesmo grupo na classifcção das músicas do milénio teve 5 entre as 20 melhores músicas  e lá não apareceu nenhuma "senhora ou senhor" da canção vindo despencando da eurovisão.

As vezes dar jeito a segundo canal sempre vemos espetáculos de sonho como esse concerto que me deixou surpreedido pela positiva, continuem assim.

Como sempre vos peço paraler, comentar e divulgar

Na conjução da Avenida Almirante Reis com a Rua da Palma memos no início da numeração da avenida com o nome do almirante que deu exemplo daquilo que a república deveira ter feito em 5 de Outrubro de 1910 , ou seja, dar um tiro no meio dos cornos ha um grupo de armazens de revenda que são conhecidos no bairro por venderem produtos eletrónicos,loiça, brinquedos, artigos de carnaval e/ou natal quando é época, e também artigos de pesca,mas mais recentemente algo me chamou a atenção pelo seu perigo potencial, numa das lojas se começou a vender caçadeiras de pequeno calibre (chumbos do tipo diábolo) mas que na zona do Intendente pode fazer muito estrilho e por ser para além do perigoso.

Achei estranho uma loja que me habituei sempre a vender artigos normais para um armazém de revenda que não sejam artigos de roupa e do dia para a noite começar a vender armas de fogo como se fosse vender canetas, mas o mais curioso escondiam um suposto MP3 com um espaço razaoável de memória e com rádio das vistas do público.

Vocês todos e todas ja devem estar a pensar que essa loja talvez seja da máfia ou ainda algo de mais pesado, talvez seja,porque o dono é de origem asiática, mas não indiana ou chinesa e faz marcação cerrada as empregadas e so quer mulheres nas lojas e pelo que vejo quando passo tem as suas favoritas.

Nem meto porque tenho a minha vida e cada um que se aguente com a sua mas a venda de armas de fogo numa zona perigosa como Anjos-Intendente é a  mesma coisa que por uma foca ferida em frente dum tubarão branco se conhecendo o historial de mafias de toda espécie aqui na zona e a desconfiança da existência duma suposta célula da al-qaeda.

E com esses argumentos todos ainda vendem armas de fogo nessa zona cheia de droga,máfias e marginais se chama pisar o risco, além de ser material para ser vendido em lojas muito específicas e não em simples armazéns de revenda e nem se sabe como uma licença de venda de material de venda perigoríssimo foi passada a uma firma dessas.

E agora vão carabinas sem chumbos: Porque um armazém de revenda vende armas numa zona sensível ? Será que é para finaciar alguma máfia ? Quem passou a respectiva licença ? Será que a fima tem licença para venda de tal material ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

Pág. 1/4