Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Opiniões e Críticas Secretas

Opiniões e Críticas Secretas

Quando soube plea primeira vez do negócio confesso que fiquei expectante para ver no que acabava e em especial depois da introdução da IURD na rede de cabo levtantando eu na altura a possível manobra anti-OPA.

Ambas os agregados económicos foram puxando a abrasa a sua sardinha com spin-off's e accionistas especiais a venderem quadros ao ministério da cultura com a intenção de terem algum capital de reserva para ver o que esta guerra dá.

E foi evoluindo até um dos contendores desse verdadeiro combate de luta livre americana começou a abrir buracos de alguma gravidade e dando a ideia que essa OPA é um peido, ou melhorando o nível da linguagem um flop ou um aborto espontâneo.

Esse contendor era o desafiador, a Sonae.com que possui o público, o clix, a novis e optimus e acontece que numa das susbsidiárias desse agregado económico começaram a surgir perjuizos graves, sinais de falência com o despedimento de boa parte do quadro de pessoal e essa subsidiária é o jornal matutino olisponense "Público".

Como não houvesse surpresas suficientes nessa luta de galos que têm mais dinheiro do que eu sonho ter na minha vida, o dono da Sonae.Com e filho do dono da casa-mãe Sonae, Paulo Azevedo tentando disfarçar um mau estar descarado na Sonae.com quem sabe possível falência vem com a intenção de retirar a OPA, mas a comissão de valores mobiliários recusa esse pedido, ficando dois impasses: uma OPA irrealizavel e nem Paulo Azevedo avançou um motivo suficientemente forte para que essa OPA fosse retirada talvez para esconder o estado de hipotética falência em que a Sonae.com estará.

E deixo as minhas perguntinhas: Quais as consequências laborais desse mau negócio ? Quem se vai aproveitar ? Quais as consequências para o país ? Não seria caso para o presidente da república o governo intrevir ? Até onde isso vai parar ?

Como sempre vos peço para ler,comentar e divulgar.

 

Hoje passa um ano dum dos dias mais dolorosos na minha vida que já leva 27 anos e me recordo sempre todos dias duma certa ida ao IPO-Lisboa onde sou seguido devido a padecer de epilepsia (fui lá parar graças as listas de espera) e nesse dia aconteceu algo que modificou a  minha forma de ver o mundo que nos rodeia e as relações interpessoais duma forma mais do que radical.

A realidade do cancro nas crianças sempre mexeu comigo, me tocou e toca na alma bem fundo ficando sempre aquela ideia que nunca se sabe se um filho ou sobrinho ou parente de tenra idade poderia estar ali, e nós estarmos apenas depedente de dois milagres: um da medicina o outro dos céus para salvar o nosso ente querido.

E a um ano levei algo smelhante a um choque elétrico de altíssima voltagem quando passei próximo do pavilhão do Lions Club no IPO-Lisboa que serve de recreio as crianças que em alguns casos desde tenra idade já têm que travar a luta das suas vidas.

Falar no que vi ainda me deixa a chorar apesar de ter passado um ano e quando calho ter que passar pelo dito pavilhão para ir a consulta de psicologia vou sempre de cabeça baixa a rezar entre os dentes para que Deus salve aquelas pequenas almas e lhes tire o sofrimento demasiadamente pesado para os seus ombros e por uma coinicidência que não lembra a ninguém; quanto mais penso nessas mesmas crianças passa por mim uma, duas ou até mesmo várias crianças que estão a enfrentar a luta das suas vidas.

Fico a pensar nos pais que nada podem fazer pelos seus filhos e o quão cruel pode ser a Deusa Gaia, a mãe-natureza que tanto pode ser capaz de nos dar tesouros e paraísos como pode ser cruel com aqueles que merecem menos sofrer essa crueldade extrema, por isso nunca me canso de fazer apelos para ajudar esses pobres anjinhos porque não sei se no futuro estarei no lugar daqueles mesmos pais e mães.

Para vocês verem o que senti a um ano atrás apenas vos deixo o link da dita entrada porque já a simples recordação me está deixar com lágrimas nos olhos e estou numa fase demasidamente tétrica da epilepsia na qual não me posso enervar, mas mesmo assim estou com lágrimas nos olhos só com a simples recordação daquele 30 de Setembro de a um ano atrás.

O link é este : http://reporter007.blogs.sapo.pt/155098.html e apenas vos peço para seguirem os apelos que la vêm pedidos e para lerem comentarem e divulgarem ambas os posts ou entradas.

Em nome dessas pobres crianças vos deixo o meu sincero obrigado.

De facto há coisas nessa podre,velha e senil república que acontecem sem explicação plausível e que espero que talvez vocês caros e caras fieis leitores e leitoras desse pequeno recanto de blogsfera sapal.

Começando pelos assuntos mais terra a terra começo bem mal por algo que ninguem etende que é a venda sistemática de haxixe e cannabis na rua Augusta, em Lisboa, sim há tráfico de droga em plena baixa pombalina feito por ciganos que atrás da máscra da venda de óculos de sol aos turistas cedem essa droga cuja qualidade já foi posta em jogo por vários jornais da nossa praça alguns deles bem conceituados e esse teste de qualidade foi feito em laboratórios policiais.

A venda decorre em boa parte dos casos debaixo dos olhos da polícia que nada faz dado estar de mãos e braços atados, porque caso fosse a agir ao estilo dos CSI's ou dos agentes do Alerta Cobra (séries de tv) seriam punidos por racismo e abuso de autoridade  e mesmo que os prendessem eles seriam soltos por algum juiz que muito provavelmente recebe algum quinhão do tráfico.

Mas não pensem que os factos estranhos das ruas da capital lisboeta ficam só por aqui, outro facto que notei é que os agentes da polícia municipal andam atrás de vendedeiras ambulantes de fruta, legumes ou peixe mas não adam atrás daqueles que vendem DVD's e CD's piratas e quando é feita alguma apreensão, os infractores apenas são identificados, ficando soltos para voltarem a fazerem o mesmo crime na mesma feira; mas se alguém é apanhado com uma cópia para uso pessoal já tem problemas com as autoridades e a dúvida que levantei no paragráfo anterior volto a levantar, ou seja, há conluio entre os infractores e as autoridades.

E continunado a lista de mistérios da podre,velha e senil república outra coisa que não entendo é como andam a caça das pequenas rifas com que se podiam ganhar relógios ou esferográficas e deixam que se faça jogo clandestino na rua da Palma ou se vendam cartões de jogos clandestinos nos cafés da imediação do Intendente com toda a liberdade ou como num aramzem de revenda vender caçadeiras no princípio da avenida Almirante Reis (a poucos metros do Intendente) e ninguem fazer nada.

Agora subindo o nível dos ataques, vou me atirar as sondagens de índole política que por obra e graça dum espirito qualquer colocam muito estranhamente o PS em primiero lugar apesar dos crimes verdadeiramente nazis que a para-ditadura socialista faz ou quer fazer, apesar da corrupção e despesismo descarado, os pacóvios dos portugueses eleitores ainda querem esse neo-fascista chamado José "Adolf Videla" Sócrates como primeiro ministro, ficando aqui o vosso reporter007/tron com dúvidas sobre a qualidade da sondagem e se chegou mesmo a haver sondadgem não sendo essa que uma maquinação informática.

Bem nessa não acho explicação plausível muito concreta sem ter que ir ao passado da pdore,velha e senil república; mais particularmente no espaço de tempo que decrorreu entre 28 de Maio de 1926 e 25 de Abril de 1974 e como foi possível uma população ter aguentado uma ditadura durante 48 anos que era tacanha, tosca e reduzida em termos mentais que atrasou ainda mais o já de si atrasado Portugal, sendo precisa implicitamente a intrevenção externa para que a tacanhez desaparecesse, mas a ditaura continua sendo outros os inteligientes que mandam nessa tourada chamada república portuguesa.

Cada vez mais Portugal se torna um case-study como diria o professor Bitaites do programa desportivo da RTP-N "A Liga dos Últimos" porque esses factos cada vez são mais inexplicáveis para um país de apenas 10 milhões de habitantes e outro case-stufdy é a introdução a força do inglês nas nossas escolas quais macaquinhos de imitação dos supostos padrões europeus se em muitos casos os nossos próprios cidadãos nem a língua materna falar sabem.

Para se detectar esses erros na língua-mãe nem é preciso se procurar muito, basta ver algumas respostas dos concorrentes dos concursos televisivos como a forma que os apresentadores dos telejornais dizem as noticias ferindo o ouvido mais sensível.

Outro mistério sem explicação é a insanidade do ministro das mortes, campos de concentração e afins Herr Doktor Josef Mengele, digo Correia de Campos que diz que vai fechar aquele hospital ou outro hospital e afinal sóo se limita a fazer obras de fundo nos ditos hospitias que quer fechar, os deixando funcionais dentro dos tão famigerados padrões europeus e se quisessem seguir esses padrões a letra ponham os remédios de escalão A de graça de novo e sem restrições por que é o que aconteces em todos os países da eurolandia menos em Portugal.

E deixo as minhas perguntinhas sem resposta: Como é possivel essas coisas todas acontecerem num páis dito do primeiro mundo ? Para que serve o presidente e república ? Foi para se assitir a essas violações dos direitos elementares que houve o 25 de Abril ? Do que serve a república se corta as mãos as forças policiais ? Porque a polícia da Câmara não prende e faz buscas profundas aos vendedores de material contra-feito ? Será que comem da mesma malga ? Como é possível ainda estar ame funcções o (des)governo da para ditadura socialista se comete tantas violações ? Como são feitas sondagens ? Como os portugueses ainda toleram essa para-ditadura ? Será que sofrem da doença do  Barão Munchausen ?

Como sempre vos peço para ler,comentar e divulgar.

Bem está visto que o Dr. Mengele da Lusa Pátria, digo Correia de Campos deve precisar com urgência de tratamento psiquiátrico ou algo semelhante por que nunca vi tanta insanidade junta num ser humano só nos últimos 60 anos.

Depois de ter criado um decreto que vai fechar as urgências hospitalares depois das 20:00, hoje saiu com algo que revela as suas pertubações mentais que a abretura durante 24 horas das farmácias hospitalares, o que implicitamente indica a manutenção do estatuto das urgências como têm estado, ou seja, abertas 24 horas.

Tal insanidade da a ideia que o Dr. Josef Mengele luso, digo Correia de Campos poderia seguir o exemplo do seu ex-colega Freitas do Amaral quando se demitiu da pasta dos negócios estrangeiros por supostos motivos de saúde quando se sabia que era uma forma de encpotar a submissão a ditadura iraniana, mas no cso do Dr. Morte, o caso é de saúde mais especifcamente saúde psiquiátrica.

Sim, saúde psiquiátrica por que ninguem com dois dedos de testa ao contrário do Anjo da Morte luso entende como pode fechar os hospitais as 20:00 e manter as suas farmácias abertas 24 horas por dia, uma coisa não liga com a outra simplesmente.

E o chefe da para-ditadura socialista que vem vindo a (des)governar a podre, velha e senil república portuguesa nada diz e o membro flácido do PSD que preside ao podre,velho e senil regime que nos foi imposto a 96 anos nada diz e estando claramente o interesse nacional em jogo.

Bem, o silêncio do membro flácido do PSD é de estranhar porque em 1987, quando o membro flácido do PSD era primeiro-ministro da podre,velha e senil república e foi o primeiro governo do mundo ocidental a reconhecer a existência da Letónia e dos outros estados bálticos e ter recusado o visto de entrada em Portugal ao líder da ex-URSS na altura que era Mikhail Gorbachov, levou com uma moção de censura por suposto perigo do interesse nacional e porque Cavaco Silva não receberia um aliado, entrementes para mal do governo de Cavaco Silva a moção criada pelo falecido PRD foi aprovada e o presidente da podre,velha e senil república da altura deu provimento a moção de censura dissolvendo a assembleia da república e provocando eleições antecipadas e a subida em grande do poder de Cavaco Silva.

Mesmo que Portugal soferesse uma hipotética invasão soviética por causa do acto de coragem de Cavaco Silva, tal não passaria de hipótese académica porque os norte-americanos na defesa dos comandos da NATO existentes em Portugal além da base das Lajes, esses cairiam em cima dos hipotéticos invasores soviéticos, sendo a razão do perigo nacional nada mais que conversa fiada.

Entrementes os anos foram passando e agora com os interesses nacionais e os direitos constituicionais a serem violados a descarada por essa para-ditadura socialista nem há uma única moção de censura ou repreensão presidencial mostrando e provando a inutilidade do cargo de presidente da república.

Só gostaria de saber quais os interesses escondidos por essa manutenção dos estado das coisas e que se escondem por de trás dessas brincadeiras que se fazem no sector da saúde por que são brincadeiras de maus gosto e sem graça nehuma que perigam a vida de todos nós em especial aqueles que não têm o cartão do  Clube Rose do Largo do Rato.

E deixo as minhas perguntas: Afinal os hospitiais fecham ou não as 20:00 ? Afinal em que ficamos ? Será que o ministro da morte, digo saúde está com a sanidade mental devida ? Porque se cala o presidente da podre, velha e senil república ? Foi para isso que houve o 25 de Abril ? Para que serve a república e o seu presidente ? Para nada ? Para que serve o parlamento ?

Como sempre vos peço para ler, comentar  e divulgar

A para-ditadura socialista que (des)governa a podre, velha e senil república cada vez surpreende mais no seu (des)governo e despesismo insano e ainda têm a lata para dizer que há funcionários públicos a mais ou que não têm dinheiro para as maternidades no interior ou para manter as urgências abetras 24 horas ou que não têm verba para os descontos a 100% dos remédios de Escalão A (doenças crónico-fatais) obrigando esses mesmos doentes pagarem parte dos seus remédios.

Mas o que veio hoje no correio da manhã num país desenvolvido seria motivo para dissolução da assembleia e eleições antecipadas, e foi um dos maiores picos do estado de ditadura de facto que Portugal vive nesse mesmo momento porque um cidadão ou cidadã normal não gasta 219 mil euros de assintaura do telemóvel a não ser que queira juntar pontos para ter um q-tek.

O cidadão anormal que fez esse gasto extremista de telemóvel foi nada mais nada menos que o chefe da para-ditadura socialista Adolf Videla Sócrates que denuciou onde se gasta mais dinheiro na função pública pelas suas próprias mãos sem ser preciso pagar a nenhuma comissão para que tal se soubesse, bastando apenas uma investigação mais funda do correio da manhã.

Com esses 219 mil euros faço 10 anos de chamadas de telemóvel ou compro um andar no bairro alto com 7 a 9 casas em segunda mão mas em boas condições e não é preciso procurar muito e o escândalo ganha proporções titânicas dado que o gasto de Adolf Videla Sócrates em telemóvel ultrapassa em muito o salário de George W. Bush que não é ca por coisas, é só o homem mais poderoso do mundo.

E esperam alguma coisa do membro flácido do PSD que é o inútil do presidente da república, esqueçam ele esta a coçar a frutaria que tem entre as patas traseiras em espanha e está a bajular a Letizia Ortiz, condessa de Burgos, que está a espera do segundo filho de Filipe de España Borbon Y Grécia, ou seja o segundo neto do rei de Esapnha dado pelo seu filho varão e pela sua nora plebeia e que pelo andar da carruagem talvez venha governar essa província espanhola renegada a 366 anos a serem cumpridos no 1º de Dezembro.

E os cidadãos e cidadãs da podre,velha e senil república se poem a pensar como uma besta do calibre de Adolf Videla Sócrates gastou tanto de telemóvel e ninguem diz nada, mas andam a cortar nos direitos sociais e a querer despedir funcionários públicos quando há sectores cronicamente deficitários como as finanças ou a administração interna onde existem polícias a fazerem o trabalho de administrativos em vez de estarem a guardar as ruas.

Agora o motivo dos despedimentos e da redução por reformas dos funcionários públicos já tem uma explicação plausível: o pagamento da conta de telemóvel do primeiro- ministro e outra história que eu e de certeza de alguns milhares de habitantes da podre,velha e senil república não entenderam nem 10 % : querem reduzir o número de funcionários da função pública mas ao mesmo tempo têm que lidar com um buraco nas contas da caixa geral de aposentações e para o resolver arranjaram uma solução verdadeiramente chocante e digna de Adolf Hitler que é por os funcionários públicos a trabalahrem até cair, bem e eu volto a pensar afinal o que querem fazer reduzir os funcionários públicos, tapar o buraco da CGA ou por todos a trabalharem até nem poderem se arrastar para a casa de banho, tudo perguntas sem resposta dum governo que nem governo é, mas sim uma para-ditadura que (des)governa essa república mais do que podre,velha e senil

Para ajudar o presidente passeia mostrando a inutlidade do seu cargo e não passando dum rei eleito tal como no sacro-império romano-germánico sem utilidade nehuma e menos utilidade tem o regime que preside porque não se entendem os cortes que esse (des)governo fez ou pretende fazer e os cargos de poder são muito mais bem pagos que nos Estados Unidos, enquanto a posta restante não ganha para a cova dum dente.

E deixo as minhas perguntinhas tóxicas: Qual o motivo de tantas chamadas de telemóvel pagas com o nosso suor ? Porque o presidente não se manifesta ? Com o interesse nacional em jogo já não seria tempo de Videla Sócrates dizer adeus ao poleiro ? Qual a utilidade da república e do seu presidente ? Será que foi para isso que os Capitães de Abril arriscaram o coiraõzinho na maquinação feita pela CIA e pelo KGB chamda revolução dos Patos Bravos, digo Cravos em 25/04/1974 ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

Sei que o texto é repetido mas pensem nem e não só também no video anexo:

Is This The World We Created?
Queen

Composição: Brian May e Freddie Mercury

Just look at all those hungry mouths we have to feed
Take a look at all the suffering we breed
So many lonely faces scattered all around
Searching for what they need

Is this the world we created?
What did we do it for?
Is this the world we invaded
Against the law?
So it seems in the end
Is this what we’re all living for today?
The world that we created

You know that every day a helpless child is born
Who needs some loving care inside a happy home
Somewhere a wealthy man is sitting on his throne
Waiting for life to go by

Is this the world we created?
We made it on our own
Is this the world we devastated
Right to the bone?
If there’s a God in the sky looking down
What can he think of what we’ve done
To the world that he created?

 

 

Tradução:

 

Pense só naquelas bocas famintas
Que temos que alimentar.
Dê só uma olhada em todo o sofrimento
Que originamos.
Tantas faces solitárias espalhadas por todo lado
Procurando o que precisam.

É este o mundo que criamos ?
Pra que o fizemos ?
É este o mundo que invadimos
contra a lei ?
Assim, parece que no fim das contas,
será que e por isso que estamos vivendo hoje ?
O mundo que criamos...

Você sabe que todo dia
Nasce uma criança indefesa,
que precisa de um pouco de carinho
Dentro de um lar feliz...
Em algum lugar um homem poderoso
Está sentado em seu trono,
esperando a vida passar...

É este o mundo que criamos?
Nós o fizemos sozinhos!
É este o mundo que devastamos
Até não poder mais ?
Se existir um Deus lá em cima no céu,
Olhando cá pra baixo,
o que Ele deve estar pensando do que fizemos
Com o mundo que Ele criou

 

http://www.youtube.com/watch?v=OM0g-7sZeSo

 

Pensem nessa música e naquilo em que Portugal se está a tornar  e se não se tomarem medidas urgentes vamos ter uma música semelhante, é que esta música foi fieta para o Live AId mas é tão actual

Deixo apenas o mesmo pedido de sempre para lerem, comentarem e divulgarem.

 

O Dr. Mengele da Lusa Pátria, digo Correia de Campos, que se deve julgar algum assassino em massa do 4º Reich Socrático porque não vejo mais nenhuma explicação plausível para as atitudes que toma, tomou ou quer tomar.

Através do seu pau-mandado, digo, o vogal da direcção-regional dos enterros rápidos, exucuções por injecção letal e afins, perdão, saúde; fez um memorando onde diz que o Dr. Morte, perdão, Correia de Campos quer fechar todas as urgências ou pelo menos parte delas a partir das 20:00, deixando um cidadão normal a pensar se eu tiver um acidente as 20:01 ou um enfarte a mesma hora quem me vai atender; bemn aí eu respondo o agente funerário da sua rua.

Segundo o mesmo memorando diz que é uma tradição pouco em voga na Europa mas que porra temos a ver com os outros países, mas sei onde existem essas "tradições" : Somália, Sudão, Eritreia entre outros do mesmo desenvolvimento humano (assim se prova que o 23º  lugar dado no IDH está completamente errado e seria mais adequado ao nosso país o 123º).

Mas nesses países os hospitais fecham por motivos de segurança e não por motivos economicistas como no caso português que quer empurrar os cidadãos e cidadãs para os remotos SAP's que também estão a ser encerrados ou ainda para ad eaternum hiperlotados centros de saúde que agora na época da gripe são pastos de doenças além de muitos deles nem espaço para uma botija de oxigénio para ser administrada a quem tenha um ataque de asma ou um enfarte.

E os centros de enterro rápido, digo saúde, são a melhor forma de espalhar a gripe das aves "melhorada" porque simplesmente a temida fusão entre gripes já está acontecer na Ásia e graças a sua longa incubação (15 a 20 dias, o tornando no retrovirus com 3ª mais longa incubação só ultrapassado pelo HIV e pelo virus da varicela) pode chegar a Portugal num avião vindo da Ásia e sem darmos por isso umas boas centenas de portugueses e portuguesas, os párias sem cartão do Club Rose do Largo do Rato vão cair que nem tordos e convem para o governo que sejam os desempregados, os velhos, as crianças, ou seja aqueles que dão perjuizo ao estado, mas jamais os membros do PS ou do Governo ou ainda se tem que proteger o membro flácido do PSD que mais parece militante do PS que para nosso azar é presidente da podre,velha e senil república.

E assim vai a saúde da Etiópia para-fascista da Europa porque democracia em Portugal, só todos voatrem em massa nulo ou branco ou se baldarem em massa as eleições porque a merda que está nos boletins tem toda o mesmo cheiro fétido a corrupção republicana.

E deixo as minhas injeccções de ar que para ver se essa república cai para o lado com um enfarte: Porque querem fechar os hospitais a noite ? É para os encher de dia ? Há algumas agências funerárias a receberem algum por fora com essa medida ? Um direito constituicional violado e o interesse nacional em jogo, isso não é motivo para dissolução da assembleia da república ? Aonde está o membro flácido da república e do PSD ? Qual a utilidade do presidente da república e do seu presidente ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar.

Ontem no Biography Channel, passou a biografia do imperador da música, Farookh Bulsara, conhecido depois por nós como Freddie Mercury e nessa biografia de apenas 60 longos e dolorsos minutos deu para ver como o grande Freddie tocou a todos e a todas com o seu talento único que ainda passados esses 15 anos, praticamente uma geração, ainda não apareceu igual.

Se saudade matasse muitos dos habitantes da Terra morreriam só da eterna saudade do imperador da música e essa saudade toca tanto os famosos como Robert Plant ou Liza Minelli como os vulgares mortais como eu ou algum de vocês caros leitores ou leitoras desse blog que devem ser fans dos míticos imperadores Britânicos.

O talento sem par deixa saudades em todos de todas as gerações e como bem disse no mega hit do seu mítico grupo, Queen, "Radio Gaga" que o mundo vai ver as suas estrelas através de videos e por tv's e por esse meio se sente um sentimento contraditório em especial os fans dos Queen e de Freddie ou dos outros membros restantes dos Queen que é uma alegria de o ver ali a nossa frente no ecrã e ao mesmo tempo uma tristeza extrema de não o termos entre o mundo dos vivos para nos fazer berrar quer pelo nosso clube ou seleção, ou até por um simples bis ou encore.

Grupo como os Queen e uma voz como a de Freddie que se adaptava tudo que era música não deve aparecer nos tempos mais próximos e uma geração ja passou a ainda não apareceu ninguem e duvido muito seriamente que apareça alguem igual nas próximas a não ser que os nossos filhos ou netos tenham uma sorte doutro mundo e vivam a magia de ouvirem outra voz tão boa como a de Mercury.

Não deixo perguntas dessa vez e apenas esse desabafo de alguém que gosta daquilo que gosta e que por acaso é música de alguem talentoso o suficiente que cantou tudo mesmo desde ópera a heavy metal.

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

Qaundo eu tinha a idade de muitos dos vossos filhos, irmãos ou primos mais novos surgiu uma polémica nas revistas disney portuguesas que eram editadas por uma editora metade brasileira-metade portuguesa que com as voltas e contra-voltas do mundo do capital se transformou na actual Impresa.

Mas na altura que só editava banda desenhada até existia um programa chamado o Clube dos Amigos Disney, cheio de concursos e séries além das últimas novidades do mundo Disney, além dos momentos musicais.

Durante a existência desse programa surgiu uma polémica entre os professores de português, professores primários e linguistas por que as nossas crianças só falavam com sotaque brasileiro  (ai credo, que feio) e a editora resolveu traduzir para o mui nacionalista português de Portugal e a situação até ultrapssou a existência da editora que passou por montes de mudanças e a existência do dito programa que era na RTP-1 e era apresentado por Júlio Isidoro ter sido substituido por programas de qualidade duvidosa.

Tive uns tempos sem pegar em banda desenhada Disney ou em livros mais recentes e nos últimos tempos voltei a pegar neles e nem quis acreditar quando vi demasiados termos americanos, não havendo a adaptação a sociedade nacional como havia nos anos 80 e início de 90 do século passado e os mesmos linguistas agora se calam.

Estranho não acham ou querem retirar o português como lingua oficial dando a origem a uma lingua de fusão com o ildiche (alemão + hebraico falado pelos judeus de origem germânica) onde se funde o inglês quase dado a força nas escolas e cuja utilidade é duvidosa porque eu quando entrei para o liceu nunca tinha tido inglês de primária e tinha melhores notas que os meus colegas que tinham tido esse "previlégio" + o espanhol e uma gotinha de português dando a mesma cacofonia que se fala em algumas zonas da ilha de São Miguel.

Talvez esses linguistas estejam consolados com o novo brinquedo chamado mirandês e nos querem por todos a falar mirandês porque depois do falar à brasileira ter sido considerado contra-natura agora a lingua mater também o vai ser devido tanto a padornização à europeia pondo as nossas crianças a falarem inglês como se tratassem de papagaios e que tanto a banda desenhada e alguns canais da rede de cabo ajudam a festa.

Desculpem algumas cabeças mais liberais, mas em questões de língua perferia mil vezes falar à brasileira do que ser obrigado a falar inglês no meu país a não ser que Portugal se torne em mais um território governado pelos Windsor que nem ingleses são mas sim de origem germânica.

Como sempre deixo as minhas perguntinhas sem reposta: Porque agora os linguistas não vêm falar para a rua que querem uma banda desenhada 100 % nacional ? Estão a dormir ? Por que no passado não deixaram que se falasse à brasileira ? Será que Portugal vai ser colónia inglesa ?

Como sempre vos peço para ler,comentar e divulgar

Pág. 1/6