Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Opiniões e Críticas Secretas

Opiniões e Críticas Secretas

No modelo e no continente estão a venda umas T-Shirts para ajudar as crainças nas pediatrias, apenas custam cinco euros e é por uma boa causa

 

 

 

E em nome dos meus colegas de luta do IPO:

 

 

OBRIGADO POR COMPRAREM PELO MENOS UMA DESSAS T-SHIRTS

Bem meus amigos e minhas amigas em Portugal, em especial em alguns tribunais parecem que andam metidos no tinto ou algo mais forte porque no tribunal da Marinha Grande, em Portugal, fizeram algo que parece ter saído da vila do Entroncamento ou de alguma obra perdida de Franz Kafka.
No tribunal da comarca da Marinha Grande soltaram dois ladrões apanhados com a mão na massa a gamarem cadeiras dum armazém pelo motivo que as testemunhas não conheciam os ladrões embora os tivessem reconhecido em tribunal.
De facto penso que cada vez mais os tribunais em Portugal parecem estarem bêbados ou sobre o efeito de alguma substância esquisita e que altere a mente ou então há algum fenómeno estranho porque não se compreende esta sentença, mas se estando em Portugal se espera tudo porque quando há bancos que roubam, um primeiro ministro comprado, alguns árbitros comprados por umas noites bem passadas com fruta, chocolate, café com leite, rebuçados e chupa-chupas daqueles com peito 40 que são vendidos em casas de mercearias finas como o Elefante Branco, O Calor da Noite e outras lojas especializadas em ajudar os homens do pito, perdão, apito.
Tenho que pensar seriamente se não será mais útil para uma pessoa assaltar um banco ou uma repartição de finanças porque a trabalhar ninguém fica rico e muito menos se safa porque neste país de bêbados, se ganha mais a roubar do que a trabalhar e outro exemplo é saber como um primeiro-ministro que ganha 5 mil euros compra a pronto um andar na Rua Brancamp, ali para o Marquês de Pombal, à pronto e ainda comprou uma arrecadação no mesmo prédio que fica colado as traseiras da sede da seguradora Zurich que é um prédio que parece um caixote metido dentro duma fachada arte nova, mas está bem enjorcado, o que não se entende como cinco mil euros dá para comprar um andar que vale mais ou menos um milhão de euros.
Deu para entender que esta compra foi feita com a verba do suborno do Freeport embora ninguém saiba ou queira saber donde veio o dinheiro, mas se um de nós ganhasse o euromilhões e comprasse um andar de nível semelhante seria considerado enriquecimento ilícito, por acaso nestes 35 anos de suposta democracia, aprendi a não me surpreender com as grandes negociatas que acontecem nesta república e que me deixam cheio de inveja porque não tenho nenhuma percentagem dessas negociatas nem que sejam uns 5 % o que me daria um jeitão.
Nem sei o que dizer mais sobre Portugal, apenas sei que nada sei a não ser que eles comem mesmo tudo, tudo; e não deixam mesmo nada para ninguém sem serem eles e assim vai a democracia que já entrou de certeza na menopausa ou então entrou naquela fase em que as mulheres comem tudo o que mexe e tenha menos de 20 anos.
E ficam as perguntinhas de sempre: Afinal o que é isto ? O que se passa nos tribunais ? Está tudo bêbado ? Afinal a democracia é o quê ? Quem anda a ganhar mesmo e quem não ganha nada ? Será que temos vir para a rua correr com os filhos da mãe ? Até onde isto vai parar ? Será que para alguma vez ?
 

Duas sobre o Pito Dourado, perdão Apito Dourado:

 

Todos os envolvidos no Caso do Envelope no Apito Dourado foram absolvidos e quer seja Pinto da Costa, António Araújo e o árbitro José Guímaro já se podem encontrar a vontadinha, e se a vergonha pagasse imposto em Portugal, Portugal seria um off-shore

 

Um tribunal inglês travou uma investigação a contas de Pinto da Costa em off-shores e depois do caso da Maddie e do Freeport já chega de tantos ingleses

 

 

E Chavez apenas tem duas palavras: Mierda Carajo
 

Mais uma barreira passei, posso estar sem casa, a morar numa pensão infernal mas ainda tenho inspiração para esse blog, obrigado pelas vossas visitas

Há algumas semanas um dos colunistas do Diário de Notícias (e também parte do programa Governo Sombra da TSF) foi processado pelo Primeiro Ministro José Sócrates porque este colunista comparou Sócrates a falar de seriedade era como a Cicciolina a falar de monogamia e o pensamento é:

 

 

O mal não está no colunista do DN ser processado, mais me admira como a Cicciolina não o processou


In: Três Minutos de Vida

Luís Filipe Borges

Rádio Clube Português
 

Nestes dias pela rádio soube de mais uma façanha de uma instituição do (des)governo chamada Autoridade para a Modernização Administrativa, antes chamada Secretária para a Modernização Administrativa e essa façanha foi feita na Loja do Cidadão de Faro.
Num memorando enviado para a dita Loja do Cidadão onde são impostas normas na indumentária das funcionárias da dita loja: estas normas parecem saídas de alguma Fatwa dos Ayatholas ou algo semelhante porque as pobres funcionárias não podem ter roupa decotada (mesmo com o calor a chegar), não podem usar lingerie escura (ai que pecado todos nós vemos as calcinhas pretas das funcionárias embora eu nunca tenha reparado em nada), não podem usar perfumes fortes (ou seja é melhor cheirar a sovaco, blegh) nem andar de sapatos de salto e tem que usar saias abaixo do joelho e essas medidas é para aumentar a qualidade de atendimento.
Bem me pus a pensar se o meu recorde de espera na Loja do Cidadão são 310 números quando tive que ir a segurança social da Loja do Cidadão dos Restauradores em Lisboa e muitas das funcionárias tinham saia abaixo do joelho e nunca mais despachavam serviço, por isso não deve ser por isso que o atendimento vai mudar, e depois aquelas coitadas não foram muito dotadas de dotes de beleza.
E em termos de indumentária poderiam mandar bitaites as turistas que se descalçam e põe os presuntos na cadeira da esplanada na Pastelaria Suiça como aquilo fosse delas mas se um português fizesse o mesmo era de certeza expulso da dita pastelaria e é essa tão típica normal regra de comportamento submisso dos portugueses perante os turistas e os nacionais que se fodam, bem está visto que no ano em que o 25 de Abril vai fazer 35 anos está tudo esquecido porque uns são mais iguais que outro e parece que os jacobinos do (des)governo em vez de se preocuparem em ser honestos estão mais preocupados com coisinhas de nada em imposições dignas da indumentária que os alunos do liceu eram obrigados a usar quando quando iam fazer exame e pelo que sei essas regras já caíram em desuso com a suposta mudança de regime mas parece que o regime nem mudou muito.
E ficam as minhas perguntas de sempre: Porque as funcionárias da Loja do Cidadão de Faro não podem usar sapatos de salto ? Porque não podem usar perfumes ? O cheiro a sovaco é algum ponto de interesse turístico ? Estamos em alguma república semi-islâmica ? Estão a gozar com cada um ? Afinal aonde está o espírito de liberdade ? Será que as pessoas perdem a vez nas Lojas do Cidadão por olharem para as mamas e para as ratinhas das funcionárias ? Que mentes doentias tiveram essa ideia ? Anda tudo bêbado ? E se fossem beber água ?
Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar
 

Pelo que se sabe e pelo que se vê, meus amigos e minhas amigas o grande ícone da presente para-ditadura socialisto – maçónica que chefia o (des)governo deste pedaço de terra a beira-mar plantado volta as parangonas da imprensa do país porque o ministério da má educação pegou em imagens dos alunos da escola básica de Castelo de Vide que eram para reflectir a utilidade do dito computador com nome de navegador e até que foram pedidas e dadas as respectivas autorizações, mas de certeza que os pais dos miúdos desta escola não pensariam que as imagens com os seus filhos seriam usadas como propaganda eleitoral do morangal do clube da rosa do avental do Largo do Rato.
A escola e os pais dos miúdos pediram contas mas ninguém do ministério explica e neste ano de 2009 onde o 25 de Abril cumpre 35 anos, imagens de jovens são usadas como propaganda do regime tal como eram usadas nos tempos tenebrosos do estado novo e a comissão de protecção de dados também nada diz e ninguém diz nada mas que houve abuso, isso houve.
Nada se diz e ninguém sabe de nada embora se tenha feito um acto salazarento de propaganda vil onde crianças que nem idade para votarem num clube de futebol têm, são usadas como carne para o canhão do carnaval de eleições como vai ser este ano, numa descarada falta de ética por parte dum partido que se diz e se afirma como democrata, mas afinal é tão democrata como a União Nacional liderada por Salazar que tal como Adolfo Videla Sócrates são homens do momento, a única diferença é que Salazar supostamente morreu embora Salazar seja mais falado agora que morreu do que quando era vivo.
Enfim os maus hábitos custam a passar e então aqui em Portugal não passam mesmo de moda apenas ficam mais refinados porque a repressão afinal continua e a única diferença é que no tempo da velha senhora os repressores eram conhecidos e agora ninguém os conhece embora sejam mais que muitos e essa cena mal contada e esquisita demais para o gosto dos seres humanos normais.
E como coisas esquisitas em Portugal aparecem como os cogumelos normais crescem num Outono normal com chuva quanto baste e vão continuar a aparecer enquanto as entidades de fiscalização só querem ver o que lhes apetece e não vêem o que devem ver como estas graves violações do direito de privacidade de cada um quando a imagem de crianças é usada como propaganda de qualidade duvidosa porque ainda não chegamos ao carnaval eleitoral já estão a caminhar para a ignorância.
Tristeza ver essas atitudes e como querem que os eleitores tenham a estupidez de votar em alguém quando os candidatos usam meios maquiavélicos para se fazerem eleitos a qualquer preço sem olhos para diferenciar o certo do errado; o moral do imoral porque para estes senhores do clube do morangal é mais importante uns tachinhos para os amigos do que respeitar a lei e ainda têm a lata de se afirmarem democratas, ora vão passear para dizer vão a merda (ops já disse), e para termos democratas destes não precisamos do professor de Santa Comba para nada e por acaso até que o primeiro engenheiro dá ares a uma das irmãs do professor de Santa Comba que mandou e desmandou tal como o primeiro engenheiro, enfim coincidências.
E ficam as minhas perguntas de sempre: Aonde está o respeito da lei ? A quem serviu o 25 de Abril ? Quem ganha com isso ? Quais são os interesses escondidos ? Quem permitiu esta violação ? Para que serviu o 25 de Abril ? Para que serve a Comissão de Protecção de Dados ? Porque todos se calam ?
Como sempre vos peço para, comentar e divulga
 

Médicos chineses detectaram um doente que viveu 35 anos com uma agulha espetada na nágueda e isso nem novidade nenhuma porque o primeiro-ministro português parece que está com uma vassoura espetada no mesmo sítio há 40 anos.


Luís Filipe Borges

In: Três Minutos de Vida

Rádio Clube Português
 

Meus amigos e minhas amigas, na 25ª jornada da primeira divisão do futebol da Lusitânia Pátria, os homens do apito tiveram mesmo inspirados numa arte em que o caso BPN é uma obra-prima, ou seja, nas artes do furto porque pelo que ouvi na rádio não houve jogo onde os homens do apito não metesse a pata na poça e com força prejudicando algumas equipas com certas aspirações a baterem o pé a quem está por cima.
Embora eu não fale muito de futebol neste recanto, não posso ficar calado quando a pouca vergonha que se passa no mundo da bola é uma cópia escarrada do que se passa no mundo real, sim, anda meio mundo a roubar outro meio e os grandes mafiosos escapam sempre como foi exemplo o arquivamento do Pito, desculpem, Apito Dourado onde apenas um clube foi lixado e com força, o Boavista, e o verdadeiro beneficiário com esta pouca vergonha, o Futebol Clube do Porto só foi penalizado em 6 pontos ficando na primeira liga.
Como podem ver cada vez há menos gente séria no mundo da bola e nem sei quem ganha com isso mas quando se arquiva um caso tão podre como o Apito Dourado e se deixa casos como o Freeport ou Casa Pia se arrastarem sem nada se saber sem haver punidos porque os envolvidos são senhores da alta roda, e no mundo da bola há muitos grandes da construção e da política metidos nos clubes que foram e são realmente ajudados e uma prova clara dessa mistura é o jantar anual entre o Padrinho Pinto da Costa e os deputados portistas.
Que senhores tão sérios e ainda querem que uma pessoa vote ou vá a bola quando o cheiro a roubalheira empesta tudo que seja poleiro seja na bola ou no mundo real deixa cada vez mais o vulgar mortal com menos vontade de cumprir os chamados deveres cívicos porque estes mesmos mortais não têm nenhum direito cívico e com essa lei onde a lei é roubar em grande apenas queria saber do que adianta se ser sério se a roubalheira é arte e até atem uma associação da classe onde todos se tapam uns aos outros e a pouca vergonha continua e não há ninguém com os colhões no sítio para repor a honestidade neste país porque os colhões que houve há 35 anos mirraram de tal maneira que nem com mil caixas de viagra voltam aquilo que eram.
E depois do que se passa nos clubes e nas ligas profissionais é ver aquele senhor que pensa que é selecionador nacional mas afinal percebe menos de bola do que um leitor dum qualquer diário desportivo vem com ar muito importante a dizer que os jogadores do Glorioso não prestam para selecção enquanto estes mesmos jogadores mostram aquilo que o Sr. Queiroz não é, serem bons profissionais embora roubados pelos Srs. Do pito, perdão apito.
Sim estão tapados porque o Padrinho almoça todos os anos no parlamento com os deputados que são seus afilhados e mais nenhum presidente de clube tem tamanho descaramento e ainda ninguém quis ver que estes jantares ou almoços têm pito perdão apito de platina no bico, mas enfim é a república que temos que cada vez tem mais inocentes políticos e o pilha galinhas é que é o filho da puta e os outros são filhos duma virgem.
E ficam as minhas perguntinhas: Quem ganha com isso ? Para quando honestidade em Portugal ? A honestidade paga imposto ? E se paga como se chama o imposto sobre a honestidade ? Quando acaba esta baderna ? Porque todos se tapam ? Quem os destapará? Aonde param os colhões em Portugal ?
 

 

Parece-vos para vocês, meus amigos e minhas amigas que é propaganda de alguma firma ou qualquer marca comercial, mas não é mas sim é o relembrar de duas datas que por capricho do destino fazem 20 anos no mesmo dia e ambas são datas em que uns quantos pediram direitos humanos e as autoridades caíram em cima destes heróis porque pediram o que é seu por direito.
Passam 20 anos do massacre de Tienamen quando o governo maoísta da China vermelha ou China continental veio com tanques para cima de estudantes desarmados e apenas queriam liberdade para se exprimirem, liberdade para serem pessoas e não massas ao serviço do Big Brother do estado e muitos foram assassinados e outros muitos tiveram que fugir pela sua vida e o mundo ainda fala a China vermelha como nada houvesse; e passam vinte anos do infame dia dos Secos & Molhados quando os sindicatos da polícia que na altura eram apenas associações sócio-professionais tiveram os seus dirigentes presos e os seus membros foram corridos duma das principais praças de Lisboa a bastonada, balas de borracha, cães e canhões de água dos seus próprios colegas polícias que foram enviados pelo governo do actual presidente da república.
E vocês me perguntam o que ambos os eventos têm em comum além da data, bem, o que têm em comum é que tanto nas condições da polícia como na falta de liberdade na China vermelha continua tudo na mesma, ou seja, os maoístas mandam e desmandam na China continental e matam quem os contesta e a polícia nem pode fazer greve e muitas esquadras nem casa de banho têm, nem sequer instalações separadas para homens e mulheres para mudar de fardas.
Como podem ver ambos os acontecimentos são coincidentes e nada mudou, portanto, é porreiro pázinhos; nem a polícia em Portugal tem direitos e nem há direitos humanos na China vermelha e segundo alguns membros dos sindicatos da polícia que caso a polícia se manifestasse com a mesma força como no dia dos Secos & Molhados, o Führer Sócrates carregava da mesma maneira como o governo da laranjada do Algarve carregou; está visto que os cravos murcharam há muitos anos e as massas são amassadas por estes filhos da puta que apenas querem ajudar os seus e cozer as massas.
Muitas vezes me ponho a pensar que mundo é este que a humanidade criou quando se mata uma democracia num país e noutro a democracia é negada e por detrás na busca por mão de obra escrava abrem as portas aos maoístas e fecham os olhos aos crimes feitos pelo regime da China vermelha que só acham paralelo nos crimes realizados pelo 3º Reich nos tempos da Segunda Guerra Mundial.
Se eu não acreditava muito nesta república podre, velha e senil agora ainda menos acredito porque uma república que nega direitos não tem direito a deveres cívicos, ou seja, a melhor forma que temos para boicotar esse regime corrupto é uma massiva abstenção ou um número massivo de votos nulos e brancos para que esses aventais que nos roubam tudo e mexem os cordelinhos por detrás da cortina fiquem a saber quem verdadeiramente manda, para saberem quem detém o poder desde o 25 de Abril de 1974, sim o povo.
Sim o povo pode derrubar esta república com um sopro não votando ou votando em branco para que os aventais entrem em pânico e tudo que está torto fique direito nem que seja a força.
E ficam as minhas perguntas: Aonde estão os direitos humanos ? Porque não se isola a China vermelha ? Será preciso outro dia dos secos e molhados para se ter direitos na polícia ? Será preciso outro 25 de Abril ? O que foi feito do 25 de Abril ? Aonde param os cravos ? Do que nos serve essa república e o seu presidente ?