Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Opiniões e Críticas Secretas

Opiniões e Críticas Secretas

Como não bastassem as cenas do come-bananas da Madeira e as inúmeras vezes que o governo da república mete os pés pelas mãos que são demasiadas para apenas 100 dias de governo, temos outro evento estupidamente ridículo a lista: um advogado meteu um processo em tribunal e pede como pagamento compensatóro nada mais do que o carro de Estado da Ministra da Justiça.

Indo ao assunto; tudo começou com uma apreensão de dinheiro numa operação contra o tráfico de droga da  Direcção Central de Investigação ao Tráfico de Estupefacientes (DCITE) da Polícia Judiciária e onde segundo a investigação descobriu alguém se afimabrou com a massa da apreensão (como não soubessemos nem que seja via lenda urbana que as polícias ficam com parte das apreensões) acontece que o dinheiro estava parte na casa do acusado e outra parte na casa do sogro do acusado que era a antiga coordenadora da DCITE, acontece que depois do processo estar a decorrer, os 94 mil euros do acusado desapareceram no ar da 3ª Vara Criminal de Lisboa e se soube das massas desviadas nas apreensões depois da prisão da coordenadora do DCITE para confirmar pelo menos parte desta lenda urbana que ao fim das contas tem a sua dose de verdade e agora o advogado do otário que ficou sem a massa exigem a quantia de 86.408,50 euros (provavelmente já contando com os repectivos honorários incluídos), importância a tal deve ser a massa do otário que ficou com as calças na mão e acontece que ao fim das contas o tribunal em causa não tem pilim para pagar a devolução e a coisa está tão, mas tão lixada que já se chega ao ponto de exigir a penhora do carro da ministra da justiça, Paula Texeira da Cruz; pelo simples motivo que o mesmo minstério tem feito ouvidos de mercador desde de Outubro de 2009, que foi a data que saiu este acórdão, e o ministro socialista da justiça nada fez e passou o abacaxi para o presente governo, mas mesmo assim o antecessor da minstra Paula da Cruz deixou o seguinte "recado" :

« A única reacção surgiu por parte do gabinete do ex-ministro da Justiça Alberto Martins, na sequência de uma notícia do PÚBLICO de 18 de Agosto do ano passado, dando conta do caso. No dia seguinte, num "esclarecimento sobre a notícia", o ministério deixava implícito que o pagamento só poderia ter lugar, caso fosse requerido pelo próprio tribunal. "Embora o interessado tenha apresentado petição a diversas entidades, incluindo o Ministério da Justiça, a execução da devolução só pode ser accionada a partir da instância judicial competente, não podendo nem devendo o Ministério da Justiça exercer interferência processual", justificava o referido esclarecimento.»

Pois bem acontece que o tribunal em causa através da juíza que tinha este processo em mãos escreveu ao Ministério da Justiça para que a massa em questão fosse reposta, mas qual quê, da massa nada e mudou o governo e massa nada e já se chegou a este ponto, bem  que não me deixa espantado de todo, bem pelo contrário, é uma situação tão normal como eu beber café ou água porque até se vu na cena kafkiana saída do processo de Isaltino Morais que tinha perdido um recurso voltou a recorrer por duas vezes e quando o último recurso seria suspensivo sobre todo o processo, foram decretar a prisão do edil de Oeiras sem saberem em teoria de outro recurso e quem sabe isto pode ser usado para requer a anulação do processo ou ferramente semelhante.

E ficam as minhas perguntas: Que palhaçada é esta ? Não existe honestidade na PJ ? Se roubaram porque não vão repor ? Porque além da penhora do carro da ministra não vão descobrir quem roubou ? Que país é Portugal onde não existe justça capaz ? Porque todos se calam ? Do que nos serve a república e o seu presidente ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

        Anúncio está a ser transmitido desde dia 20 de Setembro

                            Governo brasileiro contra anúncio de Gisele Bundchen em roupa interior                           

 

 

 

(sem comentários)

 

 

Fonte: Público Online...e se me disserem que na esquerda há democracia, aí eu respondo, feio, curto e grosso

             

Depois da primeira encarnação do Dr. Morte do 3º Reich agora encaixotado no parlamento europeu, depois veio a sua versão feminina e muitos talvez como eu que pensava que com um partido a coisa ficaria melhor com um partido diferente que a situação de casos extremos de exigência hospitalar como no meu caso que tenho não uma mas DUAS doenças crónicas e uma doença rara que me fazer ser cliente frequente das urgências hospitalares, a este problema se junta uma dor crónica numa perna devido a um atropelamento, dor a qual aprendi a controlar porque cheguei a num ponto com esta dor que não adianta tomar analgésicos e mais vale agir desta forma: "eu estou aqui e a dor está ali" e assim vou andando e aguentado os ditames das mais recentes ditaduras democráticas da podre república que nunca mais há meio de cair e tive tempo de arranjar 99% da minha boca, de ver duas equipas portuguesas numa final europeia e o Sporting duas vezes campeão e a porra da república não cai por mais podre que esteja.

E o presente ministro dos funerais é da mesma cepa assassina dos seus antecessores socialistas ao resolver retirar as isenções de taxas moderadoras ao doentes crónicos no acesso a urgência e/ou no recurso a outra especialidade médica que a primeira vista não tenha a ver com a doença crónica, ao que se juntou mais corte nas comparticipações dos remédios o que tanto pode dar de um doente tenha uma, duas ou mais doenças crónicas não faça a sua medicação ou nos casos mais desesperados onde as doenças crónicas são originadas por doenças raras ou estas mesmas doenças podem levar a sintomas semelhantes a doenças raras acabarem em suícidios em massa como é aquele caso acho que de um número dos Gato Fedorento que uma das personagens liga para a Santa Casa a pedir ajuda para os remédios e do outro do telefone dizem que não ajudam e a personagem que era o doente responde se eu me matar quem me ajuda e da Santa Casa disseram nós ajudamos no funeral".

De facto cada vez acredito menos em democracia, cada vez mais desejo a morte a república porque de nada nos serve porque se em 1910 os republicanos depois do seu golpe terrorista disseram que queriam um país onde todos fossem iguais, mas na realidade estamos até pior do que no tempo da Regeneração e já chega de abusos porque afinal, com a república, a chamada nobreza da toga que já vinha ganhando força em especial depois da independência do Brasil ficou ainda mais forte com os grandes tubarões do dinheiro a ajudar, enquanto o povo e a burguesia se fodeu e se tem fodido a grande com a república (desculpem a bocarada mas estou possesso) e nos últimos anos nunca fomos tão lixados como estamos a ser, desde roubo de direitos adquiridos até antes do 25 de Abril, a medidas verdadeiramente nazis que servem apenas para exterminar lentamente a maioria silenciosa que foi silenciada pela esquerdalha de uma forma fascista em 1975 e cada vez sofre mais nas mãos destes ditadores de bolso de Passos Coelho é o modelo mais recente e agora os mesmos de sempre ainda mais vão sofrer, porra chega e não é descendo o preço dos remédios que vão ajudar; mas sim não aumentado o IVA, acabarem com o Rendimento Mínimo para aqueles casos que são mesmo encostados crónicos e reduzirem o número de deputados para 116 ou 120 e iam ver como começavam a ter dinheiro para tudo.

Chega de ficar cada vez mais perto da morte graças aos governos da assassina república portuguesa e depois não se admirem que as pessoas se abstenham, é que o pessoal seja velho ou novo, saudável ou doente; está farto de mentirosos, estelionatários, ladrões e classes profissionais afins e sabem que tanto votar na esquerda como na direita vai dar ao mesmo porque quando estão na oposição são do tipo: "Eu faço, eu aconteço; Agarrem-me senão vou-me a ele, etc., etc." mas quando estão no poder mijam e cagam para cima do povo, mesmo em cima daqueles que vão votar. Estou farto da república sim e espero que haja uma revolução real que corra com estes genocidas da nobreza da toga do poleiro e ponha no poder quem de direito e de mérito e de certeza que não é nenhum dos percevejos que por lá andam ou andaram que nos vão resolver os problemas, mas sim um Portugal novo e de tromba lavada e que não seja republicano porque a república cheira pior do que queijo francês fora do frigorífico, cheira a estrume de cavalo misturado com ácido sulfúrico e o cheiro é tão nauseabundo que até se poderia usar para gasear alguém que esta pessoa no mínimo perdia os sentidos para não dizer que depois poderia precisar de um fato de madeira.

Porque acaso o sr. ministro dos funerais, Paulo Macedo, tem alguém na família chegada ou afastada com uma ou mesmo mais doenças crónicas ou raras ou tem alguém com cancro na sua família, este filho duma puta deste assassino já viu crianças, jovens, adultos, mães e pais de família numa unidade oncológica a lutar a pelaa vida ou a desesperar que o seu ente querido não consegue a cura, ou que não pode pagar os remédios porque um iluminado da Duque d'Avila resolveu que tinha que matar uns quantos portugueses para ter mais algum na Suíça (que não a afamada pastelaria da baixa que tem um café de merda) com aa desculpa da troika.

Estou farto de ouvir a desculpa: é o memorando da troika por um lado e por outro para justificar as medidas infames e se não é o documento da troika dizem que estão a pagar os calotes do Sócrates Pinto de Sousa, mas passaram 100 dias e só conto medidas infames, não oiço dizer: consegui acabar com a lista de espera para oftamologia nos Capuchos, não ouvi dizer que vãao rever os critérios de compartricipação dos remédios, não ouvi dizer que vão facilitar o arrendamento de casas, apenas ouvi dizer que vão facilitar os despejos fazendo mesmo aqueles que não podem, terem que comprar uma casa para terem mais segurança que quando terem que sair sabem o motivo e não estão sujeitos a pancada dum reles senhorio vampiresco.

Cada vez serei mais monárquico "radical" porque a república me mete nojo e como agora para ajudar a assistente social do IPO me cortou a ajuda nos remédios não sei como fazer, bem, no meu caso pessoal não sei muito o que fazer a não ser ficar com ideias suicidas ou então pensar que a VERDADEIRA REVOLUÇÃO nem que haja sangue derramado tem que ser feito porque o povo português há muito que está fora dos seus limites e esta medida infame na saúde é apenas mais uma para confirmar que Portugal só tem sido governado por genocidas republicanos e alguém tem que exterminar esta raça.

E a propósito, NÃO PAGO NEM PAGAREI TAXAS PARA DURAR UNS QUANTOS DIAS DE VIDA, PORQUE SE A SAÚDE É DO ESTADO É GRATIS PORQUE CASO FOSSE A PAGAR IA PARA UMA CLÍNICA e mandava o governo da república fazer aquilo que nunca fez na vida....trabalhar no duro nem que seja como voluntário para saberem quanto custa a vida, mas neste país mesquinho e atrasado chamado república, não podem ver um nojento de fato completo que lhe vão tratar das hemorróidas com a língua mesmo que este senhor de fato e gravata fosse Adolf Hitler ou Josef Stalin ou o Diabo em pessoa, enquanto uma pessoa que entre de t-shirt, ténis e calaças de ganga é tratado como um pedinte, mesmo que tenha estudos ou seja alguém bom para o mundo.

Está visto que aqui em Portugal estamos a agir como os judeus e os romanos no tempo de Jesus que o marginalizavam não só por ter ideias revolucionárias para o seu tempo, como por andar com roupas simples e ajudar aqueles que eram os intocáveis da sociedade da altura, e em Portugal estão a fazer o mesmo; quem é da nobreza da toga ou da finança ou quem tem um fato tem tudo, quem anda com roupas simples se lixa e aqueles que menos podem são tratados como leprosos, por isso refaço uma frase de D. Luísa de Gusmão:

 

 

 

ANTES UM DIA COM MONARQUIA DO QUE A VIDA TODA NA REPÚBLICA

 

E ficam as minhas perguntas de sempre: Querem matar em massa os portugueses ? Aonde para a democracia ? É isto a república ? Porque o presidente da república se cala de forma nojenta ? Será precisa uma nova revolução ? Querem ver suicidios em massa ? Aonde para a cristandade desta porra de governo ? Porque mataram o 25 de Abril ? Para que nos serve a república e o seu presidente ?

Como sempre vos  peço para ler, comentar e divulgar

Pág. 1/12