Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Opiniões e Críticas Secretas

Opiniões e Críticas Secretas

Foram mil e quinhentos polícias e GNR's a porta da praça de Touros de S.Bento, alguns deles fardados para mostrar a sua indignação contra o governo e as suas medidas, estes mil e quinhentos seguiram para o ministério dos assaltos, perdão finanças entregar um documento rendivicativo e tal como em 1989, houve polícias contra polícias, quando os polícias em serviço para guardar o ministério das finanças não deixaram os colegas passar da estação fluvial numa clara demonstração de verdadeira face da democracia nesta república podre piorrérica, mas acontece que os polícias que manifestavam a sua indignação conseguiram passar para o passeio onde fica o ministério das finanças e cada vez que viam um carro de Estado, rotulavam logo quem vinha lá dentro de gatuno e tiveram assim até desmobilizarem hà pouco, mas todavia fica a certeza que luta vai e está para continuar com processos em tribunal contra o governo e que a luta nas ruas vai aumentar caso o governo não satisfaça as necessidades das forças da ordem.

O ministro da adminstração interna diz nunca ter silenciado as forças da ordem, mas recusou a comentar o protesto, ou melhor, o apex do protesto porque este vai continuar até ser reposta a justiça salarial na polícia o que pelo andar da música não vai acontecer até haver outro Secos e Molhados e hoje se chegou ao limite de não haver, porque mais tarde ou mais cedo vai haver e depos não se queixem que têm azar ou que perdem eleições, porque esta treta da austeridade serem sempre os mesmos a pagar já cheira mais do que mal e algo tem que ser feito sob pena que alguém no governo caia ou que o povo em massa venha para a rua pedir direitos que são seus e estão a ser roubados, ou então se não reclamarem por aquilo que é seu...bem Portugal não passa na realidade mais dura de um redil de ovelhas que obdecem cegamente ao seu pastor nem que este as mande se atirarem aos lobos ou do cimo do cabo Espichel.

Portugal está cada vez mais perdido e nem esquerda nem direita podem valer a Portugal porque basta ver o caso da Madeira como tanto a esquerda como a direita passaram estes anos todos a roncar alto e por isso chegou a hora para acabamos com o estado a que chegamos porque não podemos sobreviver assim a não ser que ponhamos a venda o Centro Cultural de Belém ou a Casa da Música pelo menos para que o incompente governo da podre república tape os buracos que o (des)governo anterior fez e tape também os seus sobre pena do FMI vir com uma moca de Rio Maior e dar nos cornos de todos.

E como sempre ficam as minhas perguntas de sempre: Porque os outros cargos públicos descaradamente prejudicados pelos vários governos não vêm para a rua reclamar pelos seus direitos ? Para quê tanto medo ? Não houve o 25 de Abril, então porque ainda a verdadeira maioria silenciosa continua silenciada ? Para quando a verdadeira revolução ? Porque o presidente da repúblca se cala ? Porque se consolam a brincar com o mete-nojo da Madeira quando têm problemas à porta de casa ? Para que nos serve a república e o seu presidente ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

MAIS UMA VEZ VENHO FAZER UM PEDIDO AO MUNDO QUE LÊ ESTE LONGO E VELHO BLOG

 

MAIS UM PEDIDO DESESPERADO E CADA VEZ QUE VEJO ESTES PEDIDOS ME QUESTIONO PORQUÊ AS CRIANÇAS MEU DEUS, PORQUÊ

 

SIM, MAIS UM PEDIDO DE MEDULA PARA UMA CRIANÇA, NÃO UMA CRIANÇA MAS SIM MAS PARA UM BEBÉ QUE NEM UM ANO COMPLETOU DE VIDA E JÁ ESTÁ NA LUTA PARA SOBREVIVER.

 

TEM UMA DAS FORMAS MAIS CRUEIS DE LEUCEMIA: LEUCEMIA LINFOBLÁSTICA AGUDA TIPO B, COM TRANSLOCAÇÃO DO CROMOSSOMA 4 COM O 11 E CASO VOCÊS DUVIDEM, BEM DEIXO A MENSAGEM QUE APARECEU NO MEU FACEBOOK

 

 

PARTILHEM PARA AJUDAR!

"Olá a todos.

Chamo-me Duarte Guimarães, tenho 11 meses... (quase 12) e sou portador de uma leucemia linfoblástica aguda tipo B, derivada de uma translocação do cromossoma 4 com o cromossoma 11. Perguntam vocês: É grave? Sim, é muito grave!

Primeiro que tudo peço a todos que nem tentem andar a vasculhar na internet a gravidade e as causas da minha doença, porque o tempo que eventualmente gastariam em tal acto, bastariam 20 a 30 minutos do vosso tempo, para tentarem salvar-me a vida. É para isso que vos estou a escrever estas curtas linhas, na expectativa de, quem sabe, um de vocês poder salvar-me. O meu pai e a minha mãe andam muito tristes e todos aqueles que gostam de mim também. Não vos escondo que tenho sofrido muito desde o dia 15 de Dezembro, mas também não vos escondo que não é minha intenção deixar de lutar. É por isso que peço a todos os amigos do meu pai e da minha mãe, que reencaminhem este e-mail para o maior numero de contactos.

Um beijinho para todos vocês do Duarte Guimarães"

Recebi esta mensagem por e-mail! Decidi partilha-la aqui para que chegue a mais pessoas!

O Duarte precisa de receber uma transplantação de medula óssea, e por isso, procura um dador compatível.

O possível dador não correrá quaisquer riscos!

PRINCIPAIS CONDIÇÕES PARA SE INSCREVER COMO DADOR:
- ter entre 18 e 45 anos
- peso mínimo de 50kg
- ser saudável
- nunca ter recebido transfusões de sangue.

Não precisa de estar em jejum.

O QUE SE FAZ NA INSCRIÇÃO PARA DADOR:
- É necessário apresentar o BI/cartão de cidadão quando se vai inscrever como dador
- preenche-se formulário (disponível nos locais e nos sites dos centros de histocompatibilidade)
- pequena colheita de sangue (12 ml).

Se tiverem dúvidas, podem visitar o seguinte link:
http://www.oncologiapediatrica.org/index.php?%2Fsite%2Fver_artigo%2F270

Algumas instituições, em PORTUGAL onde se pode tornar dador:
http://www.oncologiapediatrica.org/index.php?%2Fsite%2Fver_artigo%2F271

OUTROS PAÍSES:

Consulte o site www.bmdw.org (seleccione ADDRESSES e de seguida identifique o país - country)

Esperemos que o Duarte encontre dador rapidamente!

 

 

 

CLIQUEM NOS LINKS PARA VEREM COMO ESTOU A FALAR VERDADE E PARA VOS FAZER PENSAR VOS DEIXO UNS VIDEOS PARA VOS FAZER PENSAR NA VIDA

 

E QUE

 

QUEM SALVA UMA VIDA, SALVA O MUNDO INTEIRO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TRADUÇÃO LIVRE DOS ÚLTIMOS VERSOS DA VERSÃO

CANTADA POR CRIANÇAS DE WHO WANTS TO LIVE FOREVER:

 

MAS TOCAS AS MINHAS LÁGRIMAS COM OS TEUS LÁBIOS

TOCAS O MEU MUNDO COM OS TEUS DEDOS

E NOS PODEMOS TER PARA SEMPRE

QUEM QUER VIVER PARA SEMPRE

E QUEM QUER VIVER PARA SEMPRE

PARA SEMPRE É O NOSSO HOJE

E QUEM QUER VIVER PARA SEMPRE

PARA SEMPRE É NOSSO HOJE

APENAS QUEREMOS UMA CHANCE PARA VIVER...

 

 

MUITOS QUE LÊEM ESTES ARTIGOS PENSAM QUE SOU UM CHATO DAQUELES, MAS SE VOCÊS TIVESSEM CRIANÇAS NA FAMÍLIA, OU SE CRUZASSEM QUASE TODOS OS MESES COM AS CRIANÇAS QUE LUTAM PELA VIDA NO IPO DE LISBOA VOCÊS JÁ ME DARIAM RAZÃO E SE JUNTAVAM NESTA CAUSA SEM FIM, UMA LUTA SEM QUALQUER QUARTEL E QUE A TROPA DE ELITE SÃO OS PRÓPRIOS DOENTES E AS SUAS ARMAS AS REDES SOCIAIS....

 

 

AJUDEM O DUARTE, AJUDEM TODOS

 

SEJAM SERES MAIORES, VERDADEIROS SERES HUMANOS NO SEU SENTIDO MAIS PURO

 

E VÃO DOAR MEDULA, SE NÃO PUDEREM DOAR ESPALHEM ESTE APELO PELO MUNDO, PELO ESPAÇO....POR TODO O LADO

 

 

OBRIGADO MAIS UMA VEZ

 

 

 

E VOS DEIXO

 

A VERSÃO ORIGINAL LEGENDADA DE WHO WANTS TO LIVE FOREVER DOS QUEEN E AO VOS ESCREVER ISTO ESTOU A CHORAR POR DENTRO E FAZER UM ESFORÇO GIGANTESCO PARA NÃO DESATAR A CHORAR COMO UM PERDIDO...

 

 

 

 

 

 

 

 

Who Wants to Live Forever legendado from cannis lupus on Vimeo.

Estamos em termos de clima a precsa daquilo que costuma(va) cair em Setembro, mas que não, chuva para refrescar o ar que já está pesado

 

 

Rain Must Fall - Yanni

 

Sim new age, não comecei a série mas tinha que postar pelo menos um vídeo de new age e espero que seja do vosso agrado

 

 

 

 

Enquanto se espera a manifestação de mil polícias nas escadarias da Praça de Touros de S. Bento, hoje qual medida desesperada, que vai desbloquear a reposição dos descontos efectuados pelos polícias de forma considerada ilegal para o chamado Fundo de Fardamento e que cuja verba é de 1,3 milhões de euros e o fundo era constituido de uma forma simples, cada agente da PSP de qualquer patente tirava 5 euros do salário para um depósito que funcionava como uma caução no caso do polícia precisar de substituir uma qualquer peça de fardamento e caso o valor desta substituição ultrapassasse o valor depositado em nome do agente em causa, este fcava a dever.

E alguns polícias tem "depositados" neste fundo quantias diversas que em alguns casos vão de 600 a 800 euros e que só receberam 200 euros em termos de devolução e embora o presidente da ASPP, Paulo Rodrigues esteja satisfeito com esta atitude do governo que acha positiva; não vai desmobilizar o protesto de amanhã que o mesmo espera chegar ao número prometido de mil polícias.

Esta atitude do (des)governo de 100 dias de vida do Dr. Passos Coelho me lembra a viagem urgente do então secretário-geral da ONU, Perez de Cuellar, quando foi a Bagdad tentar convencer Saddam Hussein para largar o Kuwait, mesmo faltando horas, para que foi chamada por Saddam "A mãe de todas guerras" começar, uma atitude qual meio à La Neville Chamberlain que de nada vale e mostra o quão borrado pelas pernas abaixo está o governo; mas todavia não nos podemos esquecer que este animal se pode portar como um animal ferido e desatar a atacar quem defende os seus direitos por direito e se poder repetir um Secos e Molhados, mas agora há a internet, telemóveis, e a protecção discreta das associações de militares.

Por isso a siatuação é muito diferente do que aquilo que aconteceu há 22 anos e mostrou o lado mais negro da república dita democrática que de democrática ao fim das contas nunca teve nada porque passa a vida com imposições de toda a espécie que cada vez mais lembram os tempos negros de Salazar e do Estado Novo e como os polícias se sentem prejudicados vêm para a rua lutar por aquilo que é seu por direito, e na minha opinão todas as classes que se sentem injustiçadas com este regime mais podre do que um dente com piorreia, deve vir para a rua e lutar por aquilo que é seu, nem que tenha que pegar fogo a autocarros ou coisa que o valha, porque uma lição aprendi na minha vida, nem o voto e nem os tribunais servem para alguma coisa a não ser colocar os filhos da mãe no poder por um lado e por outro proteger os filhos da mãe, enquanto quem trabalha seja para o estado ou para a privada, tem que dar sangue, suor e lágirmas se quiser ter pão em cima da mesa, enquanto a classe equestre, ou pretoriana ou senatorial ou mesmo imperial da república tem pão, habitação, marisco e férias de luxo pagas por todos nós e de certeza que o 25 de Abril não foi feito para isto, foi para todos terem direitos iguais perante a lei e não uns animais serem mais iguais que outros.

E ficam as minhas perguntinhas de sempre: O que andam a fazer aos polícias ? O que nos andam a fazer ? Será que temos que vir de novo para a rua em massa ? Porque a tropa não se junta ao povo ? Porque mataram o 25 de Abril ? Para ó presidente da república que passa a vida a comer bolo-rei e a cortar fitas ? Para que nos serve a república e o seu presidente ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

Na comemoração da quebra de mais esta barreira tenho que escolher uma música que seja meio outonal e ao mesmo tempo que seja luminosamente comemorativa

 

Vou vos postar não um, mas sim dois vídeos porque um levou ao outro

 

 

primeiro Luciano (O Grande) Pavarotti em Vesti La Giubba da ópera de Leoncavallo (1º Acto) que inspirou anos mais tarde outro sobredotado da voz a compor uma espécie de ópera

 

Is a Hard Life - Queen (e se repararem quer a métrica de partes da ópera dos Queen e da ópera escrita por Leoncavallo assentam que nem uma luva sendo mais um flirt de Freddie com a ópera, depois da mítica Bohemian Rhapsody e 3 anos antes da divina Barcelona)

 

 

 

 

Espero que seja do vosso agrado

 

 

 

 

 

Já se sabe desde que existe esta suposta democracia, os (des)governos nunca foram de boas contas como mostram as dívidas aos fornecedores e farmácias e estas se sabem porque os que estão a espera do bagulho aparecem no telejornal a reclamar o que é seu de direito e outros que têm dinheiro a receber do estado e não falam mais para não perder o emprego já de si mal pago (que democrática é a democracia em Portugal, não acham) que são os polícias porque em vez do preceito constituicional da igualdade perante a lei ser respeitado na nova tabela salarial da polícia, não o é; torcando por miúdos se estão na mesma categoria de colegas com mais anos de serviço ganham o mesmo ou então como se costuma dizer na Função Pública "idade é cargo" ou seja quem teria que ganhar mais seriam os polícias mais antigos, mas a verdade é outra muito diferente e quem está a ganhar mais é quem entra agora para a polícia mesmo sem saber uma esferográfica para passar uma multa, triste não acham.

Daí esta semana da contestação que vai acabar depois de amanã em frente da praça de Touros de S. Bento de onde partirá sem destino e já estou a ver que este governo vai querer por polícias contra polícias porque há oficiais superiores que estão a tratar das hemorróidas do governo com a língua e está a obrigar os polícias a passar multas nesta semana de luta mesmo sabendo que os polícias estão em luta e tal como eu disse em artigos anteriores sobre a situação da polícia, há polícias com horas à mais (não pagas como horas extraordinárias) mas que podem ser usadas em ausências ao serviço (leia-se greve) como dias de férias não aparecendo nas esquadras e deixando-as virtualmente sem qualquer guarnição.

Nesta conversa já se mete uma das guardas pretorianas do regime republicano que é a GNR e que também se via juntar a festa de dia 28 e com esta vontade da polícia a querer ir sabendo apenas eles e sem ninguém saber vai dar polícias contra polícias e se sabendo que existe um apoio das associações de militares as aspirações da polícia e GNR, uma repetição do Secos e Molhados aos 20 dias do mês de Abril, mês da revolução, do ano distante de 1991, ou então se a tropa se junta podemos ter mais um feriado no calendário referindo uma revolução, já que temos 3, fica-se talvez com 4 e vamos ver se vão querer amordaçar ainda mais a voz deste grupo de cidadãos e cidadãs que fazem parte da enorme maioria silenciosa que tem levado sempre nos cornos por causa dos erros da república.

Já chega de tanto abuso, tenhamos que profissão for, somos sobretudo seres humanos e não robots ou seres inferiores de uma qualquer distopia como "Admirável Mundo Novo" de Aldous Huxley, somos seres humanos normais com direito aos seus direitos e não apenas com deveres cada vez maiores graças aos falsos governos democratas que em muitos detalhes conseguiram ser mais infames que muitas ditaduras passadas nos séculos antes do século das comunicações.

Algo tem que ser feito nem que seja pegar em armas e se repetir o 25 de Abril ou derrubar o dente podre chamado república que já está no fim porque a dívida do governo com a Polícia se cifra em 68 milhões apenas em salários a PSP devido ao cruzamento de tabelas e ao mesmo tempo congelamento de carreiras, e segundo a ASPP, há polícias com os cortes, descontos e despesas pessoais ficam apenas com 150 euros para durar um mês, ou seja vivem com cerca de 5 euros por dia no bolso o que não é dada e a esta dívida se junta o desfasamento provocado pelos congelamentos e descongelamentos de carreiras e não esquecer que foi por motivos laborais na polícia que começou-se a desenhar a queda do cavaquismo e vamos a ver se estas movimentações na polícia não vão signficar um passo maior para a re-dignificação da pátria lusitana que seria a queda da república.

E ficam as minhas perguntas de sempre: Andam a brincar com a polícia ? Querem uma nova revolução ? Aonde isto vai parar ? Vamos ter uma nova revolução ? Será que os polícias vão ver reconhecidos os seus direitos ? Que caminho leva a nação ? Porque o presidente da república se cala ? Vamos ter outro "secos e molhados" ? O que fizeram do 25 de Abril ? Para que nos serve a república e o seu presidente ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar