Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Opiniões e Críticas Secretas

Opiniões e Críticas Secretas

De novo o caso BPN cai na imprensa assim meio anestesiada pelos jogos olímpicos, tanto pelos melões dos portugueses e outras histórias mal contadas, bem como passam o tempo a anunciar transfêrencias e compras de jogadores de um lado para o outro para não falar dos crónicos incêndios.

Agora quem dá vida ao maior escândalo financeiro da república depois do Caso Alves dos Reis ou do Caso Dona Branca e desta vez o bano central levantou um processo aos corpos gerentes do BPN pelo crime de falsificação de contabilidade por causa dos mui famosos produtos finaceiros de retorno absoluto que também estiveram implicados na desastrosa queda do BPP, acontece que no caso do BPP era um esquema semelhante ao da Dona Branca, aqui no BPN a música soava de uma forma bem diferente da que conhecemos porque no caso do BPN estas verbas eram e foram desviadas em boa parte para a compra de activos dos próprios corpos gerentes da SLN, agora chamada de Galilei e a quadrilha além de Oliveira e Costa ainda inclui: além do filho de Oliveira e Costa, Luís Caprichoso, Francisco Sanches, António Franco, Coelho Marinho, Armando Pinto, Abdool Vakil (ex- Efisa), Teófilo Carreira e as autoridades de fiscalização estão em cima do BIC, dado o facto do banco angolano ter comprado o BPN e tendo lhe mudado o nome mas nada o faz escapar de não só ficar com os lucros do BPN, bem como com as suas despesas e responsabilidades perante clientes, credores e entidades de fiscalização e o buraco pode chegar aos 3 biliões de euros.

A estes 3 biliões temos que juntar o buraco do Estado neste salvamento que nos empurrou para o lodaçal da troika que foram 8 biliões que seria o dinheiro necessário para renovar toda a cidade de Lisboa de cabeça a rabo contando já com as crónicas derrapagens e enquanto isto anda dum lado para o outro feito pombinhas da Cat'rina, está esta quadrilha que afundou e bem Portugal  solta como os passarinhos e enquanto quem trabalha fica sem as férias pagas e os pensionistas sem subsídios de férias e Natal e estes 11 biliões se estivessem nos cofres públicos não haveria sequer a necessidade da entrada da troika em Portugal e todos tinham os respectivos subsídios de férias e Natal; mas nunca nos podemos esquecer que estes grandes tubarões do roubo em alta escala, estes Arséne Lupin de luxo, estão sempre bem conectados ao poder politico, sobretudo as sociedades secretas e a estes, mesmo apesar de Portugal cagar de alto e dizer que é um Estado de Direito, estão sempre protegidos da espada da justiça e muito provavelmente estes senhores serão soltos e absolvidos.

E ficam as perguntas de sempre: Quando é que esta gente vai pagar pelo que roubou ? Numa democracia qual o motivo porque existem sociedades secretas ? Seria Salazar um democrata ao exterminar este germe das sociedades secretas ? Quando é que o país recupera do roubo feito pelos corpos gerentes do BPN ? Porque salvaram o BPN ? Aonde vamos parar ? Já não está na hora de alguém tomar medidas extremas ? Para que nos serve a república e o seu presidente ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

Pág. 13/13