Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Opiniões e Críticas Secretas

Opiniões e Críticas Secretas

Da gelada Finlândia, terra dos mil lagos, mais uma jóia no metal sinfónico aparece aqui neste blog, apesar da gravação original ser de 2010, segundo a banda, foi o primeiro trabalho digno deste nome e até agora foi o único a ver a luz do dia

 

 

 

 

esperando sempre que seja do vosso agrado

 

 

 

 

 

 

One Wish Away - Katra

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Já fazia tempo que eu não vinha para esta série de artigos, mas hoje tinha que ser....

 

 

Mais outra licenciada no Quem Quer Ser Milionáro

 

 

 

Qual o significado da bandeira aos quadrados numa corrida de Fórmula 1 ?

 

a) final da corrida (resposta certa)

 

b) início da corrida (resposta do tijolo)

 

c) paragem forçada

 

d) acidente

 

 

 

é um facto a cultura geral em Portugal cada vez está pior

Este desgoverno está mesmo naquela linha que o podemos considerar como genocida e fascista e ainda pior que aquele senhor que dizem que era muito mau e que nasceu nas bandas de Santa Comba Dão porque como não bastasse o caso do amianto que já fez três vítimas mortais confirmadas entre os funcionários públicos, foram outras mais que não se sabe; agora vem com outros cortes que são pelo menos classificados como nojentos.

O ministro da Segurança Social, Pedro Mota Soares e/ou o seu ministério está a cortar subsídios de apoio a crianças deficientes que cujo subsídio ia todo para a sua educação e saúde porque quem sofreu com estes cortes são os mais pobres e os cortes não foram justificados de forma nenhuma e lei que supostamente justifica os cortes e que vem nas cartas que os pais receberam, não é a lei que rege estes mesmos subsídios.

Acontece que estes subsídios são dados pela Segurança Social tendo como base relatórios e pareceres médicos e os que sofreram estes cortes são casos mais do que provados até por chefes de serviço de hospitais que as crianças precisam mesmo de ajuda; acontece que o Provedor de Justiça já tem 400 queixas (pelo menos) de casos de cortes e um grupo de 50 médicos denunciou a respectiva ordem profissional que há alguém a usurpar funções aos médicos o que de si já é crime para não falar nos cortes.

Este ministério da segurança social é o mesmo que dá aos 700 euros aos ciganos e aos romenos para andarem nas ruas a nos roubar a carteira ou a vender haxixe na baixa de Lisboa com a mesma facilidade que se vende lotarias ou flores e ninguém diz nada ou corta estes mesmos subsídios que são dados a criminosos que num país civilizado já tinham ficado sem este mesmo subsídio ou então os deficientes não teriam ficado cortados como ficaram...

E apesar de haver milhares de portugueses a passar fome ainda se fala em mais cortes e cada vez penso mais que o senhor Subir Lall pensa que os portugueses são indianos como eles, mas daqueles das castas mais baixas que trabalham por uma malga de arroz ou ainda menos tal como os sudras e os párias na sua nação e é admirar como o PS assinou este plano da troika e agora é contra ele; e nem sei onde cortar mais em termos de base do Estado, embora hajam uns quantos sectores que se poderiam cortar como nas despesas de gabinete do poder político da república que cada vez nos sai mais caro e chega a ser mais caro que a Casa Real Britânica, apesar do aparente fausto da corte de Isabel II.

E ficam as minhas perguntas de sempre: Porque são sempre os mesmos a pagar os cortes ? Porque não cortam nas despesas de gabinente ? Quando é que acabamos com este estado a que chegamos ? Quem acabará com estado a que chegamos ? Não foi para isso que se fez o 25 de Abril ? Para que nos serve a república e o seu presidente ?

Como sempre vos peço para ler, comenar e divulgar

É do conhecimento geral que há coisa de quase um mês, a Comissão Coordenadora dos Sindicatos de Polícia (se não for este o nome agradeço que me corrijam via comentário que eu agradeço desde já) deu ao desgoverno da ditadura chefiada por Passos Coelho um mês para retirar os cortes salariais as forças de segurança ou então tomar medidas de forma que estes cortes não fossem tão lesivos como estão a ser.

Lesivos ao ponto, segundo o presidente da ASPP, de multiplicar os pedidos de apoio social por parte de agentes da PSP de todas as categorias e o mesmo se passa no serviço equivalente da GNR e os cortes salariais andam por volta dos 200 euros, tanto na GNR como na PSP e como a proposta do desgoverno para atenuar os cortes é no mínimo ridícula, as forças de segurança saem a rua em protesto dia 6 de Março contra estes cortes e vão protestar no sítio do costume, ou seja, as escadarias da assembleia da república.

Acontece que nas redes sociais começaram a correr apelos de polícias ou de supostos polícias para que o protesto fique mais radical do que já de si é deixando receosos tanto a PSP em si como a Comissão Coordenadora e este receio é com este radicalismo que se espalha que nem fogo em estopa nas redes sociais; são polícias que estão a apelar na internet pelas redes sociais a violência e embora as minhas fontes sejam ainda escassas, me lembro ter ouvido falar que os polícias têm vontade de "ir mais longe" do que foram na manifestação de Novembro passado e  ir mais longe do que ficar às portas do Parlamento, bem é simplesmente ocupá-lo.

Talvez assim o poder podre da república aprenda que os polícias como parte do povo estão fartos de pagar esta austeridade que só está a trazer fome e miséria a uma nação que está farta de fome e de miséria causada por uma suposta ajuda que é a mesma ajuda que um peso de chumbo atado aos pés a quem queira nadar no meio do mar porque esta ajuda é tão útil como uma viola no num funeral e fico a pensar que este apelo a violência acabe por por ser ouvido e depois daí não se admirem que haja algo de feio como na Venezuela ou na Ucrânia e este ano da Graça do Senhor de 2014 é o ano do 40º aniversário do 25 de Abril e vamos ver se estes apelos não serão um balão de ensaio para algo mais...

E como sempre ficam as minhas perguntas de sempre: Até onde isto vai dar ? Será que estes apelos vão ser ouvidos ? E se forem o que poderá acontecer ? Quem estará por detrás destes apelos radicais ? Quem ganha com isto ? Será que se prepara outra revolução ? Será que o desgoverno vai chegar as eleições europeias ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

A situação da Venezuela não me diz muito, mas me dá que pensar porque existe uma grande comunidade portuguesa lá e além disso me custa ver aqui em Portugal e no Brasil pelo menos como ainda há gente que apoia aquela ditadura que está disfarçada de democracia quando esta mesma ditadura consegue ser tão democrata como a Falange Espanhola ou mesmo o Estado Novo Português, mas para pior.

Nicolas Maduro está a fazer a todos aqueles que pensam de forma diferente da sua, o mesmo que foi feito na China Vermelha nos tempos de Mao ou mesmo na América Latina nos tempos daquelas ditaduras criadas pela CIA para dar combate ao comunismo, porque o Sr. Maduro se entretem a prender tudo que é oposição não permitindo o chamado contraditório em política que é uma das raízes da chamada democracia, coisa que na Venezuela já passou a história e os eventos que lá se têm passado começam a dar razão aos ditadores como Salazar ou Franco, ou mesmo aos mais extremistas como Pinochet ou Videla quando torturavam e matavam mlitantes de esquerda e de extrema-esquerda e razão é simples; é que os ditadores quase que adivinhvam que na esquerda há gente que consegue ser piores que eles.

Confesso que como monárquico nunca fui pela esquerda, nem pela direita, mas sim pelas pessoas e pelas suas obras embora muito dos que admiro politicamente sejam de direita; há alguns políticos de esquerda que admiro porque pensaram a nação ou a cidade e não a política; mas estes que pensam assm contam-se pelos dedos de uma mão em todo o planeta e este caso da Venezuela prova que quando se trata de extremas, tanto seja direita como esquerda, a diferença é quase nula e na Venezuela cada vez mais vai aumentar a repressão e vamos ver se não se espalha pelas Américas ou mesmo se contagia outros continentes porque a situação na Venezuela está cada vez pior e aquele disco riscado que o ditador Nicolas Maduro fala na intervenção estrangeira não  pega porque quem o contesta são sobretudo aqueles que colocaram o seu antecessor no poder: estudantes e classes baixas e os seus apoiantes são um verdadeiro aparelho partidário que lembra a União Sovética nos seus tempos mais repressivos.

Não sou apologista de uma intervenção na Venezuela, talvez um apertão de calos como congelamento de bens ou algo assim quanto muito, mas me custa a crer que há ainda quem apoie um regime político que simplesmente não tolera a oposição e para mim isto não é democracia nenhuma, mas sim uma ditadura e que cada dia que passa, está mais paranóica.

E ficam as minhas perguntas de sempre: Quando é que a Venezuela volta a ver a luz da democracia ? Porque a esquerda local não aceita a oposição ? Aonde está a democracia na Venezuela ? O que poderá acontecer aos portugueses que lá vivem ? Que regime é este de Nicolas Maduro ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

Depois dos casos que foram relatados de cancro e de outras doenças ligadas ao amianto que atacaram os funcionários da DGE dos quais resultaram pelo menos 19 casos de cancro, 9 dos quais fatais e parece que morreu mais uma destas vítimas do amianto e para ainda mais nos deixar preocupados, apareceram nos telejornais, denúncias que há escolas, muitas delas já edificadas depois da proibição do uso do amianto ter entrado em vigor, foram revistidas com este material isolante que podemos considerar quase como uma arma de destrução maciça.

Nesta sexta-feira, o programa da RTP-1 Sexta às 9 vai passar uma reportagem sobre este transportador da morte e da sua utilização paesar de ser proíbdo há vários anos em Portugal e ao mesmo tempo vai mostrar que não podemos dormir descansados em especial se tivermos filhos em idade escolar e em especial se andarem em escolas públicas porque estas, quando no tempo em que muitos éramos pirralhos levavam obras na altura das férias, agora ninguém toca nelas e muitos dos liceus e escolas primárias que têm amianto foram edificadas depois da proibição o que torna ainda mais grave uma situação de si grave e não me venham com a treta que o desgoverno não tem dinheiro porque todos os dias a vaca ou galinha do IVA está sempre a deitar qualquer coisinha e são milhões em IVA que o Estado ganha todos os dias mesmo contando com as fugas como os ciganos nas feiras e outras formas de economia paralela e se estes fossem a pagar IVA então tínhamos TGV do Minho ao Algarve e o que o Estado apura dá muito bem para trocar os revistimentos das escolas que ainda têm amianto.

Gostava de saber o que o Estado faz a tanto dinheiro que recebe dos impostos, uma coisa é certa, é que o dinheiro não vai para onde deve ir e seria bom para a Nação se auditassem as contas de cada ministério, secretaria de estado e tudo que é gabinete público de todos os níveis hieráquicos e vão ver que conseguiam dinheiro para acabar com este crime do amianto e até teríamos hospitais ao nível da Alemanha, mas os políticos do pós-25 de Abril sempre se mimaram se estando pouco nas tintas para o povo, conseguindo em muito pontos serem piores que o Estado Novo embora a sua lata ou lábia tenha cegado as ovelhas que se vão entretendo com novelas, futebol, Fátima, fado e novelas do parlamento; enquanto os mesmos de sempre vão roubando a nação em nome de uma república que vale menos que um aborto involuntário.

E ficam as minhas perguntas de sempre: Porque não removem o amianto dos edifícios públicos em especial das escolas ? Como foi possível a sua utilização depois de ter sido proibido ? Quem foram as bestas que o permitiram ? Porque as princpais vítimas do uso do amianto são sempre funcionários públicos ? Será que querem matar todos os funcionários públicos com amianto ? O que andam a fazer com o dinheiro dos nossos impostos para afirmar que não têm dinheiro parar tirar o amianto ? Quem ganha com isto ? Para que nos serve a república e o seu presidente ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

Hoje a escolha foi feita mesmo ao acaso e ao mesmo tempo tentar ser epicurista e esquecer muita coisa que me bate na cabeça e me deixa doente

 

 

 

 

esperando sempre que seja do vosso agrado

 

 

 

 

 

Engel - Rammstein (versão legendada)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pág. 1/11