Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Opiniões e Críticas Secretas

Opiniões e Críticas Secretas

O caso BES/GES já peço menos arranjou um consenso na assembleia da república porque pelo menos fez com que se criasse uma comissão cuja constituição e linha de trabalho foi aprovada por todos os deputados com assento parlamentar e que vai render umas quantas horas de audições e contra audições de suspeitos e testemunhas no parlamento.

Segundo o jornal I, já quase há um ano atrás em Dezembro de 2013, o próprio Ricardo Salgado admitia que o buraco do GES era bem maior do que o buraco do BPN e quando admitiu isto, Ricardo Salgado atacou o BPI entre outros e foi quando saiu o pedido do depósito de garantia por parte do Banco Central.

Entretanto as coisas ficaram bastante mais pretas para Ricardo Salgado que foi apontado pelo seu primo José Maria Ricciardi como culpado único do desabmento do Grupo Espírito Santo ao ponto de alguns administradores passarem a noite em claro com medo de serem presos e a estudarem quais seriam as nações que não têm acordo de extradição para Portugal para poderem escaparem a uma enventual prisão porque a entidade de fiscalização do Panamá fechou o ramo local do BES e todos os outros ramos internacionais têm sido um por um tomado pelas autoridades locais embora hajam casos que estas tomas sejam polémicas como no caso do Dubai e de Angola onde há muita peixarada no meio.

E como se costuma dizer na lei de Murphy o que está mal pode sempre ficar pior, hoje se soube que na segunda-feira o tribunal de comércio do Luxemburgo decretou a falência Espirito Santo International Group que para quem ainda não sabe foi a semente da reconstrução do Grupo Espírito Santo quando foram as privitizações dos tempos de Cavaco Silva (primeiro ministro) e com esta falência apenas podemos esperar um valente estrondo do qual os mesmos de sempre vão aguentar com as consequências.

E ficam as minhas perguntas de sempre: Quem vai pagar esta conta ? Porque as entidades de fiscalização financeir em Portugal não se mexeram ? Se não mexeram-se, não seria caso para serem exonerados dos respectivos cargos ? Será que vai haver alguém preso ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

Não vos venho falar de nenhuma garrafa de coca-cola de vidro daquelas torneadas caída do céu no meio de um qualquer aldeia perdida num deserto ou numa floresta virgem, mas não anda longe disto e dá que pensar que muitas vezes dá Deus nozes a quem não tem dentes.

Desta vez é o caso de um apostador português no euromilhões que foi premiado com o jackpot da semana passada de 180 milhões de euros e que mora n região norte de Portugal e segundo as notícias ainda não foi reclamar o prémio e a insanidade não fica apenas por este facto.

Outro facto insano foi revelado pelos telejornais que mesmo que se retire o imposto de selo sobre o prémio, o prémio é tão grande que nem a vida toda do vencedor dá para gastar o dinheiro todo que ganhou e quando ouvi isto fiquei a pensar que há tanta gente nesta nação a precisar de dinheiro para comer e ter uma casa e não tem e este otário que tem tudo para ter tudo não quer ir buscar o dinheiro é algo de gente louca.

Se fosse eu o sortudo ia logo no dia útil a seguir do sorteio rebater o prémio porque preciso deste mesmo dinheiro por exemplo para comprar uma casa com nome de casa, ajudar os meus sobrinhos e todos aqueles que me têm ajudado nos últimos tempos e como sabem  minha vida não tem sido fácil e o otário não vai rebater o prémio, bem poderia era dar a mim porque me dava bastante jeito porque caso ele precisasse mesmo do dinheiro, já o teria ido receber.

Mas é mesmo um facto que em Portugal os deuses devem estar loucos ou mesmo pedrados porque este desprezo por um prémio tão grande não é muito normal e deixar o prémio na casa é a pura das loucuras, mas como estupidez e loucura é coisa que não falta em Portugal.

E ficam as minhas perguntas de sempre: O que se passa em Portugal ? Anda tudo doido ? Porque ainda não levantram o prémio ?

Como sempre vos peço par ler, comentar e divulgar

 

Vos confesso que  escolha de hoje não é de todo do meu gosto porque a escolha da concorrente foi de um cantora que literalmente assassinou um das obras-primas dos Queen na gala de encerramento dos Jogos Olímpicos de Verão, Londres 2012 e apenas publico porque foi uma das apuradas embora nas que foram reprovadas houve melhor do que isto

 

 

 

espero que sej do vosso agrado

 

 

 

 

Price Tag - Mariana Aragão

 

 

 

 

 

 

 

Estas novs ecotaxas que estão inscritas no Orçamento do Estado 2015 se vão revelar ainda mais prejudiciais a nação do que aquilo que se esperava e depois dos sacos de plástico agora vão ser os combustíveis já de si empestados de impostos.

A ecotax sobre os combustíveis vai provocr um aumento médio 6 cêntimos de gasóleo e gasolina o que vai tornar os combustíveis mais caros 19 cêntimos por litro em relação aos preços praticados em Espanha e para muitos de nós diz que esta diferença não é muita; mas quando se faz a conta em relação ao depósito de um carro ou um carrinha que em média leva de 40 a 90 litros de combustível ou um camião que leva o dobro a diferença logo num carro equivale ao valor de um depósito cheio em Espanha ou perto disso e em relação aos camiões a diferença se torna insana.

Não consigo encaixar porque num litro de gasolina ou gasóleo ou num kilo de gás de botija ou em um metro cúblico de gás natural, cerca 60 a 70% dos custos ao consumidor são impostos e taxas e ainda querem colocar mais taxas sobre os combustíveis em Portugal.

Gostava de saber o que andam a fazer ao dinheiro que recebem dos outros impostos para terem estas ideias que pens vão ainda mais atrasar a chamda retoma porque se sabe quando sobem os impostos sobem todas as outras coisas sobretudo as essenciais como o pão ou os transportes públicos dos quais muitos de nós dependemos para o quotodiano normal ou normal dentro dos possíveis e parece que estes génios que tiveram esta ideia das ecotaxas se esqueceram da pornográfica taxa de desemprego e dos cortes nas prestações sociais que sofremos graças as medidas da troika e da crise na banca e a única coisa que Portugal é igual aos países nórdicos é nos impostos porque de resto nos serviços públicos como a saúde ou a educação se formos comparados com a Noruega ou com a Suécia somos uma autêntica Etíopia.

Não consigo compreender porque querem que os portugueses paguem mais impostos se o poder político não trabalha nem nos serve para exigir tantos impostos como quer exigir com a desculpa da protecção do meio ambiente.

E ficam as minhas perguntas de sempre: Para que servem estes novos impostos ? O que vão mesmo pagar ? Será que as ecotaxas cumprem a lei fundmental ? Afinal pra que serve o dinheiro dos portugueses ? Para pagar impostos ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

Pág. 1/10