Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Reportagens de Critica Investigação e Opinião

REPORTGENS, CRÍTICAS E INVESTIGAÇÕES DO CYBER-RERPORTER + SECRETO DO MUNDO Blog Nacionalista e Monárquico (UM AVISO: AQUI NÃO VAI ENTRAR O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO BLOG MONÁRQUICO E NACIONALISTA)

Reportagens de Critica Investigação e Opinião

REPORTGENS, CRÍTICAS E INVESTIGAÇÕES DO CYBER-RERPORTER + SECRETO DO MUNDO Blog Nacionalista e Monárquico (UM AVISO: AQUI NÃO VAI ENTRAR O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO BLOG MONÁRQUICO E NACIONALISTA)

Islândia 2 - Inglaterra 1, Os Vikings Eliminaram os 3 Leões

A implacável e quase amadora Islândia, crónica selecção do Pote 5 ou 6 dos sorteios das qualificações, ou seja, para se qualificarem tem que acontecer um fenómeno do Entroncamento ou algo parecido.

Acontece que se qualificaram as custas sobretudo da Holanda que nem sequer foi parar a repescagem dos terceiros classificados e os vikings foram parar ao Euro 2016 como segundos colocados no seu grupo de qualificação apenas com menos dois pontos do que os primeiros classificados: República Checa que nem sequer passou para os oitavos de final

A Islândia cada vez se parece mais com uma Grécia Euro 2004 modelo 2.0 porque tem despachado selecções teoricamente mais fortes como foi caso da Inglaterra ou da Áustria e joga com um futebol terrivelmente eficiente que consegue desarmar qualquer tipo de futebol de ataque que se possa esplanar em campo porque este vikings fazem jus aos seus antepassados e são temerários e vão para e se portam como berserkers defensivos mantendo a sua linha defensiva impenetrável por muito que os ingleses se esforçassem para tentar levar o jogo pelo menos para o prolongamento.

Mas os vikings não deixaram abater e levaram a água ao seu moinho causando a maior humilhação do futebol britânico desde da qualificação do mundial de 1994 onde nenhuma selecção do Reino Unido se qualificou para o mundial feito nos EUA sendo aí o maior escândalo do futebol das Terras de Sua Majestade até o jogo com a Islândia que ditou a eliminação da Inglaterra.

Esta Islândia ainda tem muito para dar e a França que se proteja porque esta Islândia ainda pode fazer um desastre de proporções épicas no jogo dos quartos de final que opõe a equipa sensação deste euro contra os donos da festa (por enquanto).

A Islândia anulou todos os argumentos da selecção inglesa de uma forma simples e ao mesmo tempo aterradora e no fim os vikings fizeram mais uma conquista e vamos ver se a França aguenta com estes Drakkars porque se a França não ter tino vai pelo caminho da Inglaterra

Arbitragem bem comportada.

 

 

 

Marcador

 

 

Islândia 2 (Ragnar Sigurðsson 6'; Sigþórsson 18') - Inglaterra 1 (Rooney 4')