Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Opiniões e Críticas Secretas

Opiniões e Críticas Secretas

Eu nas minhas buscas por acontecimentos para os tornar em materia para as minhas reportagens e tenho passado por muitos locais de atendiemnto ao público como bancos, lojas do cidadão e correios entre outros. E infelizmente não são poucas as vezes em que muitos homens deitam o cavalheirismo as urtigas e quando vêem uma senhora gravida ou alguem acompanhando uma criança de colo simplesmente as ignoram não lhes dando a devida prioridade e se estas mesmas pessoas passam a frente desses mesmos senhores que lhes ignoram começam a fazer tumulto chegando ao ponto de ofender a dignidade que lhes passam a frente pelo simples facto de estarem a espera da cegonha o trazerem no colo ou pela mão uma criança de tenra idade so por que estas mesmas pessoas tiveram o "atrevimento" de passar a frente desses muito "correctos" cidadãos que cujo intresse e estarem a frente na ordem de atendiemento sem se preocuparem com as mais elementares regras de cavalheirismo e de etiqueta.
Esta enorme introdução neste post e devida a duas situações que assiti sepradas por um hiato de tempo de 3 anos mas que infelizmente assiti as mesmas.
A primeira situação ocurreu a 3 anos na Loja do Cidadão das Laranajeiras, em Lisboa onde uma jovem mãe vinha com uma bébe de dias e a sua família e por acaso da sorte a funcionária encarregue do atendimento pioritário viu a jovem e atendeu antes das outras pessoas pelo simples facto de trazer a criança, e vocês mesu amigos e amigas imageinem-me a cena algumas dezenas de cavalheiros a espera fizeram um tumulto chegando ofender a dignidade da jovem mãe e obrigando a familia da mesma a descer ao mesmo nível dos supostos cavalheiros para lhes responder e este tumulto so se deveu ao simples facto de estes mesmos senhores so terem perdido mais algum tempo a esperar para serem atendidos; e a segunda aconteceu ontem na agência do banco Totta & Açores do Rossio quando uma gravida que vinha com a filha de tenra idade pelo braço para levantar um cheque e só usufruiu do atendidmento pioritario quando uma senhora que estava a sua frente a deixou passar dado que dois "cavalheiros" que estavam a frente a simplesmnte ignoraram e mesmo assim resmungaram quando a senhora que estava grávida teve o direito a prioridade.
Caros amigos e amigas caso vocês tenham assitido ou passado por situações semelhantes as relatadas, não se acanhem e as denuciem no link onde diz "comentar" .
E deixo a seguite pergunta aos leitores e leitores deste post: Aonde está o cavelheirsmo dos portugueses?
E como sempre vos peço para ler , comentar e divulgar.