Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Reportagens de Critica Investigação e Opinião

REPORTGENS, CRÍTICAS E INVESTIGAÇÕES DO CYBER-RERPORTER + SECRETO DO MUNDO Blog Nacionalista e Monárquico (UM AVISO: AQUI NÃO VAI ENTRAR O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO BLOG MONÁRQUICO E NACIONALISTA)

Reportagens de Critica Investigação e Opinião

REPORTGENS, CRÍTICAS E INVESTIGAÇÕES DO CYBER-RERPORTER + SECRETO DO MUNDO Blog Nacionalista e Monárquico (UM AVISO: AQUI NÃO VAI ENTRAR O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO BLOG MONÁRQUICO E NACIONALISTA)

Genocídio dos Desgraçados....

Mais uma vez a criminosa contra a humanidade que é a ministra da saúde de seu noem Ana (Josef Mengele) Jorge, resolveu fazer mais uma façanha que a coloca ao nível dos criminosos nazis que matavam judeus por seu belo prazer ou faziam expriências médicas aberrantes nos mesmos desgraçados deixado sequelas que iam desde da esterlidade a dolorosos cancros.

E esta senhora que de senhora só deve ter o nome feminino que tem no bilhete de identdade porque um ser com um mínimo de humanidade não faria que o que ela fez esta semana que foi cortar um remédio especial para uma doença mais rara do que a neurofibormatose tipo I da qual padeço chamada Doença de Wilson e o caso aconteceu com 3 doentes desta doença potencialmente fatal que consite no acumular fatal de cobre no corpo humano com sequelas extremas e que cujo remédio de tão caro que é tem que ser fornecido via hospitalar e em dois casos foi cortado pura e simplesmente e noutro caso foi pedida a declaração de IRS como prova que o doente em causa precisava do remédio e não o podia pagar.

Como podem ver, o (des)governo nega o direito a saúde a seres humanos que já têm o destino marcado e que não sabem se vão ver o dia seguinte a nascer devido a possível evolução que pode levar a sua doença e na conferência das doenças raras a decorrer no Porto esta mesma senhora se baldou as responsabilidades mandando o borra-botas do director-geral de saúde que quando soube do caso ficou como tivesse sido apanhado com as calças nas mãos sem saber que resposta dar, uma atitude muito típica e cobarde dos governos socialistas que passarem as broncas para os adjuntos como foi neste caso.

Esta ministra da morte já tem uma lista de verdadeiros crimes contra a humanidade como quase ordenar como as mulheres devem dar a luz o que pode configurar atentado contra a liberdade individual, além de por todos a pagar taxa moderadora, aliás até no meu caso para me tirarem o gesso me obrigaram a pagar taxa moderadora para tirar o gesso do tornozelo que parti a coisa de um mês à trás graças ao mau pavimento das ruas de Lisboa, além de ter acabado com a totalidade ou quase totalidade das comparticipações dos remédios do escalão A (doenças raras, crónicas e fatais) para todos os cidadãos e a assembleia da república se cala sem se mexer mostrando que os deputados são ao fim de contas tão bons quanto a genocida que é ministra da saúde.

E ficam as minhas perguntas de sempre: Porque esta senhora ainda é ministra da saúde ? Será preciso uma revolução para correr com ela ? Será que esta senhora conhece a constituição ? Ela está empenhada a eliminar quem sofre de doenças raras ? Aonde estão os direitos humanos ? Porque a classe política se cala ? Aonde para a democracia ? Que vergonha é esta ? Para que serve a república e o seu presidente ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar