Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Opiniões e Críticas Secretas

Opiniões e Críticas Secretas

Falta de Consideração Por Quem Sofre

Tanto se fala mal dos governo do PSD, mas a relaidade dura é que o SNS nos tempos mais recentes, é com governos PS que o SNS regride e se perdem direitos tanto no próprio SNS como nos vários sub-sistemas de saúde existentes.

Mas não vou falar nos sub-sistemas de saúde, mas sim como doente crónico e de um remédio em particular cuja marca comercial é Singulair e o princípio activo é Montelucaste.

Para quem não sabe este medicamento é passado para quem tem asma e é uma verdadeira panaceia para que sofre de asma como eu porque consegue evitar que um doente de asma vá parar a urgência hospitalar para ser injectado com cortisona e estar horas sem fim com soro na veia e ligado ao tubo do oxigénio mesmo no Verão ou nos períodos equicionais que para mim são os mais propícios a ter crises mais fortes de asma.

Este mesmo remédio em vez de ter uma base para 30 dias por caixa o que faria que cada caixa tivesse 30 comprimidos porque só se pode tomar um por dia, cada caixa tem 28 comprimidos e a embalagem de 56 comprimidos é apenas para uso hospitalar e nas antigas receitas de papel que eram em triplicado se um médico passasse uma caixa por cada folha, o que na prática significava 3 caixas, o doente em proporção ficava com 6 dias a menos de tratmento porque são dois comprimidos a menos por caixa.

Já não é a primeira vez que fico com dias a menos deste mesmo remédio que quase sempre está em falta nas farmácias do centro de Lisboa e ninguém no ministério da morte lenta se mexe para fazer o que seja, por que a grande preocupação dos governos socialistas na saúde são as obras faraónicas como o mítico hospital de Todos os Santos ou a mudança do Infarmed para o Porto e os governos do PSD é o deixa andar e indo-se pagar as contas e em termos de recursos humanos senão haver nenhuma medida de austeridade é ir-se recrutando pouco e este recrutar pouco resulta no aumentar das listas de espera.

Mas voltando a vaca fria, com o incompetente do ministro da morte lenta, digo saúde, nem vale a pena escrever para o cidadão em questão reclamar do remédio em questão porque ele está entretido nas suas duas quimeras quando está a coisa de um ano de fim do mandato e não sabe se fica ou se sai e a opção que me resta távez seja mesmo escrever para o Infarmed, melhor para o seu director e expor a minha situação que na realidade é a situação de muitos asmáticos.

A minha sorte no meio de tanto azar é que bebo café meio a louca e este pequeno grande facto é que me tem aguentado nos últimos 5 anos sem ter que levar com o oxigénio, por que segundo vários estudos científicos o café puro contém vários compostos além da própria cafeína que ajudam na dilatação dos brónquios além de vários antioxidantes poderosos que ajudam no sistema imunitário e de facto noto a diferença desde que aumentei a toma de café noto uma melhoria na estabilidade da asma em conjugação com a medicação.

Mas se falta um destes factores: medicação ou café puro;  esta estabilidade que leva mais de 5 anos vai toda pelo cano abaixo e tenho sempre que estar com os stocks de ambos os elementos no ponto óptimo. Em relação ao café não me preocupo porque conheço locais onde achar grão de qualidade sem gastar grandes fortunas e que os meus parcos recursos podem comprar, o problema está na medicação que é estupidamente cara e o ministro da saúde do presidente do conselho Sócratres Pinto de Sousa retirou parte da comparticipação dos remédios para os doentes crónicos e ninguém desde então corrigiu este crime e com este megalómano que não está a pensar nos utentes, mas sim no betão e a satisfazer os interesses dos amigos e o SNS acaba no fundo de uma qualquer gaveta.

Depois se a troika entrar em Portugal devido ao despesismo do presente governo da gerigonça em coisas que não fazem falta, quando onde deve ser investido dinheiro não será supresa nenhuma e depois vamos ver o mexilhão a lixar-se como sempre.

Ficam as chatas enigmáticas: Quando é que os remédios para os doentes crónicos tomam a base dos 30 dias do mês? Afinal o Imposto Coca Cola era para melhorar o SNS, mas nunca esteve tão mal como está? Aonde pára o dinheiro deste dito imposto? Com caixas que não chegam para um mês, como ser aguentam os doentes crónicos, neste caso em particular os asmáticos?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar