Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Reportagens de Critica Investigação e Opinião

REPORTGENS, CRÍTICAS E INVESTIGAÇÕES DO CYBER-RERPORTER + SECRETO DO MUNDO Blog Nacionalista e Monárquico (UM AVISO: AQUI NÃO VAI ENTRAR O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO BLOG MONÁRQUICO E NACIONALISTA)

Reportagens de Critica Investigação e Opinião

REPORTGENS, CRÍTICAS E INVESTIGAÇÕES DO CYBER-RERPORTER + SECRETO DO MUNDO Blog Nacionalista e Monárquico (UM AVISO: AQUI NÃO VAI ENTRAR O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO BLOG MONÁRQUICO E NACIONALISTA)

Que Drogas andam a Tomar no IPDJ?

Sim questiono a sanidade de quem está a frente do Instituto Português do Desporto e da Juventude porque resolveram decretar um jogo a porta fechada ao Benfica por este não ter as suas claques legalizadas; mas outros clubes que têm as suas claques organizadas devidamente licenciadas; são conhecidas por cometer de forma sistemática actos de violência gratuita e nada lhes acontece.

Ainda recentemente, instigados possivlemente pelo ex-presidente do Sporting, membros da Juventude Leonina, claque devidamente legalizada e apoiada pela direcção leonina não viu este apoio retirado depois dos eventos de Alcochete que deixarm o emblema de Alvalade no verdadeiro caos que levou em última instância a queda de Bruno de Carvalho do cargo de presidente do clube verde e branco.

Ou ainda dos vários casos de coação e ameaças feitas a árbitros de futebol por parte de elementos ligados aos Super Dragões, claque organizada do Futebol Clube do Porto, liderados por Fernando Madureira que tem a alcunha de Macaco e que nem sei porque carga de água é o chefe da claque organizada da selecção nacional de Portugal de futebol masculino e tanto a claque portista como a claque sportinguista não acontece nada, nem um joguinho sequer a porta fechada.

Acontece que as claques do Benfica não são nenhuns santinhos, todavia, quando existem claques organizadas que cometem de forma sistemática crimes e actos violentos e têm cadastrados nas suas hostes por crimes violentos e ainda tem membros das mesmas claques presos pelas autoridades e estão em prisão preventiva por actos violentos en terrorismo e o estádio de Alvalade não teve decretado nenhum jogo a porta fechada e muito menos o Dragão devido a violência exercida sobre os árbitros.

E se for entrada nas chamadas modalidades ditas amadoras, então o panorama dos rivais do Benfica ficam mais negro por que sobretudo os Super Dragões saõ conhecidos por actos de violência em pavilhões dos rivais ou mesmo nos pavilhões que usa como seus, como aconteceu numa final da liga dos campeões de hóquei em patins no Pavilhão Rosa Mota que na altura funcionava como casa dos Dragões; depois da derrota do emblema da casa perante o Barcelona, os catalães tiveram que ser escoltados pelas autoridades devido aos objectos que choviam das bancadas...e apenas o Comité Europeu tomou medidas e considerou impróprio o Rosa Mota para jogos de hóquei e em Portugal nada se fez.

Se sabe que quem manda do IPDJ teve que se afastar de uma das candidaturas das próximas eleições para a presidência do Sporting Clube de Portugal e isto cheira a troca de favores à alguém porque quem manda do IPDJ não tivesse nenhuma ligação ubmlical a nenhum clube esta suspeição não se levataria embora se questione o castigo porque poderia ter vindo por exemplo no caso do Very Light e não surgiu ou porque então não punem os clubes quando as suas claques cometem actos de violência sistemática e quando a justiça tem dois pesos e duas medidas não há verdade desportiva em parte nenhuma e esta interdição surgiu quando o clube da águia parece estar num renascer de forma; terá sido coincidência... e vos digo que não.

Os ditos rivais ainda com 3 jornadas de campeonato cumpridas estão a tentar na secretaria aquilo que não conseguem no pavilhão ou no estádio, que são as vitórias desportivas que ainda são poucas e há modalidades que ainda nem começaram as respectivas épocas desportivas. Esta atitude do IPDJ que se pode classificar de facciosa vai na regra de : não se morre do mal, se morre da cura; dado que esta interdição no caso de transitar em julgado vai dar azo a represálias e vinganças e o desporto português não merece ficar manchado pela violência porque um iluminado resolveu trocar uns favores.

E ficam as minhas perguntas da esfinge: Quem ganha com isto? Porque não punem os outros clubes de igual forma quando estes cometem actos de violência que até mete as autoridades policiais no meio? Afinal quem manda no desporto em Portugal?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

2 tirinhos na república

Comentar post