Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Opiniões e Críticas Secretas

Opiniões e Críticas Secretas

Este aberrante Orçamento de Estado deve ser duma das criações mais estranhas da Gerigonça, sobretudo no capítulo dedidcado ao IVA.

Depois de uma espécie de Guerra do Alecrim e da Manjerona sobre o IVA na energia que não levou a lado nenhum, chegou-se ao ponto de se subir o IVA nas touradas para 23% e descer o IVA nos salões porno-eróticos para 6% e as ovelhas ficaram caladas com esta jogada dos deputados da república entre outras que estão inscritas no OE,  como os aumentos salariais de 0.3%  que num salário bruto de 630 euros só faz cócegas e o aumento de 700 euros para os juízes só para não ir muito a fundo.

E a esquerda que se diz tão defensora dos direitos das mulheres ficou caladinha e aprovou um Orçamento do Estado com esta aberração legislativa o que leva qualquer livre pensador ou pensadora que os supostos movimentos defensores dos direitos das mulheres e que não passam na realidade de franquias dos partidos de esquerda, sobretudo do PS e do PCP de um monte de gente hipócrita.

É abjecta a atitude dos partidos de esquerda que se dizem tão defensores dos direitos das mulheres e ao mesmo tempo facilitam a fiscalidade de espectáculos que transformam a dignidade dos seres humanos em especial das mulheres em reles objectos de prazer e os hipócritas movimentos de de defesa dos direitos das mulheres estão calados e nada dizem e sabendo que os movimentos feministas na Primavera Lusitana queimaram revistas pornográficas e atacavam tudo que fosse atentório da diginidade da mulher e agora ver mulheres a servirem de simples objecto sexuais já é cultura ao ponto de se descer o IVA para estes eventos para 6% e se considerar a tourada obsceno e aumentar o IVA da tourada para 23% é mesmo obsceno.

Se estão a ir por este caminho então passem a colectar as prostitutas como profissioniais indepenedentes e enquadrem a que se diz ser a mais antiga profissão mais antiga do mundo em termos fiscais e de Segurança Social e a legalizem de uma vez em vez de usarem abjectos eufemismos e hipocrisias e tentem parecer sérios e humanos quando na realidade não passam de seres obscenos....

E pelo visto tem mais valor o ser humano tratado como objecto de prazer do que a energia para a nação produzir, bem por este caminho a nação vai mesmo na autoestrada para o inferno da ....Troika.

 

Ansi on  parlait Nitzsche 

Como estamos no fim da época das touradas e nesta quinta-feira foi a última tourada da temporada de 2013 na Praça de Touros do Campo Pequeno, vos trago hoje uma mensagem sempre actual de outros tempos que também é dedicada a tourada que nos imposeram há 103 anos e que hoje ia dando pelo menos uma novilhada na Praça....do Município

 

 

 

esperando que seja do vosso agrado

 

 

 

 

Tourada - Fernando Tordo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Estamos na Semana Santa, que também marca o começo da época das touradas que não aquelas que acontecem para os lados do Palácio de S. Bento e hoje foi a gala dos 56 anos da RTP que me deixou de boca caída com tanto talento escondido nos apresentadores da RTP e ao mesmo tempo tanto brio no espectáculo que foi serviço público puro e duro....

 

 

e como tal não quis deixar passar em claro

 

 

 

para mim uma das melhores músicas de sempre do extinto Festival RTP da Canção

 

 

 

 

 

Tourada - Fernando Tordo

 

 

 

 

 

espero que seja do vosso agrado

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Está visto que este país está mais parecido com a Roma Antiga que nada produzia importava tudo ou quase tudo que precisava e para o povo se calar em vez de trabalhar ou reclamar de alguma forma os seus direitos, adoram pão e crico, bem hoje em dia é mais circo começando na televisão (tanto nos programas que passam como naquele factóide da privatização da RTP), bem como outros assuntos que são mesmo pão e circo quando tanta coisa deixa-nos com a cabeça em água.

Venho falar daqueles tristes eventos que aconteceram antes da tourada na localidade de Torreira (zona de Aveiro) que apenas são isso eventos tristes que servem para encher os telejornais quando têm pouco ou nada para colocar nas notícias e alguns ociosos, querendo os seus 15 minutos de fama partem para ignorância porque a sua cultura geral ou só apenas a vontade de aparecer na televisão feitos emplastros cega a sua conscência.

Gosto de touradas, mas ao mesmo tempo respeito quem não gosto, assim como apesar de ser de direita e monárquico, respeito quem é de esquerda e republicano e muitos amigos meus do facebook, são de esquerda e ateus e até há aqueles que não gostam de tourada e mesmo assim há respeito de parte a parte como deve haver em qualquer amizade; mas o que aconteceu na Torreira não é respeito nem nada; é apenas pura estupidez e nisso o português comum ultrapassa até os broncos dos norte-americanos ficando por milímetros dos Talibans em termos de ignorância.

Os manifestantes ant-tourada da Torreira dizem que iam levando com o cavalo do cavaleiro Marcelo Mendes, e este contrapões a dizer que foi ofendido e que atiraram pedras para o cavalo e que este ficou em stress tendo recuado e neste recuo é que ficou no limiar de acertar nas pessoas; se houve pedradas para cima do cavalo então os defensores dos animais são tão bons quanto aqueles que molestam os animais e estes defensores mostram a sua ignorância quando não sabem que o cavalo tem um audição apurada (a mais apurada todos os ruminantes domésticos) e basta um estalinho de carnaval ou uma miniatura de uma garrafa de uma bebida partir-se ao pé do cavalo que este se assusta logo podendo por vezes este susto causar danos humanos e materiais.

Curioso ver como ninguém se manifesta contra o crónico abandono de animais antes das férias no Allgarve onde passando fome, muitos dizem ao vizinho que tiveram na colónia britânica sub-desenvolvida em território português, ou não se manifestam contra os incêndios e contra aqueles ociosos que estando a receber RSI poderiam ir limpar as florestas ou contra o despejar de idosos em asilos como estes fossem lixo e ao mesmo tempo aparecem uns quantos manifestantes com camisolas estampadas com a imagem de Che Guevara.

Se estes jovens se dessem ao trabalho de pesquisar que em termos de violência Che poderia quase ser considerado um criminoso contra a humanidade ao nível dos chefes nazis dos campos de concentração como aquele da Lista de Schindler, Amon Goeth; dado o simples facto de Che internar todos aqueles que não cumpriam as regras do partido em campos de concentração fossem estes inimigos políticos, religiosos e até homossexuais e estes mesmos campos serviam para internar doentes e portadores de SIDA/AIDS e os seus inimigos políticos eram executados de forma sumária e despojados de todos os seus bens, tal qual a Alemanha Nazi e ainda andam com camisolas destas, bem, sempre que os portugueses comuns adoram ditaduras.

Mas voltando a vaca fria, estes eventos da Torreira mostram como o português comum é mais estúpido e ignorante que um touro de lide porque se preocupam com o bem estar duma raça animal que felizmente não se encontra em extinção e por outro lado se cala com um governo que mente, rouba, se deixa comprar, coloca uma nação inteira a passar fome e se vão preocupar de uma forma boçal por uns touros, ora se sentem que uma tourada é algo de errado escrevam para as entidades e autoridades respectivas e deixem-se de palhaçadas para aparecerem na televisão e não se esqueçam que existe um partido dos animais e que poderiam engrossar a fileira do partido ecologista em vez de aprecerem ainda mais desembolados do que um touro a saída dos curros e daqueles que andaram na pedrada, quantos tratam mal a mulher, quantos abandonam os seus animais de estmação quando vão de férias, quantos daqueles deixam os seus idosos em lares duvidosos e tão boas pessoas que são estes amigos dos bois disseram ao cavaleiro em epígrafe que era bom que ficasse paralítico como o forcado do Aposento da Moita que sofreu uma violenta colhida numa das pegas da Tourada TV, de facto estes moralistas são modernos ao defender os bois mas são umas bestas a desejar o mal alheio e fecham aos olhos a todos aqueles que abandonam os animais ou que pegam fogo as florestas, triste Portugal.

E assim, como sempre deixo as minhas perguntas de sempre: Porque estas pessoas que foram a pedrada para a Torreira não olharam par si mesmos e não veem que também podem estar a violar os direitos dos animais ? Existe civilidade em Portugal ? Porque não existe respeito mutuo entre as pessoas ? Para que serviu esta algarviada toda ? Não existe coisas mais impotantes a face da Terra que uns quantos bois ?

Como sempre vos peço para ler, comentar e divulgar

 

Hoje mais uma barreira foi ultrapassada e cheguei aos 4000 mil artigos ainda antes do final do ano o que para mim revela uma actividade bastante profílica em termos de blogs e para tanto servir de música para o Outono como para "festejar" o artigo 4000º vos deixo uma novidade que apareceu no destque da minha conta do YouTube e ambém porque coincidências das coincidêncas terminou esta semana a época de touradas em Portugal

 

 

E esta novidade é um quarteto anglo-australiano de cordas composto por 4 jovens artistas que em estilo lembram e muito a Vanessa Mae

 

 

 

Convosco e espero que seja do vosso agrado

 

 

 

as Bond com Fuego

 

 

 

 

 

 

Embora tenha nascido depois desta bela pérola ter saído pela primeira vez, nunca a eixei de ouvir quer seja pela rádio, vinil, cassete ou CD e nunca foi tão actual e o mal dos poemas de Ary dos Santos quando passados para o festival da canção são transgeracionais e sempre actuais que até arrepia e esta é umdas músicas que mais gosto da música naconal e muito mais tóxica que a música que os Homens da Luta vão levar ao festival da eurovisão e espero que não fiquem de fora porque se o fizerem, digo de peito cheio: Salazar volta que estás predoado....

 

Espero que gostem de touradas, bem eu como lisboeta do sete costados 6ª geração com genes espanhóis por parte da minha tetra-avó é normal que goste, é daquelas coisas que me está no sangue....

 

 

Tourada - Fernando Tordo....Espero que gostem e que façam depressa uma faena de morte na Praça de Touros de S. Bento porque aqueles touros são mais violentos que os Miúra e mais infames e cruéis que os picadores em Espanha

 

 

 

 

 

 

 

 

nota: Fernando Tordo com esta Tourada conseguiu um brilhante 10º lugar com 80 pontos